Woody Allen quebra o silêncio. Acusação de violação da filha é “absurda”

Este domingo, a CBS transmitiu uma rara entrevista a Woody Allen, uma conversa que aconteceu em julho do ano passado.

De acordo com o Observador, quase 30 anos depois da última grande entrevista em televisão, Woody Allen voltou a dizer que é inocente no caso em que é acusado de ter abusado sexualmente da filha adotiva Dylan Farrow, durante o programa CBS Sunday Morning.

A entrevista, gravada em julho, ficou disponível, pela primeira vez, no domingo na plataforma de streaming Paramount+.

Apesar de considerar “absurda” a acusação da filha adotiva, o realizador poupou-a. “Acredito que ela pensa mesmo aquilo. Ela era uma boa miúda. Não acredito que esteja a inventar nada. Nem acredito que esteja a mentir. Acho que ela acredita naquilo”, disse. “É tão absurdo, mas o estrago já está feito.”

“Preferem agarrar-se, se não ao facto de a ter molestado, à possibilidade de o ter feito. Mas nada do que fiz com a Dylan em toda a minha vida pode ser interpretado dessa maneira”, garantiu Woody Allen.

Dylan Farrow revelou que o pai tinha abusado sexualmente dela quando tinha apenas sete anos. O alegado abuso sexual terá ocorrido em 1992, na casa de Mia Farrow, em Bridgewater, no estado do Connecticut.

O crime nunca foi comprovado pelas autoridades, mas, apesar de os processos terem sido arquivados depois de duas investigações em separado, a imagem do realizador de Hollywood deteriorou-se.

“Porque é que um homem de 57 anos que nunca foi acusado de nada, de repente, entraria numa terrível disputa na casa de campo da Mia com uma menina de sete anos? À primeira impressão, nem achei que fosse necessária qualquer investigação”, referiu ainda na entrevista transmitida este domingo.

Esta entrevista, concedida à CBS, surge depois da estreia do documentário Allen v. Farrow, na HBO, no início deste ano, no qual Dylan e Mia reiteram a acusação de pedofilia.

Questionado sobre se nunca terá considerado impróprio manter uma relação com a filha adotiva da namorada, Allen respondeu que não e reforçou que o início do relacionamento com Soon-Yi, com quem está casado desde 1997 e tem duas filhas (também adotivas), foi algo gradual.

“A última coisa que queríamos fazer era ferir os sentimentos de alguém. Só queríamos deixar claro que tínhamos um relacionamento”, justificou.

“Se me tivessem dito que ia acabar casado, e bem casado, com uma mulher asiática muito mais jovem e de fora da indústria, teria dito que as hipóteses de isso acontecer eram mínimas. Não teria acreditado. Mas foi o que aconteceu”, acrescentou.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Responsável pelo RGPD demitido por Medina trabalhava há 33 anos na Câmara de Lisboa

O encarregado de proteção de dados da Câmara Municipal de Lisboa, que o presidente Fernando Medina exonerou devido à polémica da partilha de dados de ativistas com a embaixada da Rússia, trabalhava na autarquia há …

Portugal quase a entrar na "zona vermelha de risco". Variante Delta prevalece em Lisboa e Vale do Tejo

A região de Lisboa está sobre pressão há algumas semanas, mas o resto do país também está prestes a entrar numa situação epidemiológica menos boa. A incidência nacional encontra-se próxima dos 120 casos por 100 …

Pandemia continua a "empurrar" reclusos para fora das grades. Já saíram 2850

As cadeias portuguesas continuam a soltar reclusos que ainda não cumpriram toda a pena, numa altura em que não existem praticamente casos de infecção por covid-19 no sistema prisional. O regime especial de perdão das penas, …

Condutor de carrinha atropela participantes em desfile LGBT (e faz um morto)

O condutor de uma carrinha atropelou pessoas que desfilavam numa marcha de "orgulho gay" em Wilton Manors, perto de Fort Lauderdale na Florida, causando pelo menos um morto e ferindo outra. As autoridades estão ainda a …

Descoberta "pequena Pompeia" no sótão de um antigo cinema em Verona

Arqueólogos descobriram uma "Pompeia em miniatura" no sótão de um antigo cinema no centro histórico da cidade italiana de Verona. Segundo a agência italiana Ansa, autoridades da Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagismo de Verona, …

Colapso de escola na Bélgica matou afinal quatro portugueses

As autoridades belgas confirmaram este domingo a morte de cinco pessoas, entre as quais quatro portugueses, no desabamento de uma escola em obras na cidade de Antuérpia. No balanço de sábado, as autoridades belgas registaram mais …

Chega e IL dizem que cerco na AML é "inconstitucional". Ventura recorre ao Supremo Tribunal Administrativo

André Ventura, líder do Chega, contestou a decisão do Governo de limitar a circulação na AML. Considerando que a medida é inconstitucional, entregou uma "Intimação para proteção de direitos, liberdade e garantias" no Supremo Tribunal …

Há 50 mil anos, humanos e neandertais relacionaram-se no deserto de Negev

Uma recente descoberta no deserto do Negev, no centro de Israel, revelou detalhes importantes sobre o desenvolvimento da cultura humana na região, de acordo com um novo estudo publicado na revista PNAS. Por toda a Ásia, …

Costa reeleito líder do PS com 94% dos votos aponta a vitória nas autárquicas

António Costa foi reeleito no sábado secretário-geral do PS, com 94% dos votos, para um novo mandato de dois anos, de acordo com resultados provisórios divulgados hoje pela Comissão Organizadora do Congresso (COC) do PS. O …

"Pessoas como nós". Presidente da República alerta contra indiferença no Dia Mundial do Refugiado

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, alertou contra a indiferença e os "discursos oportunistas" numa mensagem alusiva ao Dia Mundial do Refugiado, que hoje se assinala. “Este ano sob o mote ‘Juntos cuidamos, aprendemos …