//

Uma carruagem do futuro. Zoox revela carro autónomo (que pode ser o primeiro robôtáxi da Amazon)

Depois de seis anos de muito trabalho e algum mistério, a Zoox, uma empresa de automóveis autónomos que a Amazon comprou em junho, revelou oficialmente o seu modelo de carro autónomo com a função de ser um “robôtáxi”.

O The Verge escreve que o veículo é totalmente elétrico, acomoda até quatro pessoas e atinge uma velocidade de até 120 quilómetros por hora.

Além destas características, o novo carro autónomo tem algumas particularidades que fizeram com que o projeto demorasse algum tempo a sair da fase de protótipos mais sigilosos. Este veículo não tem volante e é capaz de se mover bidirecionalmente: para a frente, para trás e para os lados, com direção nas quatro rodas.

Ao estilo de uma carruagem e com 3,63 metros de comprimento, o automóvel autónomo faz manobras em espaços apertados e muda de direção sem precisar de fazer marcha atrás. A bateria é outro grande destaque: com capacidade para 133 kWh, promete até 16 horas de autonomia.

Este robôtáxi conta com sensores LiDAR no topo que lhe permitem observar objetos a até 150 metros de distância. Em caso de falha de um sensor, o veículo dispõem de vários sensores de radar e câmaras. De acordo com o Tech Crunch, este conjunto fornece um campo de visão de 270 graus em cada canto.

Entrar neste “cubo sobre rodas” é como pisar o futuro sem esquecer o passado. O interior do robôtáxi da Zoox possui dois bancos com assentos individuais, cintos de segurança, porta-copos, tapetes para carregamento sem fio e um painel sensível ao toque para controlar a música, o ar-condicionado e o trajeto.

Ainda sem data de lançamento definida, os modelos estão a ser atualmente testados em Las Vegas, São Francisco e Foster City, nos Estados Unidos.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.