Em 2019, o SEF deteve 77 crianças migrantes. Medida vai contra regras da ONU

Mário Cruz / Lusa

No ano passado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve 77 crianças migrantes, algumas por mais de um mês. A medida vai contra as regras da ONU.

Em 2019, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve 77 menores, prática condenada há vários anos pela Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), pela UNICEF e pela provedoria de justiça.

Segundo o Público, que avança a notícia esta quarta-feira, a detenção ocorre sobretudo no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa (CIT).

O relatório anual The Asylum Information Database (AIDA), gerido pelo European Council on Refugees and Exiles (ECRE), adianta que a prática se verificou em 2017 e 2018, voltando a repetir-se o ano passado.

Os dados dão conta de que 25 crianças não acompanhadas ficaram detidas pelo SEF por um período entre 1 a 47 dias e 52 crianças acompanhadas pelos familiares detidas entre nenhum e 59 dias. Feitas as contas, em 2019 foram detidos 77 crianças menores pelo SEF.

O Público escreve que a regra imposta pelo Ministério da Administração Interna (MAI) em 2018, de não deter crianças por mais de sete dias, foi quebrada. Ainda assim, o relatório não especifica quantas crianças estiveram mais do que sete dias detidas.

Além disso, segundo a Convenção dos Direitos da Criança, ratificada por Portugal, nenhum menor deve ser detido por causa do estatuto legal dos pais, tratando-se de “uma violação dos direitos das crianças”.

Portugal já foi condenado pelo Comité Contra a Tortura das Nações Unidas, estando em causa vários fatores, como o uso excessivo da detenção, a ausência de alternativas à detenção, a falta de condições das instalações e a cobrança de taxas de entrada a entidades externas, como advogados, no aeroporto de Lisboa.

Segundo o diário, a ONU recomendou que “a detenção deveria ser apenas usada como medida de último recurso e pelo período mais curto possível”.

O documento refere ainda que, no ano passado, foram registados 1.849 pedidos de asilo espontâneos em Portugal. Segundo as estatísticas do SEF, 503 foram identificados como vulneráveis.

No entanto, revela o documento, as pessoas que digam ter sido torturadas, violadas ou que tenha sofrido outras formas de violência psicológica ou física e sexual deveriam ser identificados como casos vulneráveis e o SEF não o faz.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Áustria corrige Trump. Os seus cidadãos não vivem em florestas

O Governo austríaco decidiu corrigir a afirmação do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que afirmou que as pessoas naquele país europeu vivem em "cidades da floresta". Trump referiu recentemente a Áustria e outros países europeu …

UE em rota de colisão com a Polónia. Em causa estão os crimes de ódio

A relação entre a União Europeia e a Polónia está cada vez mais comprometida. As duas partes têm chocado no que toca à discussão dos crimes de ódio. No seu primeiro discurso sobre o estado de …

Leixões nega ter colocado adeptos na bancada a ver um jogo

Episódio aconteceu numa partida de voleibol em Gondomar. Presidente garante que jovens pertencem aos órgãos sociais do clube, Federação não confirma a identidade à entrada. A Supertaça de voleibol começou, no Grupo B, com o duelo …

Ventura quer ser Sá Carneiro do século XXI e ter juventude partidária

O presidente do Chega vai apresentar-se este fim de semana em Évora para a II Convenção Nacional do partido populista de direita como “o principal continuador em Portugal” de Sá Carneiro, o falecido líder fundador …

Alemanha tem provas materiais de que Maddie está morta

As autoridades alemãs têm provas materiais de que Madeleine McCann está morta, garante o porta-voz da Procuradoria de Braunschweig, Hans Christian Wolters, à RTP. Apenas está por provar o envolvimento de Christian Brueckner no homicídio …

BE quer que direito das grávidas a acompanhante seja respeitado

O Bloco de Esquerda (BE) quer que as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre gravidez e parto no âmbito da covid-19 sejam revistas para que o direito das mulheres grávidas a estarem acompanhadas seja …

Proposta do PCP para passar Novo Banco para esfera pública foi chumbada

A recomendação ao Governo proposta pelo PCP para reverter da venda do Novo Banco, transferindo-o para a esfera pública, foi hoje chumbada no parlamento com os votos contra de PS, PSD, CDS-PP, PAN, Iniciativa Liberal …

Trump ataca voto por correspondência. Resultados podem não ser "determinados de forma precisa"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, reforçou na quinta-feira no Twitter os ataques ao voto por correspondência nas eleições de novembro, ao que a rede social reagiu ligando duas das suas mensagens a informação verificada …

Quatro candidatos disputarão sucessão de Santana no Aliança

O novo líder do Aliança, que sucederá ao fundador do partido, Pedro Santana Lopes, vai ser escolhido entre quatro candidatos no próximo congresso nacional, agendado para 26 e 27 de setembro em Torres Vedras. Segundo noticiou esta …

Recomendação do PS para tarifa social de Internet sem oposição (mas partidos querem mais)

A recomendação do PS ao Governo para que crie uma tarifa social de acesso à Internet não mereceu esta quinta-feira oposição de nenhuma bancada, mas foram vários os partidos que defenderam a necessidade de “ir …