Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

(cv)

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU).

Embora as autoridades locais tenham atribuído o ataque à prisão central de Kangbayi, em Beni, a um grupo rebelde islâmico, a Amaq – agência oficial do Estado Islâmico – disse que a operação foi realizada pelos seus combatentes, noticiou o New York Times.

Segundo o presidente da câmara da cidade, Modeste Bakwanamaha, permaneceram na prisão apenas 100 dos mais de 1.400 reclusos. Dos fugitivos, 20 acabaram por retornar às instalações. “Os agressores, que vieram em grande número, conseguiram arrombar a porta com equipamento elétrico”, indicou à Reuters.

Estima-se que 1.335 reclusos escaparam e um morreu no confronto, indicou Mathias Gillmann, porta-voz de um grupo de manutenção da paz da ONU no Congo. Já jornalistas locais, que citaram a polícia, relataram que foram mortos dois presos durante a operação. De acordo com as Nações Unidas, a prisão mantinha 1.456 presos.

Bakwanamaha referiu que o ataque foi obra das Forças Democráticas Aliadas, um grupo rebelde da Uganda, que atua no leste do Congo há décadas, vinculado a uma rede financiada pelo do Estado Islâmico nos últimos anos.

Os 20 fugitivos que voltaram contaram que foram sequestrados pelas Forças Democráticas Aliadas, disse Bakwanamaha à Associated Press. O presidente da câmara pediu à população para ajudar a capturar os fugitivos. A fuga deixou os moradores locais consternados, temendo um aumento na violência.

O ataque de terça-feira, notou o New York Times, assemelha-se a outro que ocorreu em 2017, no qual homens armados invadiram a prisão de Kangbayi e libertaram mais de 900 reclusos. Na época, as autoridades locais avançaram que os responsáveis pelo ataque eram membros das Forças Democráticas Aliadas de Uganda.

Em 2019, a Amaq reclamou o que disse ter sido o primeiro ataque do Estado Islâmico no Congo, num quartel militar em Beni, matando oito pessoas. As autoridades congolesas confirmaram um ataque na área, mas disseram que se tratava das Forças Democráticas Aliadas. Um relatório de 2018 revelou que este grupo foi financiado pelo Estado Islâmico e que estava a tentar “alinhar-se com outros grupos jihadistas”.

As Forças Democráticas Aliadas são acusadas de matar centenas de pessoas. Em 2016, um tribunal militar em Beni começou a conduzir julgamentos aos combatentes do grupo e aos seus aliados.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …

Cimeira Social. Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemas

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado, no Porto, que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização …