Em 2018, empresas públicas têm de ter um terço de mulheres nos cargos de topo

Seis deputados do CDS, entre os quais a líder Assunção Cristas, e os votos do PS e do BE aprovaram, esta sexta-feira, uma lei para tornar mais paritárias a administração pública e empresas públicas e cotadas em bolsa.

Na hora de votação, a bancada do CDS, que tinha liberdade de voto, dividiu-se, mas a líder do partido, Assunção Cristas, e mais cinco centristas, votaram a favor. Do lado direito do hemiciclo, Cristas foi, aliás, a única a aplaudir, de pé, como a maioria dos deputados do PS e do BE, a decisão de hoje da Assembleia da República.

O PCP optou pelo voto contra, dado que não acredita na “eficácia na alteração da governação” dos órgãos, deixando “igualmente intacta a mais profunda das causas de discriminações e desigualdades de que as mulheres são vítimas, a exploração da força de trabalho”.

A proposta de lei prevê, nomeadamente, que, nas empresas do setor público, deve existir uma proporção de pelo menos um terço de mulheres nos órgãos de administração e de fiscalização, a partir de 01 de janeiro de 2018.

Nas empresas cotadas em bolsa, essa proporção “não pode ser inferior a 20%” a partir da primeira assembleia geral eletiva após 1 de janeiro de 2018, e um terço (33,3%) a partir de janeiro de 2020.

Outro dos artigos da proposta de lei define que, até final do ano, o executivo apresente uma “proposta de lei que define o regime de representação equilibrada entre mulheres e homens, aplicando um limiar mínimo de 40% na administração direta e indireta do Estado e nas instituições de ensino superior públicas”.

O incumprimento dos “limiares mínimos” implica, segundo o diploma, a nulidade da designação para esses órgãos, estando o Governo obrigado a apresentar nova proposta num prazo de três meses.

No caso das empresas cotadas em bolsa, o incumprimento levaria a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a declarar provisória a designação desses órgãos.

Segundo o Expresso, a maioria das empresas que se comprometeram, com o Governo anterior, em promover a igualdade de género não cumpriu a promessa. Em 2015, a então secretária de Estado da Igualdade, Teresa Morais, assinou acordos de compromisso com 13 empresas cotadas em bolsa para aumentarem em 30% mais mulheres para lugares de chefia.

Escreve o semanário que, ao fim de dois anos, apenas três dessas empresas honraram o compromisso, entre as quais os CTT, a Media Capital SGPS SA e a Sonae SGPS, de acordo com um balanço da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG).

Depois das votações na Assembleia, as deputadas Elza Pais, do PS, e Sandra Cunha, do Bloco de Esquerda, falaram aos jornalistas para manifestar o seu agrado pela aprovação da lei. Um avanço civilizacional, concordaram.

Elza Pais afirmou tratar-se de um “dia histórico” e sublinhou que, segundo a ONU, e sem uma lei deste tipo, seriam necessários 170 anos para se conseguir este nível de paridade.

A bloquista Sandra Cunha ressaltou que este “é um momento histórico na luta pela igualdade do género”

Na votação, e com liberdade de voto no CDS, votaram a favor, ao lado de Assunção Cristas, Isabel Galriça Neto, Ana Rita bessa, Anacoreta Correia, Helder Amaral e Mota Soares. Contra votaram Cecília Meireles, Ilda Novo, João Rebelo, Filipe Lobo D’Ávila, João Almeida, Telmo Correia e António Carlos Monteiro e abstiveram-se Nuno Magalhães, Vânia Dias da Silva, Patrícia Fonseca e Álvaro Castelo Branco.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Se bem entendo: o que interessa é que seja mulher, mesmo que haja alguém mais competente na empresa. O perpetuar do sexismo (para ambos os géneros) em desrespeito para com a igualdade. Perfeito.

  2. Em 2017 nas escolas terão que existir pelo menos 1/3 de professores do sexo masculino, para haver alguma igualdade; nos hospitais terão que existir pelo menos 173 de enfermeiros do sexo masculino e nas matas terão que existir pelo menos 1/3 de prostitutos do sexo masculino …

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …