Administração Interna vai investigar atuação da PSP em incidentes na Amadora

Alex Proimos / wikimedia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) vai investigar a atuação da PSP nos incidentes que ocorreram na quinta-feira na Amadora e que levaram à detenção de seis jovens, confirmou à Lusa fonte do Ministério da Administração Interna (MAI).

O jornal Público avançou, na sua edição online, que a IGAI vai abrir um inquérito à atuação da PSP aos incidentes ocorridos na quinta-feira no Bairro da Cova da Moura e numa esquadra de Alfragide.

Fonte do MAI confirmou à Lusa que “irá decorrer um processo na IGAI em relação à atuação da PSP naquele dia”, não especificando se a investigação irá decorrer em relação ao que se passou na Cova da Moura, na esquadra de Alfragide ou em ambos os locais.

Na quinta-feira, cinco jovens, com idades entre os 23 e os 25 anos, foram detidos depois de, segundo a PSP, terem “tentado invadir” a esquadra de Alfragide, na sequência da detenção de um outro jovem no bairro da Cova da Moura.

Os cinco detidos, “três deles muito maltratados”, de acordo com Mamadou Ba, responsável do movimento SOS Racismo, foram transportados para o Hospital Fernando Fonseca (Amadora-Sintra). Fonte da PSP disse na altura que os jovens apresentavam ferimentos ligeiros em consequência de terem “resistido à detenção”.

O ativista revelou, em declarações à Lusa, que os cinco jovens que, depois de serem ouvidos por um juiz, saíram em liberdade sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, apresentaram na sexta-feira queixa no Ministério Público da Amadora por “ofensas à integridade física e moral” devido à “violência policial” a que dizem ter sido sujeitos.

Segundo Mamadou Ba, os cinco jovens tinham-se deslocado à esquadra de Alfragide para saberem da situação de um amigo que tinha sido detido no bairro da Cova da Moura, após ter sido revistado pelas autoridades.

Na decurso da operação policial, a PSP “efetuou disparos” para tentar dispersar os moradores do bairro, que protestavam pela forma como trataram o jovem, vindo “a atingir com três balas de borracha uma moradora” que se encontrava numa varanda, descreveu Mamadou Ba.

De acordo com a PSP, cerca das 14:00 de quinta-feira uma carrinha de uma equipa que patrulhava o bairro da Cova da Moura foi atingida por uma pedra atirada por um jovem de um grupo de cerca de 10 pessoas.

Um polícia sofreu ferimentos ligeiros, no rosto e nos braços, e foi transportado para o Hospital de Amadora-Sintra, e o jovem, de 24 anos, foi levado para a esquadra de Alfragide.

A polícia chegou a disparar um tiro de ‘shotgun’ para o ar para dispersar o grupo, referiu a mesma fonte.

Na sequência da detenção, os restantes jovens “tentaram invadir” a esquadra, tendo sido disparado um novo tiro para o ar, segundo a PSP. Foram detidos cinco elementos do grupo e os restantes fugiram.

O jovem que foi detido na Cova da Moura saiu em liberdade, depois de ouvido por um juiz, que obrigou o arguido a “apresentações periódicas”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …

Provas do caso Luanda Leaks podem ser nulas em Portugal

A Constituição da República Portuguesa determina que as provas obtidas mediantes violação de correspondência são consideradas nulas. Desta forma, os documentos conseguidos por Rui Pinto no caso Luanda Leaks podem vir a ser nulas aos …

Rui Pinto "tropeçou" nos Luanda Leaks sem querer

Foi quando estava à procura de "segredos do futebol" no âmbito dos Football Leaks que o hacker Rui Pinto "tropeçou" nos documentos que incriminam Isabel dos Santos nos Luanda Leaks. É o seu advogado, o …

Líder do assalto às armas de Tancos libertado

João Paulino estava preso preventivamente desde 28 de setembro de 2018. Esta segunda-feira foi libertado por excesso de prisão preventiva. O ex-fuzileiro João Paulino foi hoje libertado por excesso de prisão preventiva. A notícia foi confirmada …

Investigadores desenvolvem tecnologia que permite datar as impressões digitais

Encontrar as impressões digitais numa cena de crime nem sempre é suficiente para haver condenação, podendo os suspeitos alegar que as mesmas foram deixadas antes de o crime ocorrer. Essa realidade pode estar prestes a …

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …