Activistas tinham preparado acção de guerrilha para a final do Mundial

Uma “acção de guerrilha”, com uso de bombas de fragmentação, coquetéis molotov e outros engenhos de fabrico artesanal, estava prevista para o dia da final do Mundial 2014, de acordo com um relatório da Polícia Civil do Brasil.

O inquérito da Polícia Civil sobre atos de violência em manifestações – a cujo relatório final de duas mil páginas o jornal O Globo teve acesso – foi iniciado em setembro do ano passado e levou à Operação Fire Wall, com ordem de prisão preventiva para 23 pessoas.

Dessas 23 pessoas, 18 continuam foragidas, tendo o tribunal negado aos outros o pedido de habeas corpus.

Segundo o relatório, o grupo investigado, que tinha uma hierarquia rígida, apostava na fabricação e colocação de bombas, coquetéis molotov e “ouriços” (peças feitas com pedaços de barras de ferro), com o objectivo de ferir polícias e furar os pneus das patrulhas.

A hierarquia teria no topo a ativista Elisa Quadros Pinto Sanzi, conhecida como “Sininho“, enquanto a comissão de organização era encabeçada pela professora de filosofia Camila Rodrigues Jourdan.

A 28 de junho a polícia apreendeu, numa área de vegetação da Praça Saens Peña, no Rio de Janeiro, 178 “ouriços” e 20 bombas, escondidos em sacos, que deveriam ser utilizados numa ação de protesto naquele mesmo dia – um facto que Camila Jourdan comentou, em mensagens interceptadas pela polícia: “Foram três dias de trabalho jogados fora. Perdemos tudo, é isso?”, disse a um interlocutor.

Os engenhos seriam utilizados por um terceiro nível da organização, o Black Bloc, descrito no relatório como “uma linha de frente”, vocacionada para operar no terreno.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Arqueólogos acreditam ter encontrado o famoso navio de James Cook

Um grupo de arqueólogos australianos e americanos acredita ter localizado a área em que o Endeavour, o navio que o explorador britânico James Cook usou nas suas viagens à Austrália e à Nova Zelândia, terá …

Físicos produziram o campo magnético mais forte e controlável de sempre

Um grupo de cientistas do Instituto de Física do Estado Sólido da Universidade de Tóquio, no Japão, produziu o campo magnético mais forte e controlável já criado em ambientes fechados - é um macro para …

"Impossível" puzzle químico do ouro foi finalmente resolvido

Uma equipa de cientistas russos e alemães conseguiu decifrar o segredo da estabilidade da estrutura cristalina do calaverita (AuTe2) - um raro mineral metálico também conhecido como telúrio de ouro. A descoberta, publicada nesta terça-feira na …

Há caranguejos mutantes e zangados a invadir a costa dos EUA (e são verdes)

Uma espécie agressiva de caranguejo verde está a invadir as águas do estado norte-americano de Maine, deixando um rasto de destruição nos habitats e ecossistemas aquáticos. Os caranguejos (Carcinus maenas) ameaçam várias espécies, como mexilhões azuis, …

Porsche quer ser a primeira fabricante alemã a deixar o diesel

A Porsche quer tornar-se a primeira fabricante automobilística alemã a deixar o diesel, apostando em motores a gasolina, híbridos e, a partir de 2019, em veículos elétricos, anunciou este domingo o presidente executivo da empresa. "Agora …

Viver nas cidades aumenta risco de demência (e a culpa é da poluição)

Viver na cidade influencia a nossa saúde. Segundo um estudo recente, a poluição do ar pode aumentar em 40% o risco de desenvolver demência. O impacto da poluição do ar na nossa saúde já era conhecido, …

Finalmente resolvido o mistério do assassino de gatos em Londres

Um dos mistérios criminais que intrigava a Inglaterra está finalmente resolvido. A conclusão é que, afinal, o famoso assassino de gatos de Croydon não existe. O mistério à volta da morte de mais de 400 gatos …

Benfica - Aves | Triunfo de águia exuberante e perdulária

O Benfica respondeu ao triunfo do FC Porto no sábado com uma vitória caseira sobre o Desportivo das Aves, por 2-0. O resultado pode indicar algumas dificuldades por parte da formação “encarnada”, mas pode-se dizer, sem …

Aquecimento global no Pleistoceno elevou nível do mar até 13 metros

O aquecimento global no final do período do Pleistoceno, com temperaturas similares às previstas para este século, reduziu a camada de gelo da Antártida oriental e elevou o nível do mar até 13 metros acima …

Autor dos mais famosos estudos sobre comida viu 13 artigos retirados

O famoso investigador norte-americano está envolvido numa polémica, depois de 13 dos seus estudos científicos terem sido retirados de algumas publicações. É provável que nunca tenha ouvido falar de Brian Wansink mas, tal como recorda o …