Um quarto dos adultos europeus já tem a primeira dose da vacina. EMA avalia vacina chinesa da Sinovac

Stephanie Lecocq / AFP

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen

Um quarto dos adultos da União Europeia (UE) já recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19, anunciou hoje a Comissão Europeia, celebrando o marco das 150 milhões de vacinas administradas no espaço comunitário.

“A vacinação está a ganhar velocidade em toda a UE: acabámos de passar os 150 milhões de vacinas” administradas, anuncia a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, numa mensagem na rede social Twitter.

Juntamente com um vídeo comemorativo do marco, com fotografias de cidadãos europeus vacinados contra a covid-19, Ursula von der Leyen divulga que “um quarto dos europeus [adultos] já tomou a sua primeira dose”.

“Teremos doses suficientes para vacinar 70% dos adultos da UE até julho”, garante ainda a líder do executivo comunitário, dada a ambição de chegar à imunidade grupo.

Ainda assim, a meta oficial da Comissão Europeia é que, até final do verão, 70% dos adultos europeus estejam imunizados com a vacina.

Atualmente, estão aprovadas quatro vacinas na UE: Comirnaty (nome comercial da vacina Pfizer/BioNTech), Moderna, Vaxzevria (novo nome do fármaco da AstraZeneca) e Janssen (grupo Johnson & Johnson).

A ferramenta online do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) para rastrear a vacinação da UE e que tem por base as notificações dos Estados-membros, revela que uma média de 10,5% da população da UE está totalmente inoculada (com as duas doses da vacina contra a covid-19), enquanto 28,1% recebeu a primeira dose.

Em termos absolutos, equivale a 141 milhões de doses de vacinas administradas de 169 milhões de doses recebidas, sendo que os dados do ECDC dependem sempre das comunicações dos países e podem por isso não estar totalmente atualizados.

Além dos constantes atrasos na entrega das vacinas e em doses aquém das contratualizadas por parte da farmacêutica AstraZeneca, a campanha de vacinação da UE tem sido marcada por casos raros de efeitos secundários como coágulos sanguíneos após toma deste fármaco, relação confirmada pelo regulador europeu, como aliás aconteceu com a vacina da Johnson & Johnson.

EMA inicia avaliação de vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac

A Agência Europeia de Medicamentos iniciou hoje uma revisão contínua da vacina contra a covid-19 “Vero Cell”, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, e analisará em tempo real se cumpre os padrões europeus de segurança, eficácia e qualidade.

Só depois a EMA (na sigla em inglês), decidirá se aprova a utilização da vacina na União Europeia.

Em comunicado, o regulador refere que iniciou esta revisão com base nos “resultados preliminares dos estudos de laboratório e ensaios clínicos” que sugerem que a vacina desencadeia a “produção de anticorpos” que se dirigem contra o SARS-CoV-2, o vírus que provoca a covid-19.

O laboratório europeu que solicitou à EMA o estudo da vacina “Vero Cell Inactivated” chama-se “Life’On S.r.l”, apesar de o preparado ser propriedade da Sinovac Life Sciences Co., uma farmacêutica com sede na China.

A EMA anunciou ainda que vai avaliar os dados à medida que forem estando disponíveis para decidir se os benefícios superam os riscos.

“A revisão contínua vai continuar até existirem provas suficientes para uma autorização formal de mercado”, lê-se no documento da entidade europeia.

Espera-se que a vacina prepare o corpo para se defender da infeção por SARS-CoV-2.

A vacina contém SARS-CoV-2 que foi inativado (morto) e não pode causar a doença. Contém também uma substância que ajuda a fortalecer a imunização.

Quando uma pessoa recebe a vacina, o sistema imunitário identifica o vírus inativado como estranho e cria anticorpos contra ele. Se mais tarde a pessoa vacinada entrar em contacto com o SARS-CoV-2, o sistema imunitário vai reconhecer o vírus e preparar-se para defender o corpo contra a infeção, explica a EMA.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …

Páginas ocultas do PRR revelam "reedição da troika" na reforma aos hospitais

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê uma concentração das urgências da Grande Lisboa e Grande Porto, cortes nos gastos e uma gestão dos hospitais mais vigiada com imposição de objetivos financeiros. O jornal Expresso …

Já há uma explicação científica para as "dunas" do céu do Norte

Um ano depois da sua observação, as auroras de dunas, ou auroras boreais em forma de duna, já possuem confirmação e explicação científica. A aurora boreal nasce quando as partículas carregadas expelidas pelo Sol, como eletrões, …

Praia. Desporto e equipamentos de lazer vão ter regras novas

O Governo aprovou esta quinta-feira as regras de acesso e ocupação das praias durante a época balnear, com alterações em relação ao ano passado ao nível da atividade desportiva no areal e da utilização de …

Bastião trabalhista derrotado. Conservadores conseguem vitória na "muralha vermelha" britânica

Os conservadores conseguiram derrubar o domínio trabalhista do círculo de Hartlepool. Jill Mortimer venceu com mais de 50% dos votos e ajudou a reforçar a maioria de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico. O antigo deputado trabalhista Mike …

Curso de Medicina na Católica vai custar 100 mil euros. Candidaturas terminam este mês

A Universidade Católica Portuguesa (UCP) anunciou, em setembro do ano passado, ter recebido luz verde da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) para o curso de Medicina. Agora, sabe-se que vai custar …

Ivo Rosa deixa colegas "estupefactos" com violação de regra sagrada do Direito

O Conselho Superior da Magistratura recebeu várias queixas de juízes desembargadores contra Ivo Rosa. Em causa estão decisões do juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal, especialmente no âmbito do processo Operação Marquês, que vão …