A Wright Electric revela o seu primeiro avião eléctrico

(dr) Wright Electrics

Avião eletrico ESAero ECO-150 da Wright Electrics

Avião eléctrico ESAero ECO-150 da Wright Electrics

O carro eléctrico já é assunto do passado para uma startup americana. A Wright Electric – uma provável alusão aos Irmãos Wright, apontados como pioneiros da aviação – quer colocar um avião movido a electricidade nos céus daqui a, no máximo, uns dez anos.

O objectivo da Wright Electric é realizar viagens curtas, de até 480 km de distância, como as rotas Londres-Paris ou Boston-Nova York.

A empresa norte-americana apresentou o seu conceito do novo meio de transporte durante o Dia de Demonstração da Y Combinator, uma das maiores aceleradoras de startups de Silicon Valley, nos EUA.

O avião da Wright Electric terá 150 lugares e promete competir num mercado dominado pelas aeronaves dos modelos 737 da Boeing e A320 da Airbus. Para conseguir essa proeza, a empresa fechou uma parceria com a companhia aérea britânica de baixo custo EasyJet.

Há uma semana, no blog oficial, a Wright Electric insinuou que tinha fechado um acordo com a EasyJet. “Estamos animados por informar que temos uma potencial parceria com uma companhia aérea. Além disso, um indivíduo quer o nosso avião de 150 lugares como seu jacto privado.”

Jeff Engler, CEO da startup, disse durante o evento que a forma e o design do avião não trarão nenhuma novidade. Essas componentes do design de uma aeronave já foram aperfeiçoadas, explica Engler, citado pelo TechCrunch.

Na realidade, o que dificulta o desenvolvimento do avião é o que o torna interessante: a bateria que irá alimentar os motores. Caso a tecnologia avance rapidamente e as baterias se tornem melhores, veremos um avião totalmente eléctrico na próxima década.

Contudo, se tal não acontecer, a empresa pretende lançar uma aeronave com um motor híbrido – um sistema já utilizado em alguns carros.

De acordo com a Wright Electric, para a aeronave se tornar viável electricamente, será preciso reduzir a velocidade de cruzeiro. Entretanto, a empresa reconhece que as instituições que regulam a aviação exigem reservas substanciais de combustível.

Isso, segundo a startup, dificulta o sonho da viagem de longo curso em avião eléctrico. “Não estamos perto de um avião comercial. Mas é um começo.”

Apesar disso, a startup mantém as suas esperanças e tem trabalhado com várias empresas do sector, como a Chip Yates – empresa que registou até agora o maior voo eléctrico do mundo: mais de 1.400 km numa só viagem.

Avatar // EcoD

PARTILHAR

RESPONDER

Reembolsos do IRS já começaram a ser processados (e chegam “a meio desta semana”)

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) já começou a processar os primeiros reembolsos do IRS e o valor deverá chegar à conta dos contribuintes a meio desta semana, avançou à Lusa o secretário de Estado …

Todos os anos, caem mais de 5 mil toneladas de poeira extraterrestre na Terra

A Terra está constantemente sob uma chuva de poeira espacial. Após duas décadas de recolha de material na Antártida, uma equipa de cientistas conseguiu quantificá-la: caem cerca de 5.200 toneladas de micrometeoritos a cada ano. Os …

Encontradas três "estrelas fracassadas" ultrarrápidas. Estão prestes a autodestruir-se

Uma equipa de cientistas identificou as três anãs castanhas de rotação mais rápida já encontradas. Estas estrelas, conhecidas como "estrelas fracassadas" estão a girar tão depressa que podem estar prestes a desfazer-se. Usando dados no Spitzer …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Sporting 1-1 Famalicão | Leão volta a tremer e vê Porto a 6

Segundo empate consecutivo do Sporting na Liga NOS, e pelo mesmo resultado, 1-1. Na recepção ao Famalicão, o líder do campeonato começou bem, marcou, mas sofreu um golo de imediato e nunca mais se encontrou …

Arqueólogos descobrem túnel medieval na Polónia. Tinha restos mortais de 18 carmelitas

Uma equipa de arqueólogos descobriu um cemitério medieval onde estava sediado um mosteiro do século XIV. No local foi ainda encontrado um túnel com dezoito esqueletos de padres carmelitas. A descoberta ocorreu em Jaslo - uma …

Militantes apoiados pelo Al-Qaeda defendem uso de mel contra a covid-19

O Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote à vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é "cominho preto e mel". A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações …

Em menos de um ano, a polícia foi chamada a intervir pelo menos nove vezes na mansão dos Sussex

A vida nos Estados Unidos não tem sido fácil para os duques de Sussex. No último ano, a polícia da Califórnia foi chamada pelo menos nove menos à mansão onde o casal habita desde que …

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …

Variante sul-africana pode resistir à Pfizer. China pondera misturar vacinas

A variante do coronavírus descoberta na África do Sul pode "romper" a vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech até certo ponto, concluiu um estudo em Israel, embora a sua prevalência no país seja baixa e …