/

Acredita em extraterrestres? O administrador da NASA também

2

Bill Ingalls / NASA

O administrador da NASA, Bill Nelson

Com a divulgação do relatório do Pentágono sobre avistamentos de OVNIs, os grupos de adeptos de teorias sobre a existência de vida fora da Terra ganharam mais um crente no Administrador da NASA, Bill Nelson.

Quando o tema é a existência de aliens, não faltam filmes de ficção científica inspirados nas possibilidades e teorias da conspiração. Mas os crentes na existência de vida para além da Terra podem agora dizer que não são malucos, pois ganharam um apoio de peso: o Administrador da NASA, Bill Nelson.

Depois de ter acesso a um relatório confidencial dos Estados Unidos sobre casos de pilotos da marinha que viram objectos voadores não-identificados, também conhecidos como OVNIs, Nelson não descarta a possibilidade de existência de vida inteligente fora da Terra.

“Não sabemos o que os pilotos da marinha viram e eles sabem que viram alguma coisa. Seguiram-na e ligaram o radar, aquilo movia-se rapidamente de uma localização para a outra, afirmou o Administrador da NASA, numa entrevista à CNN sobre a divulgação do relatório do Pentágono sobre os avistamentos.

Bill Nelson acredita também que é possível que os OVNIs avistados até agora sejam tecnologia dos inimigos dos Estados Unidos, algo que o preocupa. “O que o relatório nos diz é que já houve mais de 140 destes avistamentos, por isso o que eu peço aos nossos cientistas é que verifiquem se há alguma explicação de um ponto de vista científico”, apela.

No entanto, Bill Nelson tem esperança de que os humanos não estejam sozinhos neste “universo tão grande que nasceu há 13 mil milhões de anos”.

“Desde que o vídeo dos pilotos foi publicado e desde coisas como o Star Trek que é claro que as pessoas querem saber o que há no cosmos. Estamos sozinhos? Pessoalmente, acho que não”, refere Nelson, mas acrescenta que até agora não há provas de nada.

O telescópico James Webb Space também pode ser uma parte importante da busca por vida inteligente fora da Terra.

Os aliens podem não ser só coisa de filme

No ano passado, o Pentágono divulgou três vídeos gravados por militares norte-americanos que avistaram OVNIs, dois em 2015 e um em 2004.

“Após uma análise minuciosa, o departamento determinou que a divulgação autorizada destes vídeos não confidenciais não revela nenhuma capacidade ou sistema sensível e não afeta as investigações subsequentes de incursões no espaço aéreo militar por fenómenos aéreos não identificados”, defendeu o Pentágono na altura.

Já em 2017, o New York Times noticiou que o Departamento de Defesa tinha gasto 22 milhões de dólares num misterioso Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aéreas, iniciado em 2007 e supostamente terminado em 2012. O programa dedicava-se à recolha e análise de vídeos com OVNIs.

A marinha americana passou até a ter, em 2019, um processo de registo e relatório de incidentes que envolvam objectos voadores não-identificados.

O ex-presidente Barack Obama não fugiu à pergunta na sua recente passagem pelo programa de entretenimento do humorista James Corden. Quando questionado, Obama respondeu num tom sério que “há filmagens e registos de objectos nos céus que não sabemos exactamente o que são”.

As afirmações de Obama são também apoiadas por Ryan Graves, um ex-piloto da marinha que diz ter visto OVNIs “todos os dias”.

Sejam ou não sinais de vida alienígena, certamente que os avistamentos de OVNIs vão continuar a despertar curiosidade, tanto entre os adeptos das teorias como entre os governos e responsáveis pela segurança.

  AP, ZAP //

2 Comments

  1. Nunca vi, como posso acreditar, também não costumo acreditar em tudo o que me dizem, de uma coisa estou certa, este senhor sobre isto, sabe o certo e o errado, mas só diz o que lhe convém.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE