Vulcão da ilha do Fogo continua com explosões violentíssimas

O vulcão da ilha do Fogo continua com “explosões violentíssimas”, apesar de a lava já estar “mais branda”, afirmou esta terça-feira a geóloga cabo-verdiana Sónia Silva Vitória.

“Ao final da tarde, o vulcão apresentava seis a sete bocas eructáveis com saída de lava e nuvens de gases. As explosões são violentíssimas mas a lava está a avançar mais lentamente”, sintetizou a geóloga cabo-verdiana ligada à Universidade de Cabo Verde que está no terreno a avaliar a situação.

Sónia Vitória adiantou que estão a decorrer dois tipos de explosões: as de gases e as piroclásticas (uma mistura de areias, cinzas e escórias), sendo que a coluna de fogo “chega a atingir uns 100 metros de altura”.

A geóloga cabo-verdiana esclareceu que, ao final da tarde, “a lava avançava mais lentamente” e “as duas frentes estavam praticamente estáveis”, mas ressalvou a imprevisibilidade da situação.

“Uma, a do centro, em Cova Tina e Losna, já se encontrava praticamente parada e não deve avançar mais. A outra, em Monte Branco e Monte Saia, onde a população se concentra, tem um avanço muito ao centro, mas está estável”, explicou.

A geóloga adiantou que “o ponto mais violento” do dia terá ocorrido entre as 16h e as 18h locais (entre as 17h e 19h em Lisboa), quando ocorreram “explosões violentíssimas que obrigaram as pessoas a fugir por causa da chuva de areia vulcânica trazida também pelo vento”.

Para esta noite e primeiras horas da manhã, Sónia Vitória sublinhou não ser possível fazer quaisquer previsões, “porque a atividade vulcânica é muito imprevisível”.

Na tarde desta segunda-feira, o presidente do Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros (SNPCB) de Cabo Verde, Arlindo Lima, disse à Lusa que, numa escala de 1 a 5, o vulcão se encontra no 4, o segundo mais grave, e apelou à população para não se dirigir ao local das crateras, “principalmente movida pela curiosidade”.

Em Chã das Caldeiras, localidade no sopé do “Grande Vulcão” (com um cone que sobe até aos 2.829 metros de altura), continua um contingente de militares, agentes da polícia nacional, membros da Cruz Vermelha e voluntários a prestarem auxílio aos residentes que ainda resistem, segundo um elemento da proteção civil.

Pedro Bettencourt esclareceu ainda que a “vigilância” serve também para evitar assaltos a casas ou atos de vandalismo, tal como aconteceu na erupção de 1995.

No terreno, ao longo do dia, estão todos os elementos da polícia nacional da ilha do Fogo, 80 agentes, outros tantos elementos da Cruz Vermelha vindos de várias ilhas e ainda 33 militares, alguns vindos da Cidade da Praia.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu peço desculpa
    Não quero ferir a sensibilidde de ninguem, mas se Deus é o criador de todas as coisas, foi Ele que ativou o vulcão e certamente teria grandes razões para o fazer, e partindo do principio que Ele faz tudo bem feito, não vejo muito sentido em estar a orar-Lhe para que não faça o que esta a fazer

RESPONDER

Técnicos do INEM recusaram-se a sair em quatro ambulâncias por falta de desinfeção

Técnicos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) recusaram-se, nesta segunda-feira, a sair em serviço por falta de desinfeção de quatro ambulâncias destinadas para o transporte de doentes com covid-19. A notícia é avançada esta …

FIFA pede "bom senso" sobre castigos a jogadores que homenageiem George Floyd

A FIFA pediu na segunda-feira "bom senso" na aplicação de possíveis castigos a jogadores que homenageiem durante os encontros o norte-americano George Floyd, que morreu em 25 de maio, após uma ação policial. Em comunicado, a …

China atrasou partilha de mapa genético do novo coronavírus com a OMS

As autoridades chinesas atrasaram mais de uma semana a publicação do genoma do novo coronavírus, após vários laboratórios públicos o terem descodificado, privando a OMS de informação essencial para combater a pandemia, noticia esta terça-feira …

Mosaico romano do século III d.C encontrado intacto no norte de Itália

O piso de um mosaico romano, que os especialistas acreditam ser do século III d.C, foi encontrado intacto em Verona, cidade no norte de Itália. Depois de várias escavações fracassadas, o piso ornamentado foi encontrado junto …

Em 2012, Passos Coelho teve um "paraministro". Costa achou "um escândalo"

Enquanto primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho entregou três dossiês ao então responsável da Goldman Sachs e do FMI, António Borges. António Costa achou "um escândalo". Em 2012, o então primeiro-ministro Pedro Passos Coelho entregou a António Borges …

Deputados obrigados a usar máscara mesmo nas intervenções orais no Parlamento

A Assembleia da República pediu um parecer à Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a opção de retirar a máscara durante as intervenções parlamentares. A partir desta semana, os deputados serão obrigatórios a manter a máscara …

Grávidas com covid-19 podem ter um maior risco de lesões na placenta

As mulheres que contraem a covid-19 durante a gravidez podem correr um maior risco de sofrer lesões na placenta, concluiu uma nova investigação. Comparativamente com as mulheres não infetadas com o novo coronavírus, as mulheres infetadas …

George Floyd morreu devido a asfixia, revela autópsia independente

A autópsia pedida pela família de George Floyd revelou que o afro-americano morreu de asfixia devido à compressão do pescoço e das costas quando um polícia de Minneapolis o pressionou contra o chão com o …

Bolsonaro falou com Trump sobre participação do Brasil no "novo G7". Canadá rejeita incluir Rússia

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse na segunda-feira que conversou com o seu homólogo dos Estados Unidos sobre a possibilidade de o Brasil fazer parte do novo modelo de G7 proposto por Donald Trump. “Conversei, na …

Estar à beira da morte é uma experiência feliz (e a razão pode estar no cérebro)

A comunidade científica tenta há muito tempo entender o motivo pelo qual as experiências de quase-morte (EQM) são descritas como "pacíficas" ou "felizes". Christof Koch, cientista do Instituto Allen de Ciêncis do Cérebro, considera que a …