Vistos Gold representam um “sério risco de segurança” para a União Europeia

Hubert Burda Media / Flickr

Vera Jourova, comissária europeia da Justiça, Consumidores e Igualdade de Género

A comissária europeia da Justiça, Vera Jourova, criticou esta terça-feira os Estados-membros que têm a prática de atribuir ‘vistos gold’ a cidadãos extracomunitários ricos, instando-os a assegurar que a cidadania europeia não é concedida a criminosos.

Numa entrevista ao diário alemão Die Welt, a comissária da Justiça, Consumidores e Igualdade de Género defendeu que conceder a cidadania através dos ‘vistos gold’ pode constituir “um sério risco de segurança”, uma vez que permite a livre circulação dentro dos 28 Estados-membros.

Alguns países devem fazer mais para garantir que a cidadania não é outorgada a criminosos que querem colocar em causa a segurança europeia ou envolver-se em esquemas de lavagem de dinheiro”, alertou, sem especificar os Estados em causa.

Jourova informou que a Comissão Europeia vai avaliar as práticas de atribuição de ‘vistos gold’ de cada Estado-Membro, sendo expectável que um relatório sobre o tema seja apresentado no outono. Bruxelas apresentará então diretrizes mais severas de modo a assegurar que os candidatos à cidadania não prejudicam o bloco comunitário.

Em 5 de março, a Transparência Internacional revelou que Portugal é um dos países da União Europeia em que a atribuição de ‘vistos gold’ regista falta de rigor.

Na apresentação de uma investigação conjunta com o Organized Crime and Corruption Reporting Project (OCCRP), em Bruxelas, o diretor estratégico da Transparência Internacional, Casey Kelso, apontou Portugal e Hungria como exemplos de países comunitários que não têm sido “suficientemente rigorosos” no cumprimento das diligências instituídas para a atribuição de ‘vistos gold’.

“Em Portugal, não há diligências suficientes para verificar a proveniência da riqueza dos aplicantes”, sublinhou, indicando que basta a apresentação de um registo criminal.

No caso português, a investigação destaca a aquisição de ‘vistos gold’ por parte de membros da “classe dirigente” de Angola, através da compra de propriedades em território nacional.

Segundo dados publicados pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, entre 8 de outubro de 2012, data de lançamento do programa, e 31 de janeiro de 2018, os ‘vistos gold’ representaram um investimento de 3,5 mil milhões de euros, dos quais 3,1 mil milhões resultantes do setor imobiliário.

// Luas

PARTILHAR

RESPONDER

Supertaça. Sporting e Sp. Braga defrontam-se 39 anos depois (e adeptos regressam aos estádios)

Sporting e Sp. Braga lutam este sábado pelo primeiro título da época (e os adeptos já vão estar na bancada). O encontro da 43.ª edição da supertaça Cândido de Oliveira está marcado para este sábado, …

Vacinação de crianças divide peritos. Mas sem a inoculação dos mais novos a imunidade pode não chegar

Na sexta-feira, a Direção-Geral de Saúde anunciou que recomenda que a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. No entanto, o tema está a gerar controvérsia e divide opiniões …

Governo com margem política para abdicar de 15% do Novo Banco

Em 2022, o Governo tem margem política para abdicar do direito de entrar como acionista no Novo Banco (NB), inicial­mente com uma participação de mais de 2%, mas que pode subir a 15%. Para já, nem …

Tóquio2020. Biles renuncia também às finais de salto e barras assimétricas

A ginasta norte-americana Simone Biles, que renunciou à final do concurso geral individual dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, também não vai participar das finais de domingo de salto e barras assimétricas, informou esta sexta-feira a Federação …

Governo não pediu parecer à CNPD sobre as "bodycams" em polícias. Método vai "aumentar a transparência"

A proposta da nova lei da videovigilância, que vai permitir que os polícias passem a usar câmaras nos uniformes, já foi aprovada em Conselho de Ministros, mas ainda não chegou ao Parlamento. Também não foi …

Marcelo reuniu com Lula, mas não revela o teor da conversa. Presidente diz que visita é apenas de cariz cultural

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse sexta-feira à chegada a São Paulo que a cultura tem um "papel fundamental" na convergência entre Portugal e o Brasil, rejeitando que a agenda alargada de …

PSP abre processos disciplinares por uso indevido de farda em manifestação

A PSP abriu processos disciplinares, por uso indevido e incorreto do uniforme, a agentes que participaram em 21 de junho, em Lisboa, numa manifestação organizada pelo Movimento Zero, confirmou esta sexta-feira à Lusa o porta-voz, …

Por onde passou o caminho bíblico da Judeia a Edom? Cientistas encontram respostas

Por onde passava o caminho bíblico que ligava o reino de Judeia à nação vizinha de Edom? Um novo estudo dá novas pistas sobre o possível percurso da estrada. Os investigadores israelitas sugerem que havia, pelo …

PCP diz que acusação a grupos hospitalares privados por acordo anticoncorrencial evidencia "cartelização"

O PCP considerou esta sexta-feira que a acusação da Autoridade da Concorrência a cinco grupos hospitalares privados por acordo anticoncorrencial, confirma a “prática parasitária e de cartelização” destes grupos, que fazem “da doença um negócio”. O …

Ensino Superior. Vagas voltam a aumentar com Porto, Lisboa e Aveiro na frente

O concurso nacional de acesso ao ensino superior volta a registar um aumento do número de vagas, segundo dados divulgados este sábado, que mostram Lisboa, Porto e Aveiro com o maior crescimento. Depois de, no ano …