Vitamina B3 pode ser a chave para impedir abortos e má-formação de fetos

Chhor Sokunthea / World Bank

De acordo com um estudo realizado por cientistas australianos, um simples suplemento vitamínico pode ser a solução para prevenir abortos espontâneos e defeitos congénitos.

Os investigadores identificaram uma deficiência numa molécula de desenvolvimento chamada NAD que pode impedir que os órgãos de um bebé se formem corretamente no útero – mas o déficit pode ser corrigido por mulheres grávidas que tomam a vitamina B3.

É a primeira vez que a NAD (dinucleótido de nicotinamida e adenina) é associada a anormalidades congénitas, identificando uma causa de defeitos congénitos anteriormente desconhecida – juntamente com o suplemento que pode tratar o problema.

“As ramificações provavelmente serão enormes”, diz a geneticista de desenvolvimento Sally Dunwoodie, do Victor Chang Institute, na Austrália. ”Isto tem o potencial de reduzir significativamente o número de abortos espontâneos e defeitos congénitos em todo o mundo”, destaca a cientista.

A equipa começou a pesquisa em 2005, quando se depararam com o caso de um bebé com grandes defeitos no coração, espinha dorsal e costelas. Uma análise genómica revelou que tanto a mãe como o pai tinham uma mutação num gene envolvido na produção de NAD – uma molécula vital que contribui para a produção de energia, reparação do ADN e comunicação celular.

Vários anos depois, os investigadores encontraram uma mutação similar que afeta a produção de NAD na família de outro bebé nascido com problemas congénitos. “Esse foi o nosso momento Eureka”, conta Dunwoodie.

No total, a equipa examinou dados genéticos de 14 famílias cujos filhos apresentavam defeitos de nascimento congénitos e percebeu que as mutações de NAD estavam presentes em quatro delas.

Teste em cobaias

Para testar possíveis mecanismos de tratamento, a equipa criou cobaias com a mesma deficiência, usando a técnica de edição de genes CRISPR-Cas9.

Quando os cobaias fêmeas com a mutação deram à luz, muitas das crias morreram ou nasceram com defeitos significativos, mas as contrapartes alimentadas com dietas que incluíam suplementos B3 deram à luz crias mais saudáveis.

As dietas com pequenas quantidades desta vitamina produziram camundongos com menos anormalidades e a alimentação rica no suplemento promoveu uma ninhada saudável.

Até agora, os resultados só foram identificados em animais, no entanto, é um começo muito promissor, com potencial para produzir resultados que podem mudar a vida de milhares de famílias.

“Provavelmente, é a descoberta mais importante para grávidas desde o ácido fólico”, compara Dunwoodie, numa referência à investigação histórica que mostrou que esta vitamina pode reduzir a incidência de espinha bífida e outros defeitos do tubo neural dos fetos.

A vitamina B3, também conhecida como niacina, geralmente é encontrada em carnes e vegetais verdes. Porém, como a investigação ainda é muito recente, os cientistas não podem recomendar qualquer tipo de dosagem específica.

“Para já, o conselho é tomar um multivitamínico padrão, mas todos somos diferentes e isso não impedirá que todas as mulheres tenham bebés com defeitos congénitos”, alerta a investigadora.

O próximo passo será o desenvolvimento de um teste de diagnóstico, semelhante a um teste de gravidez, com amostra de urina ou de sangue, o que poderia facilmente mostrar quais as mulheres que têm baixos níveis de NAD.

1 COMENTÁRIO

  1. NAD+ é uma descoberta recente sim, é conhecida como a molécula da juventude. Tem efeitos muito positivos no corpo humano,toda a gente devia tomar esse suplemento.

RESPONDER

Os famosos autocarros de Londres agora são movidos a café

É a primeira vez que um biocombustível derivado do café é usado nos transportes públicos de Londres. A partir desta segunda-feira, parte do combustível usado nos double deckers londrinos vai ser feito a partir de …

Tribunal confirma incapacidade de centenário que se casou com empregada em Bragança

O centenário milionário de Bragança que se casou com uma empregada em maio, dois meses antes de morrer, estava incapaz de tomar decisões, indica uma sentença judicial datada desta segunda-feira, a que a Lusa teve …

Alemanha proíbe smartwatches que espiam crianças

O órgão regulador das telecomunicações alemãs anunciou, este fim de semana, a proibição da utilização de smartwatches a todas as crianças. Aos pais, o Bundesnetzagentur pediu que destruíssem estes equipamentos. A decisão foi tomada pelo órgão …

Ministério Público pede 3 anos e 4 meses de pena suspensa para Carrilho

O Ministério Público pediu, esta segunda-feira, três anos e quatro meses de prisão, com pena suspensa, para Manuel Maria Carrilho pelo crime de violência doméstica contra a ex-mulher Bárbara Guimarães. Foram mais de três horas de …

El Mundo aponta Centeno como favorito à presidência do Eurogrupo

Faltam duas semanas para serem tornados públicos os nomes dos candidatos à presidência do Eurogrupo que vão suceder a Dijsselbloem. O espanhol El Mundo já tem um favorito e é português: Mário Centeno. "Mário Centeno, o …

João Lourenço exonera comandante da polícia e chefe da secreta militar

O Presidente angolano exonerou hoje o comandante-geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, e o chefe da secreta militar, general António José Maria, nomeando respetivamente, para os mesmos lugares, o comissário-geral Alfredo Mingas e o …

Porto perde a Agência Europeia do Medicamento para Amesterdão

A cidade do Porto foi eliminada, esta segunda-feira, na votação no Conselho da União Europeia para escolher a futura sede da Agência Europeia do Medicamento (EMA), que vai abandonar o Reino Unido devido ao Brexit. À …

NASA mostra como o furacão Ofélia influenciou os incêndios em Portugal

A agência espacial norte-americana NASA divulgou um vídeo que ilustra o impacto dos furacões que atingiram o Oceano Atlântico, nos últimos meses, mostrando em particular como o Ofélia teve influência nos grandes incêndios que abalaram …

Cesarianas e tempos de espera nas urgências vão condicionar financiamento

Os hospitais com taxas de cesariana superiores a 29,5% ou 31,5%, consoante o grau de diferenciação, não vão receber do Estado o pagamento pelos respetivos episódios de internamento, no âmbito do programa para a redução …

Empresas públicas escondem das Finanças os salários dos gestores

Cerca de metade das empresas públicas não comunicaram dados sobre os salários dos membros do conselho de Administração ao Ministério das Finanças, como está estipulado na Lei. O Correio da Manhã apurou que, em 2016, 118 …