46 pessoas atingidas por raios súbitos em França e na Alemanha

Um total de 46 pessoas, a grande maioria crianças, foram atingidas este sábado por raios em Paris e numa cidade no oeste da Alemanha, que causaram nove feridos graves.

Na Alemanha, um raio atingiu inesperadamente um campo de futebol em Hoppstaedten, durante um jogo infantil, causando 35 feridos, dos quais com gravidade.

O árbitro do jogo foi atingido diretamente pelo raio e foi transportado de helicóptero para o hospital. Dois outros adultos também sofreram ferimentos graves.

30 crianças, com idades entre os 09 e os 11 anos, ficaram ligeiramente feridas e foram levadas para o hospital para realizarem exames, tal como outros dois adultos.

“De acordo com testemunhas, não havia chuva e o céu não estava escuro” quando o raio caiu, disse um polícia.

Em Paris, na tarde deste sábado, 11 pessoas, entre as quais 8 crianças, ficaram feridas, quando caiu um raio no parque Monceau, onde participavam numa festa de anos.

De acordo com o porta-voz dos sapadores-bombeiros de Paris, Eric Moulin, quatro crianças e dois adultos estão em estado grave. Entre estes, três crianças e um adulto têm prognóstico reservado.

Segundo o comandante, os adultos são os pais que acompanhavam as crianças na festa de aniversário.

Uma forte chuvada abateu-se sobre o parque a meio da tarde e “foi quando estavam à procura de abrigo, junto a uma árvore, que o raio caiu sobre eles”, explicou o comandante Moulin.

A árvore não caiu.

Um comandante dos bombeiros, que estava de folga, e que se encontrava por perto “ouviu o barulho e viu pessoas a correr por todo o lado” e prestou os primeiros socorros às vítimas, adiantou o mesmo responsável.

Os feridos foram transportados para dois hospitais parisienses, disse Eric Moulin, que indicou ainda que o acidente mobilizou 80 bombeiros de seis corporações.

Um autarca local, Vincent Baladi, indicou que os feridos atingidos pelo raio apresentavam essencialmente queimaduras.

O instituto de meteorologia francês, Météo France, tinha emitido um alerta laranja para 20 regiões por risco de tempestades que poderiam ser “localmente violentas”, mas Paris não surgia nessa lista.

O raio apareceu de forma brusca“, sublinhou Baladi, lembrando que o parque Monceau é frequentado ao fim de semana por muitas famílias.

Segundo um responsável do Météo France, Michel Daloz, por ano, entre 100 a 200 pessoas são atingidas por raios em França, causando entre 10 e 20 mortes.

Numa trovoada, as pessoas nunca se devem abrigar debaixo de árvores, porque estas atraem os raios.

No caso que hoje ocorreu no parque Monceau, o solo estava molhado e, portanto, “a condução era mais forte”, explicou o especialista.

O mais frequente é que o raio atinja uma pessoa isolada, mas pode acontecer que grupos inteiros sejam afetados, existindo o risco de se propagar através de uma faísca.

Os raios podem causar, nos corpos humanos, consequências cardíacas e neurológicas, explicou Michel Daloz. A gravidade depende da trajetória do raio: se for da cabeça para os pés, os efeitos são mais graves que se o raio atingir a pessoa de lado.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

“Discriminação inaceitável”. Quase 100 mil alunos e docentes do ensino privado excluídos dos testes rápidos

Mais de 84 mil alunos e 11 mil professores do ensino privado não vão ter direito a realizar testes rápidos de antigénio quando forem retomadas as aulas presenciais. O Conselho de Ministros aprovou, este domingo, uma resolução …

Como surgiu a vida na Terra? Cientistas acreditam ter descoberto o "elemento-chave"

Uma equipa de investigadores da Ludwig-Maximilians-Universitaet, na Alemanha, mostrou que pequenas alterações nas moléculas de transferência de ARN (tARNs) permitem que se auto-agrupem numa unidade funcional que consegue replicar informações exponencialmente. Uma equipa de biólogos alemães …

Telescópio FAST detetou três misteriosos sinais rádio do ainda jovem Universo

O gigante telescópio chinês FAST (Five Hundred Metre Aperture Spherical Telescope) detetou três misteriosas rajadas rápidas de rádio (FRB) que ocorreram quando o Universo era ainda jovem. As rajadas rápidas de rádio são um dos …

Áustria reitera rejeição de acordo comercial UE-Mercosul

O Governo austríaco, numa carta enviada ao primeiro-ministro, António Costa, reiterou a sua rejeição do acordo comercial UE-Mercosul e apelou a que Portugal, enquanto presidência da União Europeia (UE), “assegure” que a sua votação seja …

Em Málaga, pode comer-se o pão mais caro do mundo. É feito com ouro e prata

É na padaria espanhola Pan Piña que se confeciona aquele que é, de momento, o pão mais caro de todo o mundo. Este é vendido por uma quantia que pode chegar até aos 3.700 euros …

Novas evidências apontam eventual localização dos destroços do MH370. Jornalista sugere que foi abatido

O chefe da busca fracassada pelo voo MH370 da Malaysia Airlines está a pedir um novo inquérito com base em novas evidências que podem finalmente resolver o mistério do desaparecimento da aeronave há sete anos. De …

Cidade nos EUA testou o rendimento básico universal. "Os números foram incríveis"

Além de a percentagem de pessoas que tinham um emprego a tempo inteiro ter subido, os participantes da iniciativa também relataram sentir-se menos ansiosos. De acordo com o estudo publicado esta quarta-feira, citado pela agência …

Belenenses 0-3 Benfica | Vendaval suíço após o descanso

O Benfica venceu o dérbi com a Belenenses SAD, em jogo a contar para 22ª jornada da Liga NOS, por 3-0. Uma partida que teve uma primeira parte mal jogada e com muitas dificuldades para as …

Investigador apresenta nova geração de drones minúsculos e ágeis. São inspirados em mosquitos

Os mosquitos são insetos incrivelmente acrobáticos e resistentes durante o voo, o que os ajuda a navegar entre rajadas de vento, obstáculos e incertezas. Agora, uma equipa de investigadores construiu um sistema que se aproxima …

OMS considera que a pandemia podia ter sido evitada se alguns países não tivessem sido lentos a reagir

O diretor-geral da OMS afirmou esta segunda-feira que alguns países reagiram lentamente à declaração de emergência sanitária global em janeiro de 2020, desperdiçando-se uma "janela de oportunidade" para evitar a pandemia de covid-19. "A 30 de …