Wow. Resolvido o mistério da única prova que havia de vida extraterrestre inteligente?

NASA Goddard

Os tumultuosos mares  de estrelas de Sagitário

Os tumultuosos mares de estrelas de Sagitário

Quase 40 anos depois, os cientistas poderão ter conseguido explicar a origem do sinal de rádio proveniente das estrelas que alguns consideravam ser a única prova de vida extra-terrestre inteligente.

Em 1977, o astrofísico Jerry Ehman, professor da Ohio State University, nos Estados Unidos, descobriu uma sequência única de sinais de rádio provenientes da constelação de Sagitário, captados pelo telescópio Big Ear.

Esta sequência ficou conhecida como o “sinal Wow”, em referência à nota de surpresa que Ehman escrevinhou, a vermelho, no papel onde estavam a ser impressos os dados recolhidos pelo Big Ear: Wow!.

Até agora, conta o The Guardian, esta sequência era considerada por muitos o único sinal de vida inteligente extra-terrestre.

(dr) Big Ear Radio Observatory / North American AstroPhysical Observatory (NAAPO)

O sinal Wow, a única prova de vida extra-terrestre inteligente?

A “sequência Wow”, a única prova de vida extra-terrestre inteligente?

Na época, o sinal preenchia todos os requisitos para que o Search for Extra-Terrestrial Intelligence — o famoso programa SETI, que procura sinais de vida extra-terrestre — iniciasse de imediato uma investigação exaustiva.

Infelizmente, a sequência nunca mais voltou a ser captada e permaneceu até agora sem explicação.

Mas, no início deste ano, o professor Antonio Paris, invesigador da Saint Petersburg University, na Florida, Estados Unidos, anunciou que tinha descoberto a origem do sinal – e resolvido o mistério da sequência Wow.

Segundo o investigador, o misterioso sinal tem origem em dois cometas, o 266P/Christensen e o 335P/Gibbs, que pelos seus cálculos se encontrariam na região da constelação Sagitário no dia em que o “sinal Wow” foi captado.

A sequência Wow teria assim tido origem, defende Paris, em fortes emissões de radiação de hidrogénio libertadas pelos dois cometas – processo natural neste tipo de corpos celestes.

Para demonstrar a sua teoria, o astrofísico propõe uma experiência: observar o sinal emitido pelos dois cometas, que vão voltar a passar em Sagitário – já em janeiro de 2017, no caso do 266P/Christensen, e em 2018 no caso do 335P/Gibbs.

Se a teoria de Paris estiver correcta, o sinal captado à passagem dos dois cometas será semelhante à sequência Wow – e um dos mais excitantes mistérios da astronomia (entre outras áreas) terá sido desvendado, destruindo o único indício válido de eventual vida extra-terrestre inteligente.

Mas se os sinais tiverem diferenças significativas, o mistério manter-se-á, reacendendo as esperanças de todos os que acreditam que não estamos sozinhos, aqui neste canto do Universo.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Bem, há outras provas incontestáveis sobre as quais até o ex-ministro da defesa do Canadá (não um Manuel qualquer sem credibilidade) se refere. Ele é apenas mais um dos muitos que aceitam a verdade que todos os outros fingem não conhecer ou reconhecer como real, é como ser cego por vontade.

    https://www.youtube.com/watch?v=JDuqZbjxB_E

RESPONDER

O desaparecimento de metano em Marte foi resolvido. Mas ainda há perguntas por responder

Cientistas planetários têm estudado aparentes discrepâncias entre as concentrações de metano registadas pelo Curiosity Rover e pelo ExoMars Trace Gas Orbiter. Supunha-se que alguém deveria estar errado, mas havia um forte desentendimento sobre qual. Uma nova …

Pela primeira vez, astrónomos encontraram um exoplaneta sem atmosfera

Nos últimos anos, investigadores descobriram um tesouro de planetas rochosos que orbitam anãs vermelhas, pequenas estrelas com um raio 60% menor que o nosso Sol. Apesar do seu tamanho, estas estrelas são muito ativas - tanto …

Investigadores descobrem esqueletos adolescentes do século V. Um dos cientistas é português

Um grupo de investigadores, do qual também faz parte o português Daniel Fernandes, descobriu três esqueletos do período das migrações bárbaras numa vala em Osijek, na Croácia. "Deformação craniana e diversidade genética em três indivíduos masculinos …

Tesla está a alugar painéis solares por 45 euros por mês

Comprar painéis solares pode ser um investimento dispendioso para muitos. De maneira a oferecer uma solução mais económica aos seus clientes, a Tesla está a alugar a tecnologia por apenas 45 euros por mês. A SolarCity, …

Rui Fonte regressa ao Sporting de Braga e assina por três épocas

O Sporting de Braga, da I Liga de futebol, oficializou ontem a contratação do avançado Rui Fonte, um regresso ao clube, por três temporadas. O jogador, de 29 anos, chega dos ingleses do Fulham, que, …

YouTube remove vídeos de luta entre robôs por violarem políticas contra crueldade animal

O YouTube removeu na segunda-feira vídeos de robôs a lutar entre si da sua plataforma, justificando que estes violavam as políticas de exibição contra crueldade com animais. Depois do sucedido, a empresa informou que os …

Há uma piscina natural no meio do deserto mais quente do mundo

https://vimeo.com/355369476 Um casal a viajar pela Etiópia aventurou-se no deserto e experimentou nadar numa piscina natural num dos lugares mais quentes do planeta. A neozelandesa Bridget Thackwray e o namorado, Topher Richwhite formam a Expedition Earth, a …

The Rock é o ator mais bem pago do mundo

A revista Forbes revelou esta quarta-feira a sua lista anual dos atores mais bem pagos do mundo. O primeiro lugar é ocupado por um repetente. Dwayne "The Rock" Johnson voltou a ser o ator mais bem …

Albânia demoliu restaurante do homem que perseguiu turistas no capô do carro

O dono de um restaurante ilegal na Albânia meteu-se em sérios apuros depois de ter perseguido uma família de turistas espanhóis, colocando-se no capô do carro onde seguiam e partindo o pára-brisas. O restaurante que …

Sensores de radiação da Rússia desligaram-se misteriosamente após recente explosão nuclear

Nas semanas após um acidente nuclear fatal num campo de tiro de armas navais em Nyonoksa, quatro sensores de partículas radioativas que enviavam dados do território russo para uma rede de monitorização internacional desligaram-se misteriosamente. As …