A mais recente moda é uma tentativa de homicídio e a Internet está a chamar-lhe “desafio”

Depois do Ice Bucket Challenge e da Baleia Azul, um novo “desafio”, como a Internet decidiu chamar-lhe, mistura o conceito dos dois anteriores e já está a percorrer o mundo. No “Desafio da Água Quente”, jovens são desafiados a atirar água a ferver a outros jovens – ou sobre si próprios.

Nickolas Conrad tem 15 anos e é a mais recente vítima do “Desafio da Água Quente“. O jovem norte americano ficou com queimaduras de segundo e terceiro grau em grande parte do pescoço depois de um grupo de amigos lhe ter atirado água a ferver enquanto dormia.

Acordei com o pescoço a queimar e comecei logo a berrar e a chorar. Foi a pior dor que senti em toda a minha vida”, confessa ao Arkansas Matters, explicando que foi apanhado desprevenido às 3 horas da manhã de domingo, quando dormia em casa de um amigo.

A mãe de Nickolas reforça o perigo do jogo e conta que, depois de ter levado com água a ferver que lhe provocaram várias queimaduras de segundo e terceiro grau, o filho foi deixado sozinho, sem cuidados médicos, com a pele do pescoço a sair, quando os amigos fugiram depois de cumprirem o “desafio”.

“Foi o pescoço mas podia ter sido a cara ou os olhos. Podia ter sido mais intenso e fazer mais estragos. Isto é real. Não é uma brincadeira. É real, criminoso e cruel”, disse o pai de Nickolas.

O adolescente agora só quer esquecer aquela noite. Além do balde de água, os amigos também o queimaram no braço com um cigarro. “Só quero que me deixem em paz. Não são meus amigos”.

DR

Nickolas Conrad sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau no pescoço no “Desafio da Água Quente”

As autoridades locais já estão a investigar o caso, que não é o único a ser relatado nos últimos dias.

Em Nova Iorque, uma menina de 11 anos foi internada de urgência num hospital com queimaduras na cara, peito, costas e ombros depois de ter sido escaldada com água a ferver. Segundo o New York Post, uma rapariga de 12 anos foi acusada do crime.

Também há quem beba água a ferver. No início do mês, uma menina de oito anos perdeu a vida ao participar num desafio com água a ferver: a criança ficou com mazelas internas graves depois de beber um copo de água quente com a ajuda de uma palhinha, em contexto familiar.

O Desafio da Água Quente tem, portanto, duas versões: numa delas a pessoa é instigada a beber o máximo possível de água a ferver, na segunda variante a pessoa é surpreendida por amigos ou familiares levando com um balde de água a ferver.

As duas versões são perigosas, já causaram mortes, e não são “um desafio”. Numa das versões, são um fenómeno quase contraditório, a “tentativa involuntária de suicídio“. Na outra versão, trata-se de tentativa de homicídio – cujo autor até pode ser inimputável, bastando-lhe para tal alegar algum tipo de deficiência mental.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. À primeira leitura poder-se-à dizer que nada tem a ver com o assunto, mas, pensando melhor, a esta juventude faz-lhe falta a obrigatoriedade do serviço militar para aprenderem muita coisa que, de outra maneira, parece que não compreendem – AMIZADE – CAMARADAGEM – RESPEITO PELO PRÓXIMO. Precisavam de ter sido educandos na antiga CASA PIA DE LISBOA.

  2. Talvez o serviço militar deva ser obrigatório novamente de forma a tornarem se homens e mulheres de futuro.pelos vistos a nossa juventude não tem ocupação e tem que se entreter de alguma forma…enfim.(não imponho a minha opinião,vale o que vale)

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …