87 elefantes mortos junto a santuário no Botswana

Foram encontrados 87 elefantes mortos, nas últimas semanas, próximo do famoso santuário da espécie no Delta do Okavango, no Botswana. O aumento das mortes coincide com a recente decisão do Governo de desarmar as unidades de combate à caça ilegal.

Segundo a BBC, a “Elephants Without Borders”, organização que luta pela conservação da espécie, está a fazer um levantamento aéreo da situação e diz que o número de mortes é o maior já observado em África.

“Estou chocado, completamente estupefacto. A escala da caça furtiva a elefantes é, de longe, a maior que alguma vez vi ou sobre a qual li até à data em qualquer parte de África”, afirma Mike Chase, responsável da organização, à emissora britânica.

“Quando comparo esta situação com números e dados do ‘Great Elephant Census’, que eu próprio conduzi em 2015, estamos a registar o dobro do número de elefantes mortos do que em qualquer outro lugar em África”, acrescenta.

O país tem a maior população de elefantes do mundo – 130 mil exemplares – e ainda é considerado o último santuário da espécie no continente africano. O último censo realizado por Chase indicava a perda de um terço dos elefantes em África: na Tanzânia, por exemplo, perdeu-se 60% destes animais em cinco anos.

O Botswana tinha a reputação de ser um lugar seguro para a espécie devido à ação da sua unidade de combate à caça ilegal. Porém, nos últimos tempos, os caçadores furtivos têm violado a fronteira em busca de marfim e o aumento do abate ilegal coincide com a recente decisão do Governo em desarmar estas unidades de combate.

“Os caçadores estão a virar as suas armas para o Botswana. Temos a maior população de elefantes e é época aberta para os caçadores”, explica Chase. “É preciso ação urgente e imediata do Governo. (…) O Botswana sempre esteve na linha da frente da conservação e isso requer vontade política“.

Para além dos 87 elefantes, os cientistas que estão responsáveis pelo levantamento aéreo também registaram o abate ilegal de cinco rinocerontes brancos em três meses.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Gente estúpida. Nem para comer a carne é. Por acaso tenho uma peça em marfim que o meu pai trouxe da guerra do Ultramar em Angola, e pelo tamanho não é de um elefante adulto, mas sinceramente é um tareco igual aos outros em cima de um móvel.

RESPONDER

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …

Pandemia mostrou “falta de proteção das mulheres”

A pandemia de covid-19 mostrou “a vulnerabilidade e a falta de proteção das mulheres e quão pouco as sociedades se preocupam realmente em proteger elementos-chave em matéria de segurança”, considera Edit Schlaffer, diretora-executiva da Women …

Portugal vs Alemanha: Portugal perde por 2-4

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. O jogo …

Choques elétricos no pescoço podem combater a fadiga

Desde café a rotinas de sono complexas: os seres humanos desenvolveram várias estratégias para evitar o cansaço. Agora, cientistas acreditam ter descoberto uma nova técnica de combate à fadiga através de estimulação elétrica cerebral não …

"Juneteenth". Novo feriado americano comemora o fim da escravatura

Este sábado comemora-se o mais recente feriado nacional a ser instituído nos Estados Unidos da América. É o chamado Juneteenth, um termo que funde as palavras "june" (junho) e "nineteenth" (dezanove), e representa a data …

Chef Enrico Derflingher trabalhou em Buckingham e na Casa Branca (e revela as preferências da rainha e de Bush)

O chef Enrico Derflingher já alimentou algumas das figuras mais poderosas do mundo. Do Palácio de Buckingham à Casa Branca, o chef italiano sabe melhor do que ninguém quais são as preferências culinárias de Isabel …

Maiores de 35 anos vão poder agendar toma da vacina na segunda-feira

As pessoas com 35 ou mais anos vão poder agendar a toma da vacina contra a covid-19 na próxima segunda-feira. A informação foi confirmada ao Público por fonte da task force. A mesma fonte não adiantou …

Braga faz testes gratuitos a quem trabalhou em Lisboa

As autoridades de Braga estão a proporcionar testes gratuitos de despistagem da covid-19 a trabalhadores do concelho que tenham estado a trabalhar na Área Metropolitana de Lisboa, indicaram hoje os promotores da iniciativa. Os testes realizam-se …

Botswana descobre diamante que pode ser o terceiro maior do mundo

A empresa de diamantes Debswana, que se situa no Botswana, anunciou a descoberta de uma pedra de 1.098 quilates que descreveu como a terceira maior do seu tipo em todo o mundo. Contudo, ainda é …