Sistema de voto eletrónico suíço permite falsificação de resultados

Swiss Federal Council / wikimedia

Uma debilidade detetada no sistema de voto eletrónico suíço poderia ter levado à alteração de votos. As conclusões foram apresentadas num estudo feito conjuntamente por uma equipa de segurança e uma equipa de universitários da Austrália e da Suíça.

O relatório do estudo mostra que um hacker, que tenha acesso local a uma das máquinas de voto eletrónico ou ao manufator da máquina, poderia alterar os votos registados pelos eleitores. Isto daria a capacidade aos piratas informáticos de forjar as eleições helvéticas.

Segundo noticia o ZDNet, a vulnerabilidade está no sistema criptográfico que verifica se os votos feitos são os mesmos que estão a ser relatados. Os responsáveis pelo estudo dizem que esse esquema criptográfico é fraco e permite que alguém troque votos sem grandes problemas.

A vulnerabilidade detetada não surgiu por acaso. No mês passado, a Swiss Post, responsável pelo sistema de voto eletrónico, lançou um convite a especialistas e piratas informáticos de todo o mundo para testarem o novo sistema. Quem identificasse falhas no sistema poderia receber uma recompensa até 132 mil euros, de acordo com a Euronews.

No entanto, a vulnerabilidade criptográfica detetada pelas duas equipas de investigadores não foi submetida através da plataforma de recompensa de bugs da Swiss Post. Os investigadores aproveitaram o código fornecido para examinar os protocolos de criptografia do sistema de votação.

A Scytl, empresa espanhola que desenvolveu o sistema de voto eletrónico, criticou aqueles que se inscreveram para o programa de recompensa de bugs, mas partilharam o código do sistema de votação eletrónica na internet, apesar de serem informados de que o código era destinado apenas aos participantes do concurso.

A explicação técnica da falha no código está disponível para leitura nos sites da Universidade de Melbourne e da Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade de Berna.

ZAP //

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A partir do momento que o voto passe a electrónico, morrerá o que resta da democracia, pois não há forma de garantir que o sistema informático não seja condicionado ou hackado.
    Sistemas informáticos perfeitos impossíveis de penetrar nunca existiram, nem os da CIA ou FBI.

  2. Se querem manter a transparência do sistema eleitoral, corram da urna eletrônica. O Brasil tá aí pra provar os anos obscuros do PT no poder graças às urnas eletrônicas. Nunca funcionou e nunca funcionará, pois há interessados por trás dos códigos.

RESPONDER

Se quer um coração saudável, desligue a televisão e tome um bom pequeno-almoço

É conhecida como a refeição mais importante do dia e não é por acaso. Os hábitos de vida que seguimos diariamente têm um impacto direto na nossa saúde vascular. Numa investigação recentemente apresentada na reunião anual …

Determinada temperatura das bebidas que aumenta risco de cancro

Cientistas da Universidade de Ciências Médicas de Teerão publicaram novas provas sobre a relação entre o consumo de bebidas quentes e o cancro do esófago. De acordo com o estudo publicado na revista International Journal of …

Descobertos 83 buracos negros supermassivos no Universo inicial

Astrónomos do Japão, de Taiwan e dos EUA descobriram 83 quasares alimentados por buracos negros supermassivos no universo distante, numa época em que o Universo tinha menos de 10% da sua idade atual. "É notável que …

Joy Milne consegue cheirar a doença de Parkinson antes de ser diagnosticada

Atualmente, não existe nenhum teste diagnóstico definitivo para o Parkinson, mas isso pode mudar graças a Joy Milne, uma mulher que consegue detetar a doença antes que os sintomas apareçam. Parece demasiado bizarro para ser verdade, …

Filho de José Eduardo dos Santos libertado da prisão. Estava preso desde setembro de 2018

O antigo presidente do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos, que se encontrava em prisão preventiva desde 24 de setembro de 2018, encontra-se já em liberdade, disse hoje à agência Lusa fonte oficial. A …

Naufrágio no Nilo é a primeira prova de que Heródoto não estava a mentir sobre os barcos egípcios

Um navio naufragado encontrado no rio Nilo pode ter permanecido inalterado durante mais de 2.500 anos. Agora, está finalmente a revelar os seus segredos: cientistas pensam que este navio revelou uma estrutura cuja existência tem …

A gravidade influencia a maneira como tomamos decisões

Todo e qualquer organismo vivo na Terra evoluiu a longo de milhares de anos sob um campo gravitacional constante, com a gravidade desempenhando um papel fundamental no comportamento e na cognição humana. Um estudo recente publicado …

"Atentado" na Disneyland Paris era apenas uma avaria nas escadas rolantes

Por volta das 21h00 em Paris, produziu-se um movimento de pânico na Disney Village, no parque de diversões francês da Disney. Rapidamente se multiplicaram mensagens sobre um "atentado". Ao jornal belga DH, uma fonte afirmou que …

Cientistas alargam limites físicos do grafeno

Até onde vão os limites físicos do grafeno? Uma equipa de cientistas do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga, respondeu a esta questão e desafiou-os. Uma equipa de investigadores dos Departamentos de Materiais Quânticos …

Ilusionista britânico diz que vai travar o Brexit com o poder da mente

Uri Geller é um ilusionista israelista, com nacionalidade britânica, que se tornou famoso nos anos 1970 em programas de televisão em que realizava demonstrações dos seus alegados poderes paranormais. Agora, Geller deixa um aviso a Theresa …