26 países assinam acordo de comércio livre em África

Loïc Lagarde / Flickr

Pôr-do-sol no Cairo

Líderes políticos de 26 países africanos assinaram hoje no Egito um acordo de livre comércio que abarca metade do continente e é tido como potencialmente histórico.

Angola e Moçambique são os dois países lusófonos entre os 26 como membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), um dos três blocos comerciais integrados no acordo, juntamente com a Comunidade da África Oriental (CAO) e com o Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA).

Os 26 países africanos envolvidos têm no total um Produto Interno Bruto (PIB) de 885 mil milhões de euros e mais de 625 milhões de pessoas.

O pacto foi assinado numa cimeira em Sharm el Sheikh pelo presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, o presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, o primeiro-ministro da Etiópia, Hailemariam Desalegn, e o vice-presidente da Tanzânia, Mohamed Bilal.

A zona tripartida de comércio livre deve tornar-se um mercado comum unindo 26 dos 54 países africanos, tendo como objetivo estabelecer regras para se avançar no sentido de tarifas aduaneiras preferenciais, facilitando assim a circulação de bens e mercadorias.

“O que fazemos hoje representa um passo importante na história da integração regional de África”, declarou Sissi na abertura da cimeira.

O presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, considerou, por seu turno, que a “Tripartida” vai permitir a África “fazer enormes progressos e todo o continente avançará”.

Do Cabo ao Cairo, estão incluídas no acordo as duas economias mais desenvolvidas do continente, a África do Sul e o Egito, assim como países dinâmicos como a Etiópia e o Quénia, além de Angola e Moçambique.

O presidente Mugabe sublinhou que o tratado estabelece “uma economia sem fronteiras” que permite ao novo bloco classificar-se no 13.º lugar a nível mundial em termos de PIB.

Para entrar em vigor, o tratado terá de ser ratificado dentro de dois anos pelos parlamentos dos 26 países.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Condenada a mais oito. Ex-Presidente Park arrisca agora 32 anos de prisão

Esta sexta-feira, o Tribunal Distrital de Seul condenou a ex-Presidente sul-coreana Park Geun-hye a mais oito anos de prisão. Park Geun-hye, ex-Presidente da Coreia do Sul, já tinha sido condenada a 24 anos de prisão por …

Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso …

12 feridos em ataque com arma branca em autocarro na Alemanha

12 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, no ataque perpetrado por um homem, armado com arma branca, no interior de um autocarro na cidade alemã de Lübeck, norte do país, segundo a televisão …

É um "emprego de sono". 1000 euros para dormir 8 horas por dia

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego da marca portuguesa Desonno, especializada em colchões e almofadas, que é, acima de tudo, uma …

Marinha Portuguesa vai receber 7 novos navios (para cumprir acordo com a NATO)

O primeiro-ministro anunciou, esta sexta-feira, a construção, nos próximos seis a oito anos, de sete novos navios para a Marinha portuguesa, no âmbito da revisão da Lei de Programação Militar (LPM). António Costa falava nos estaleiros …

Por dia, são assassinadas pelo menos 3 crianças no México

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas, lamentaram esta quinta-feira as autoridades do país. “Temos …

Macron despede colaborador que agrediu manifestante

O Presidente francês viu-se obrigado a despedir o colaborador que tinha sido filmado a agredir um manifestaste no 1º de maio, alegando terem surgido "dados novos" sobre o caso. Segundo o Público, o colaborador de Emmanuel Macron que foi …

Há uma empresa neozelandesa em que se trabalha 4 dias por semana (e ganha-se o mesmo)

Os trabalhadores da Perpetual Guardian trabalham apenas quatro dias por semana e recebem o mesmo salário. A empresa neozelandesa decidiu fazer a experiência e os resultados não poderiam ser melhores. Mantendo o mesmo salário e sem …

Enorme sarcófago negro tinha 3 múmias (e nenhuma maldição)

O enorme sarcófago negro encontrado em Alexandria foi finalmente aberto e o mistério foi desvendado. Nem maldição nem restos mortais de Alexandre, o Grande. Na verdade, o túmulo tinha 3 múmias e água de esgoto. O …

FMI puxa as orelhas ao Governo e avisa que "bons tempos estão a acabar"

O Orçamento de Portugal "vai na direcção errada", alerta o Fundo Monetário Internacional (FMI) no relatório sobre a Zona Euro, onde deixa também avisos quanto ao preço dos imóveis e a ideia de que "os …