/

Em 2018, um terço das portagens vai aumentar

As taxas de portagem vão manter-se inalteradas na maioria dos troços com portagens de auto-estradas em Portugal. Um terço dos troços vai sofrer aumentos simbólicos a partir do dia 1 de janeiro de 2018.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo apurou o Público junto de fonte da Secretaria de Estado das Infraestruturas, haverá uma alteração em 37% das taxas no início do próximo ano. O Ministério do Planeamento e Infraestruturas homologou todos os pedidos de atualização anual de portagens feitos pelas concessionárias.

As taxas que vão sofrer atualização terão um ajustamento de 0,05 euros nos veículos de Classe 1, mas também há casos de aumentos de 0,15 euros – como na travessia da Ponte Vasco da Gama. Em 2018, um veículo da Classe 4 vai pagar 12 euros para atravessar essa ponte.

De acordo com o jornal, a concessão em que se regista um maior número de casos com atualização é a Brisa, que irá aumentar as portagens em 172 troços, e tem, sob sua gestão, 264 taxas de portagem na totalidade da rede.

Já nas 300 taxas de portagem que foram criadas nas antigas SCUT, haverá alteração em 99 tarifas, fiando 67% dos troços sem alteração.

Nas concessões Norte e Grande Lisboa haverá alteração em 34% das taxas de portagem, o que implica aumentos em 41 troços. Na concessão Douro Litoral só haverá alteração em seis taxas e na Concessão Litoral Centro, em 27 – assim como na concessão Oeste, em que os aumentos abrangerão 27 casos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.