Airspeeder quer ser a Fórmula 1 dos carros voadores. Corridas vão contar com “campos de força virtuais”

A Airspeeder está prestes a tornar as corridas de carros voadores uma realidade devido ao apoio da indústria. A empresa quer ser a Fórmula 1 dos carros voadores.

De acordo com a Interesting Engineering, a empresa anunciou recentemente uma parceria com a Acronis, a gigante da segurança cibernética e de dados responsável por proteger dados de desempenho da Fórmula 1, Fórmula E e equipas da Premier League.

Com os primeiros Airspeeder GPs planeados para 2021, a Acronis vai garantir os dados para “a tecnologia revolucionária LiDAR e Machine Vision que proporcionará uma corrida segura através da criação de campos de força virtuais em torno de cada nave de corrida, denominada Speeders”, lê-se num comunicado.

Matt Pearson, fundador da Airspeeder, afirmou que a empresa é construída com base na filosofia de que nada acelera o progresso técnico como a competição desportiva. A empresa explicou que “o desporto da próxima geração desempenha o mesmo papel que os pioneiros da Fórmula 1 desempenhavam há quase um século ao impulsionar o desenvolvimento técnico e construir a aceitação do público para uma nova revolução da mobilidade”.

A série de carros voadores do Airspeeder pode acelerar rapidamente o desenvolvimento da tecnologia eVTOL (descolagem e pouso vertical elétrico) que pode beneficiar o setor em crescimento.

A indústria eVTOL foi amplamente apelidada de “táxis elétricos voadores” e é considerada por muitos como a próxima grande revolução da mobilidade. A Morgan Stanley previu que o setor valerá 1,3 biliões de euros em 2040.

A tecnologia de “campo de força” pode ajudar a tornar as versões de carros voadores de transporte público muito mais seguras. As soluções cibernéticas da Acronis não só ajudarão a proteger quantidades incríveis de dados necessários para melhorar a segurança e o desempenho nos circuitos de voo, como também a equipa da Airspeeder e os pilotos beneficiarão dos dados em tempo real, incluindo a análise da bateria e o desempenho do sistema principal.

“Na Airspeeder, estamos a criar um automobilismo aéreo impulsionado pela inovação”, explicou Pearson. “Apoiar a Acronis, uma empresa com uma cultura extraordinária de sucesso tecnológico na Fórmula 1 e Fórmula E, representa uma afirmação significativa da nossa visão de acelerar a próxima grande revolução da mobilidade através da competição desportiva.”

As soluções de análise de dados seguras da Acronis atualmente aprimoram algumas das entidades desportivas mais famosas do mundo, como Williams Martini Racing e Liverpool Football Club.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Calamidade até 30 de maio. Champions com lugares marcados, teletrabalho até ao final do mês

Após a reunião do Conselho de Ministros desta quinta-feira, a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, anunciou que o país continuará em situação de calamidade até 30 de maio. Acompanhada pelo secretário de Estado das …

Greve da Função Pública "não interfere" com negociações, diz Governo

A Frente Comum marcou para o dia 20 uma greve dos trabalhadores da Administração Pública para exigir um aumento dos salários, a valorização das carreiras e a revogação do sistema de avaliação de desempenho dos …

Estado recebeu 671 milhões do Banco de Portugal em 2020

Em ano de pandemia, o Banco de Portugal (BdP) deu 671 milhões de euros em dividendos ao Estado, segundo os dados divulgados, esta quinta-feira, pelo supervisor da banca. No Relatório do Conselho de Administração de 2020, …

Pedrógão Grande. Testemunha afirma que Câmara a aconselhou a mudar a morada fiscal

A proprietária de uma segunda habitação reconstruída após o incêndio de 2017, em Pedrógão Grande, disse esta quinta-feira que alterou a sua morada fiscal a conselho de um "senhor Bruno", da Câmara Municipal. O julgamento das …

Corrida aos combustíveis. Ciberataque a oleoduto provoca pânico nos EUA

Quase dois terços dos postos de gasolina do sudeste dos Estados Unidos registam escassez de combustível, depois de um ciberataque à maior rede de oleodutos do país ter obrigado a suspender as operações desde sexta-feira. A …

Cecília Meireles sente "enorme tristeza" por ver CDS com 1% nas sondagens

A deputada centrista abordou vários temas numa entrevista, publicada esta quinta-feira, desde a queda do CDS nas sondagens ao seu lugar de deputada na Assembleia da República. Numa entrevista à rádio Renascença e ao jornal Público, …

"Chernobyl do século XXI." Pandemia de covid-19 poderia ter sido evitada, dizem especialistas

A pandemia de covid-19 podia ter sido evitada e o mundo deve aprender com os erros que não permitiram travar a disseminação do vírus, conclui um novo relatório, divulgado esta quarta-feira. A pandemia de covid-19 poderia …

"Estamos a ver a patologia da banca. Uma patologia triste", diz CEO do Novo Banco

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, tem visto, nos últimos tempos, grandes devedores da instituição financeira a explicarem-se na comissão de inquérito, classificando o que assiste como "triste". "Estamos a ver a patologia da …

Maduro aceita conversar com Guaidó sobre "acordo de salvação" da Venezuela

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou estar disposto a reunir-se quando a oposição quiser, um dia depois de o líder opositor Juan Guaidó propor um "acordo de salvação" da Venezuela, entre as "forças democráticas" e …

No Brasil, os "velhos" goleadores estão em destaque (e na Europa, ainda dão cartas)

Os goleadores de quase metade das equipas brasileiras que disputam a Copa Libertadores e a Sul-Americana têm mais de 30 anos. Aos olhos do futebol podem ser "velhos", mas preenchem o vazio dos jovens que …