/

Boris Johnson deverá anunciar hoje adiamento do desconfinamento em Inglaterra

Lindsey Parnaby / AFP

A última fase de desconfinamento estava prevista para 21 de junho, mas deverá ser adiada para 19 de julho em Inglaterra. O primeiro-ministro britânico deverá anunciar a decisão oficial em conferência de imprensa.

O desconfinamento em Inglaterra deverá ser adiado, mantendo-se a maior parte das regras atualmente em vigor para travar a propagação da covid-19 no país durante mais quatro semanas. A próxima fase do plano de desconfinamento estava prevista arrancar a 21 de junho.

De acordo com a BBC, os ministros assinaram uma decisão para adiar o levantamento de todas as restrições legais aos contactos sociais, o que poderá significar que se manterão algumas limitações no desporto e em termos de lotação dos bares, cinemas e eventos e que as discotecas permanecerão encerradas.

Assim sendo, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deverá confirmar o adiamento do processo de desconfinamento em conferência de imprensa mais tarde.

Vários cientistas defendem que o atraso na reabertura poderá permitir que mais pessoas sejam vacinadas e recebam a segunda dose da vacina contra a covid-19, numa altura em que um aumento de casos da variante Delta gera preocupações no país.

Edward Argar, ministro da saúde, disse em entrevista ao programa BBC Breakfast que não poderia confirmar o adiamento antes do anúncio do primeiro-ministro, mas admitiu que se verifica um “aumento preocupante” dos casos da variante Delta e que as hospitalizações estão a “começar a aumentar”.

Segundo o governante, ao ritmo atual, será possível administrar quase dez milhões de segundas doses da vacina contra a covid-19 ao longo de quatro semanas para aumentar a imunidade da população, sendo que a maioria dos casos graves regista-se entre pessoas não vacinadas ou apenas com uma dose da vacina.

No Reino Unido, mais de 41 milhões de pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a covid-19 e quase 30 milhões estão totalmente vacinadas.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE