Finanças terão dado garantias por e-mail a Domingues

João Relvas / Lusa

António Domingues, o novo presidente da Caixa Geral de Depósitos

António Domingues, o novo presidente da Caixa Geral de Depósitos

O governo ter-se-á comprometido por e-mail a dispensar o presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e a sua equipa de entregarem a declaração de património e rendimentos no Tribunal Constitucional. Entretanto, o secretário de Estado Adjunto, do Tesouro e Finanças, Ricardo Mourinho Félix, garante não existe nenhum documento que firme um acordo.

Diário de Notícias avança este sábado que as “garantias escritas” que terão sido dadas pelo Ministério das Finanças ao presidente da CGD foram registadas numa troca de e-mails entre as Finanças e António Domingues.

Público tinha noticiado na semana passada que o acordo entre Domingues e o governo estava fixado num documento, seguindo-se esta semana as declarações de António Lobo Xavier – administrador não executivo do BPI -, que  também garantiu que esse documento existia.

Em declarações à TSF, Ricardo Mourinho Félix assegura que “não existe nenhum documento escrito” que estabeleça condições para a ida de António Domingues para a presidência da CGD, e classifica de “absolutamente falsa” a noticia que dá conta da existência de tal documento.

Ricardo Mourinho Félix reitera como sendo “absolutamente falsas” tanto a notícia da última noite veiculada pela SIC Notícias segundo a qual esse documento existe, bem como as declarações de António Lobo Xavier no mesmo canal – mas não se refere às novas alegações sobre os e-mails.

A questão da existência de um eventual acordo por escrito entre o Governo e o presidente da CGD sobre as declarações de rendimentos foi esta sexta-feira levantada pelo PSD, que instou o Governo a desmentir a existência desse mesmo acordo.

Administradores da Caixa só decidem saída no fim do ano

A decisão sobre eventuais quedas na equipa de gestão da Caixa Geral de Depósitos (CGD), liderada por António Domingues, só deverá ser tomada no final do ano.

De acordo com o Correio da Manhã, a reunião desta quinta-feira do conselho de administração não terá gerado nenhuma decisão sobre a eventual demissão dos gestores, centrando-se antes nas questões internas e de funcionamento do banco, nomeadamente nas provisões e fecho de contas do terceiro trimestre.

Os gestores irão entregar ao Tribunal Constitucional um parecer no qual os gestores justificarão a recusa da entrega de declarações.

O Expresso avança que a maioria dos gestores está disposta a entregar as declarações de rendimentos caso seja, de facto, obrigada a isso; o Correio da Manhã, pelo contrário, alega que “a saída dos gestores é quase certa” se os juízes ordenarem a entrega das declarações de rendimentos de forma pública.

Segundo fontes do setor financeiro, citadas pelo CM, a intenção de António Domingues é levar por diante o processo de recapitalização da Caixa e continuar à frente do banco público.

A administração volta a reunir-se a 15 de dezembro.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Artistas com espetáculos cancelados recebem pelo menos 50%

O primeiro-ministro referendou, esta quarta-feira, a lei que regula a possibilidade de festivais e espetáculos no verão e que assegura apoio financeiro a artistas alvo de cancelamento ou reagendamento dos espetáculos por causa da pandemia. Este …

EUA anunciam fim da isenção de sanções no programa nuclear civil iraniano

Os Estados Unidos (EUA) anunciaram na quarta-feira o fim das derrogações que autorizaram até agora projetos relacionados com o programa nuclear civil iraniano, acordo internacional de 2015 do qual Washington se retirou. "Hoje, anuncio o fim …

Violência doméstica, droga, bairros problemáticos. Agentes da PSP obrigados a usar coletes anti-bala

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) decidiu tornar obrigatório o uso de coletes balísticos em oito tipos de situações. De acordo com o Jornal de Notícias, os agentes da PSP vão passar a …

Benfica e FC Porto estão entre os clubes europeus com maior valor comercial

O Benfica e o FC Porto estão em 24.º e 30.º, respetivamente, na lista dos 32 clubes de futebol europeus com maior valor comercial, que é liderada pelos espanhóis do Real Madrid. O Benfica (24.º) e …

Estados Unidos podem vir a acusar Cilia Flores, mulher de Maduro, por narcotráfico

Os Estados Unidos podem vir a acusar formalmente a mulher do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, por crimes de tráfico de droga e corrupção. A notícia foi avançada esta quarta-feira pela Reuters, que cita quatro fontes diferentes. …

PSD quer lay-off até final do ano e Estado menos "dorminhoco"

O PSD apresentou hoje um conjunto de 26 "ideias e sugestões" na área social, incluindo o prolongamento do 'lay-off' simplificado até ao final do ano, a reafetação de recursos na administração pública e um Estado …

Trump prepara ordem executiva contra redes sociais. Quer reduzir proteções legais das empresas

O Presidente norte-americano, Donald Trump, vai assinar esta quinta-feira uma ordem executiva sobre as redes sociais, anunciou a Casa Branca, dois dias depois de o Twitter ter assinalado mensagens de Donald Trump com alertas de …

Mais 13 mortes e 304 novos casos. Reabertura da economia em Lisboa questionada

Embora a região Norte continue a ser a mais afetada pela pandemia, a situação na região da Grande Lisboa tem piorado. O Governo está a estudar o adiamento de algumas medidas de reabertura da economia …

Queixas de consumidores sobre vendas online sobem 250%

A Associação de defesa de consumidores Deco recebeu 3.500 reclamações relativas a compras online entre janeiro e maio, um aumento de 250% face ao número registado em igual período do ano anterior. Paulo Fonseca, da Deco, …

Alto político russo demitido por Vladimir Putin recorre ao Supremo

Um alto responsável político russo, demitido pelo Presidente Vladimir Putin em janeiro devido a acusações de vários escândalos, contestou a decisão perante a mais alta instância judicial do país. É a primeira vez em vinte anos …