Vitória histórica da extrema-direita nas eleições regionais francesas

Neno / Flickr

Marine Le Pen num comício da Frente Nacional

Marine Le Pen num comício da Frente Nacional

A Frente Nacional (FN), partido francês de extrema-direita, venceu em pelo menos seis regiões em 13 na primeira volta das eleições regionais, com um resultado nacional recorde entre 27,2% e 30,8%, segundo as primeiras projeções.

A FN ultrapassa a oposição de direita e o Partido Socialista (PSF), do Presidente François Hollande, em três regiões decisivas a norte (Nord-Pas-de-Calais-Picardie), onde se apresenta a sua presidente Marine Le Pen, no sudeste (Provence-Alpes-Côte d’Azur), onde a campanha foi conduzida pela sua sobrinha Marion Maréchal-Le Pen, e no leste (Alsácia-Champagne-Ardenas-Lorena), com o mentor da estratégia do partido, Florian Philippot.

Marine Le Pen obteve na sua região entre 40,3% e 43% de votos, à frente da oposição de direita (24 a 25%) e dos socialistas (entre 18 e 18,4%), segundo as estimativas.

A sua sobrinha Marion conseguiu um resultado ainda mais favorável, entre de 41,2% a 42,9% dos votos, com larga vantagem face à direita (24 a 26%) e ao PSF (entre 15,8% e 18,1%).

A taxa de participação rondou hoje 50% do total de 44,6 milhões de eleitores, uma forte subida face ao escrutínio regional de 2010, assinalado por forte abstenção. A segunda volta está prevista para 13 de dezembro.

No plano nacional “parece que somos o primeiro partido de França, muito à frente da aliança Os Republicanos”, felicitou-se o vice-presidente da FN, Florian Philippot, citado pela agência noticiosa AFP.

O PSF, partido socialista no poder, dirigia até ao momento a quase totalidade das regiões. Na segunda volta, prevê-se que apenas consiga manter três ou quatro regiões.

O porta-voz do Governo francês, Stéphane Le Foll, considerou que a soma dos votos da esquerda é maioritária em França, apesar de o PSF se situar como terceira força política na sequência das eleições regionais.

“O total da esquerda, a que se diz estar em dificuldades, deve ultrapassar os 36%, o que a torna no primeiro partido de França”, declarou Foll ao canal televisivo TF1, a partir da soma dos votos obtidos pelos Verdes e pela Frente de Esquerda com os resultados obtidos pelos socialistas.

O ex-Presidente francês Nicolas Sarkozy, por sua vez, afirmou que os conservadores “nem se vão retirar nem se vão fundir” com as listas de esquerda para impedir o triunfo da Frente Nacional na segunda volta das eleições regionais.

O líder conservador sublinhou que vai pedir aos responsáveis políticos da aliança Os Republicanos, em coligação com os centristas, que “recusem qualquer fusão e qualquer retirada das listas” em benefício de outra com mais possibilidades.

“Temos que ouvir e compreender a exasperação dos franceses” e “também os que elegeram a Frente Nacional”, porque não fazê-lo seria “irresponsável”, afirmou Sarkozy depois de se conhecerem as primeiras projeções dos resultados da primeira volta das eleições.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Era de esperar. Estes chulos imcompetentes e corruptos que lideram estas ”Democracias” europeias são os responsáveis por todos estes radicalismos de direita e de esquerda que a curto passo vão tomar conta da Europa. Estamos tramados e ou corremos com esta cambada de parasitas dos países e de Bruxelas ou não se queixem….

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …