Youtubers portugueses fazem dinheiro com sites ilegais em Portugal

Alguns dos youtubers portugueses mais influentes, muitos dos quais com uma audiência que é constituída por crianças, estão a publicitar sites de jogos e apostas online que são ilegais em Portugal. Uma situação que é crime punível com prisão e que constitui um incentivo “perigoso” ao jogo.

Youtubers como Sirkazzio, que tem mais de 5,1 milhões de subscritores no YouTube, Wuant, com 3,6 milhões, e Windoh, com 1,68 milhões, têm promovido sites sites ilegais de apostas, como apurou uma investigação da Rádio Renascença.

A rede social de vídeos já bloqueou alguns desses vídeos, depois de ter sido contactada pela Renascença, e um dos sites promovidos pelos youtubers que tinha uma licença atribuída em Curaçao, nas antigas Antilhas, deixou de funcionar em Portugal.

Mas a situação está a ser encarada com preocupação porque muitos destes youtubers têm uma audiência que é constituída por crianças, menores de idade, o que torna o caso ainda mais grave.

Nos vídeos, os youtubers fazem questão de sublinhar que os jogos não são indicados para menores de 18 anos, o que “torna a sua acção particularmente sancionável“, como repara o advogado João Alfredo Afonso, em declarações à Renascença, salientando que têm consciência de que grande parte da sua audiência é constituída por crianças.

“Só a promoção do jogo ilegal é grave, mas a promoção de jogo ilegal junto a menores é particularmente grave“, constata o advogado, frisando que “a Lei diz que a negligência também é punível”.

“Neste caso, é uma negligência bastante grosseira, porque ele não pode ignorar que um menor que olhe para o vídeo dele, onde faz campanha ou publicidade ou benefícios de jogar em determinado site, vai querer jogar”, vinca ainda.

Há ainda o caso caricato de youtubers menores de idade a promoverem os sites de apostas e a frisarem que não são para menores de 18 anos.

Crime punível com prisão até 5 anos

A promoção deste tipo de sites que são ilegais em Portugal é crime e é punível com uma pena até cinco anos de prisão ou pena de multa até 500 dias, segundo o Regime Jurídico dos Jogos e Apostas Online.

A publicitação também pode implicar o pagamento de uma multa de 1750 a 3750 euros, tratando-se de pessoas singulares, e de 3500 a 45 mil euros, no caso de pessoas colectivas.

“Essa contra-ordenação pode ser aplicada à entidade exploradora, neste caso o anunciante, mas também a qualquer outro interveniente na mensagem publicitária, neste caso o próprio youtuber e a rede social em causa”, explica à Renascença o advogado Filipe Mayer, especialista nas áreas do jogo e da publicidade.

A rede social esclarece, numa nota enviada à Rádio, que exige aos youtubers “que garantam que o seu conteúdo cumpra as leis locais” e as “Directrizes da Comunidade do YouTube”. “Se algum vídeo violar estas políticas, agimos rapidamente e em conformidade”, aponta ainda.

Os youtubers visados já foram notificados do bloqueio dos vídeos e alguns deles queixaram-se da situação nas suas redes sociais. Alguns destes jovens terão recebido dinheiro dos sites para fazerem a sua promoção.

“Só falta dizer ‘joguem’”

Para o psicólogo Pedro Hubert, coordenador do Instituto de Apoio ao Jogador, “este tipo de publicidade é claramente um incentivo ao jogo“. “Só falta dizer ‘joguem’, ‘continuem a jogar’”, aponta na Renascença, manifestando-se “indignado” com os vídeos que são claramente feitos “para menores”.

“Do ponto de vista clínico, é muito mau para quem tenha uma predisposição para o jogo. E aqueles avisos que eles fazem são um bocado ridículos”, sustenta Hubert.

O psicólogo refere que nem sequer para um público de 18 anos estes vídeos seriam recomendados. “Há uma função mental superior que é o controlo dos impulsos” que “só está definitivamente formatada no nosso cérebro lá para os 21, 22 anos”, diz. “Um adolescente ou jovem adulto ainda tem muita dificuldade em controlar os impulsos“, constata.

Hubert nota ainda para o facto de, muitas vezes, as crianças verem vídeos sozinhas, o que agrava a situação. “Os pais têm de ser mais interventivos, perceber o que os filhos estão a fazer”, para terem “algum grau controlo, sem ser intrusivo”. É que proibir simplesmente não é solução.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …