Viver na “cidade da Tesla”? Governador do Nevada propõe que empresas possam criar governos locais

Neoen

O governador do estado norte-americano do Nevada, Steve Sisolak, anunciou planos para lançar Zonas de Inovação que permitiriam às empresas de tecnologia formar os seus próprios governos locais.

De acordo com o jornal local Las Vegas Review-Journal, Steve Sisolak revelou este novo conceito durante o seu discurso sobre o Estado do Estado em 19 de janeiro, descrevendo as zonas como uma forma de atrair empresas que estão na vanguarda de “tecnologias inovadoras”, como blockchain, tecnologia autónoma, robótica, inteligência artificial, Internet das coisas, tecnologia wireless e energia renovável.

Segundo um rascunho da legislação proposta, as Zonas de Inovação permitiriam que empresas de tecnologia formassem governos locais separados do Nevada, que teriam a mesma autoridade de um condado, incluindo a capacidade de cobrar impostos, formar distritos escolares e tribunais de justiça e fornecer serviços governamentais.

Dentro das Zonas de Inovação, as empresas assumiriam as responsabilidades dos municípios onde as zonas estão localizadas. Tornar-se-iam órgãos governamentais independentes administrados por um conselho de supervisores de três membros, que poderiam ser indicados pela empresa.

A legislação estabelece que as Zonas de Inovação propostas deveriam ter pelo menos 20.234 hectares de terras não desenvolvidas e desabitadas e que as terras deveriam estar dentro de um único condado. O terreno também deve ser separado de qualquer cidade, município ou área tributária atual.

A empresa de tecnologia precisaria de demonstrar um investimento inicial de 250 milhões de dólares, além de fornecer um plano com um investimento adicional de mil milhões num período de 10 anos.

A empresa seria obrigada a relatar o seu progresso legislativo a cada dois anos, descrevendo os seus investimentos de capital, desenvolvimento de infraestruturas, o número de pessoas empregadas e uma estimativa do impacto económico da zona.

O texto preliminar da proposta refere que o modelo tradicional de governo local é “inadequado por si só para fornecer a flexibilidade e os recursos conducentes a tornar o Estado um líder na atração e retenção de novas formas e tipos de negócios e na promoção do desenvolvimento económico em tecnologias emergentes e indústrias inovadoras”.

Além disso, acrescenta a proposta, esta “forma alternativa de governo local” é necessária para auxiliar o desenvolvimento económico dentro do estado.

Quem quer viver na “cidade da Tesla”?

O portal Interesting Engineering refere que o Nevada já atraiu com sucesso a Tesla para o estado, tendo a gigante tecnológica de Elon Musk lá construído a sua Gigafactory.

No início de 2016, a Tesla começou a produção dos seus motores elétricos Tesla Model 3 e baterias e produtos de armazenamento de energia Tesla nas instalações de Nevada.

Segundo o Electrek, a Tesla concluiu uma segunda instalação ao lado da sua original que pode, de acordo com uma fonte, ser usada para produzir o semicião totalmente elétrico da Tesla, o Tesla Semi.

Assim, o Interesting Engineering sugere que uma “cidade da Tesla” poderia ser possivelmente uma das cidades instaladas graças a este projeto de lei, se o mesmo for aprovado pelo estado do Nevada.

As cidades corporativas da América

A América tem uma longa história de cidades corporativas, locais onde todas as residências e lojas pertencem a uma única empresa que também é a principal empregadora.

Como as Zonas de Inovação propostas em Nevada, as cidades empresariais eram geralmente organizadas em torno de uma única indústria, como minas de carvão ou metal, madeira serrada ou produção de aço.

Pullman, por exemplo, foi desenvolvida durante a década de 1880 nos arredores de Chicago para abrigar os seis mil trabalhadores que construíam vagões ferroviários, vagões de carga, carrinhos e vagões de comboio elevados, juntamente com os seus dependentes.

Em 1893, quando a demanda por vagões caiu, George Pullman baixou os salários dos funcionários e aumentou as horas de trabalho, mas não reduziu o custo do aluguer ou das mercadorias na cidade. Isso levou à Greve Pullman de 1894, que encerrou o tráfego ferroviário a oeste de Chicago.

Para reprimir a greve, o presidente Grover Cleveland enviou tropas e, em 7 de julho de 1894, guardas nacionais dispararam contra um grupo de grevistas, matando 34 pessoas.  Isto levou a uma investigação por uma comissão presidencial e o Supremo Tribunal de Illinois forçou George Pullman a desfazer-se da sua propriedade da cidade, que foi anexada pela cidade de Chicago.

Uma visão mais filantrópica da cidade-empresa foi oferecida por Milton Hershey, fundador da Hershey Chocolates. Em 1903, fundou a cidade agora conhecida como Hershey, na Pensilvânia.

Hershey abriu uma nova fábrica no local e fundou uma cidade modelo para abrigar os trabalhadores da sua empresa. A cidade incluía um sistema de carrinhos público; casas para trabalhadores com comodidades modernas, como eletricidade, canalização interna e aquecimento central; escola gratuita para os filhos dos funcionários; uma escola vocacional gratuita para órfãos e carentes; e um parque de diversões, campos de golfe, centro comunitário, hotel, jardim zoológico e área de desporto.

A ideia por trás da cidade era criar “uma cidade americana perfeita num cenário natural bucólico, onde trabalhadores saudáveis, de vida correta e bem pagos viviam em lares seguros e felizes”.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas estudam a presença de água líquida em exoluas de planetas "fugitivos"

Astrofísicos calcularam que tais sistemas poderiam abrigar água suficiente para tornar a vida possível - e sustentá-la. A água - no estado líquido - é o elixir da vida. Tornou a vida possível na Terra e …

Portugal tem o segundo melhor ataque do Euro. E a terceira pior defesa

Fechada a segunda jornada da fase de Grupos do Euro 2020, a seleção nacional tem o segundo melhor ataque da prova, com 5 golos marcados, atrás apenas da Itália. Mas tem também a terceira pior …

Espanha 1-1 Itália | Hino ao desperdício trama La Roja

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, empatou hoje a um golo com a Espanha, em Sevilha, em encontro da segunda jornada do Grupo E do Euro2020, mantendo-se ambas sem vitórias. A formação espanhola, que …

Já pode ajudar a NASA a batizar o manequim que vai até à Lua

A agência espacial norte-americana está a pedir ajuda para batizar o "Moonikin", o manequim que vai a bordo da nave Orion, durante a missão lunar Artemis I, ainda este ano. Quando a nave espacial Orion, da …

Portugal em Europeus: as últimas três derrotas foram (todas) contra a Alemanha

Em 90 minutos, Portugal não era derrotado numa fase final de um Europeu desde a estreia no Europeu 2012. Recorde as seleções que bateram Portugal, até agora. "Já não posso ver os franceses à frente". Esta …

Spotify lança Greenroom (e abre concorrência ao Clubhouse)

O Spotify lançou na quarta-feira, dia 16 de junho, uma app de conversas por áudio em direto chamada Greenroom, uma resposta do gigante sueco de streaming de música à popular plataforma Clubhouse. O Greenroom permite que …

"Médicos de árvores" em Singapura ajudam a preservar os seus pacientes gigantes

Arboristas como Eric Ong são responsáveis pelo bem-estar das milhares de árvores em Singapura. O seu trabalho é essencial para a preservação da natureza. A Singapura é uma cidade-estado insular situada ao sul da Malásia, com …

Novo primeiro-ministro de Israel dá 14 dias a Netanyahu para deixar residência oficial

O novo primeiro-ministro de Israel, Naftali Benet, deu duas semanas ao antecessor Benjamin Netanyahu para abandonar a residência oficial do chefe de Governo, em Jerusalém, segundo adianta hoje a imprensa local. Benet terá enviado na sexta-feira …

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …