90 jogos em 2 meses. Plano da Liga para o regresso do campeonato prevê futebol quase todos os dias

António Cotrim / Lusa

As últimas 10 jornadas do campeonato vão disputar-se de 4 de Junho a 26 de Julho, anunciou a directora executiva da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (Liga Portugal), Sónia Carneiro, numa entrevista onde realça que “os adeptos irão matar toda a fome de bola” com jogos “praticamente todos os dias”.

Teremos futebol de segunda a domingo, excepto em alguns dias de Julho em que não será possível”, salienta Sónia Carneiro em entrevista ao programa “Bola Branca” da Rádio Renascença.

Assim, “os adeptos irão matar toda a fome de bola que tiveram durante estes dois meses e meio de confinamento”, considera a responsável da Liga Portugal.

Os detalhes finais do plano de regresso do campeonato ainda estão a ser ultimados, mas Sónia Carneiro antecipa que os últimos 90 jogos do campeonato vão disputar-se entre 4 de Junho e 26 de Julho.

A directora executiva da Liga Portugal nota que o calendário dos jogos deverá ser divulgado, “provavelmente, ainda dentro desta semana”.

“Serão oito semanas garantidas de futebol. Oito semanas fantásticas”, vaticina desde já Sónia Carneiro, notando que a Liga Portugal e os clubes estão “a trabalhar com os operadores para optimizar horários e preencher o calendário o mais possível com o número máximo de dias com jogos”.

“Vai haver alturas em que teremos jogos todos os dias”, nota a responsável da Liga Portugal.

“Os clubes estão a fazer um grande esforço nesse sentido e esse trabalho está a ser feito com os departamentos de futebol, para as equipas terem um período de descanso mínimo de três a quatro dias”, acrescenta.

Só não será possível ter jogos diários nas duas primeiras jornadas por haver “algum risco de lesões“, com “um espaçamento de quatro ou cinco dias” entre desafios, e na última jornada, “por razões regulamentares“, como destaca a responsável.

Sobre a vistoria aos estádios que vão acolher os jogos, para aferir as condições de higiene e segurança, Sónia Carneiro refere que “estão a correr bem” e que, até agora, “os planos de contingência dos clubes foram apresentados sem mácula”.

A directora-executiva da Liga Portugal prevê que até quarta-feira ou quinta-feira sejam divulgados “os relatórios finais e o quadro de estádios definido”.

Já é certo que os estádios de Belenenses, Santa Clara, Famalicão e Moreirense não vão acolher jogos por falta de condições.

O Belenenses e o Santa Clara vão, deste modo, jogar na Cidade do Futebol como casa emprestada, enquanto que o Famalicão receberá os clubes visitantes no Estádio do Gil Vicente, em Barcelos, e o Moreirense no Estádio do vizinho Vitória de Guimarães.

Quanto aos Estádios de Paços de Ferreira, Desportivo das Aves, Rio Ave, Portimonense, Tondela e Vitória de Setúbal, que são “de nível 2 e 3 e tiveram uma vistoria prévia por uma entidade certificada pela Direcção-Geral da Saúde”, ainda não estão descartados, como nota Sónia Carneiro.

O Aves já ameaçou impugnar o campeonato se não lhe for possível jogar no seu estádio e o Benfica não aceitará jogar com o Rio Ave no Estádio do Dragão. Mas a directora executiva da Liga Portugal minimiza este tipo de posições.

“Sinto um envolvimento muito grande de todos os clubes. O que nos chega diariamente à Liga é uma vontade imensa de todos os clubes de recomeçarem a competição, de colocar o talento dos seus atletas no relvado”, conclui Sónia Carneiro.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Mais seis mortos e 854 casos de covid-19. Lisboa com 49% das novas infeções

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 854 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal …

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …