Virgin Galactic chegou ao espaço com humanos a bordo e fez história. Vem aí o turismo espacial

A Virgin Galactic, a empresa de Richard Branson, conseguiu lançar uma nave até ao limiar do espaço, com dois pilotos a bordo. Um voo de teste que fez história e que abre caminho ao turismo espacial e a uma nova era na conquista do espaço.

A nave da Virgin Galactic, designada SpaceShipTwo, conseguiu alcançar o espaço sub-orbital (não chegando a entrar em órbita), atingindo uma altitude de 82,7 quilómetros, com dois pilotos no cockpit – Mark “Forger” Stucky e C.J. Sturckow.

Foi “o primeiro voo espacial humano a ser lançado de solo americano desde a missão final do Space Shuttle em 2011″ e “a primeira vez que um veículo pilotado construído para serviço comercial de passageiros alcançou o espaço”, anunciou a Virgin Galactic num comunicado.

A nave atingiu a altitude que a Administração Federal de Aviação dos EUA define como o limiar do espaço, mas o conceito não é unânime. Há quem demarque essa fronteira, chamada de linha de Karman, numa altitude de 100 quilómetros – nesta semântica, a nave de Branson terá ficado a 17 km da entrada no espaço, como nota o astrofísico Jonathan McDowell, da Universidade de Harvard, no LiveScience.

Contudo, o astrofísico refere que a marca dos 100 só existe por ser um número redondo, porque “não há justificação física” para a sua definição como linha de Karman. McDowell defende que é preciso rever aquela marca, constatando nas suas investigações, que tanto as publicações tradicionais como “as análises empíricas” e “teóricas” convergem todas no sentido de que “80 é um número melhor do que 100”.

Independentemente deste pormenor técnico, o teste de voo bem sucedido da SpaceShipTwo é encarado como um marco decisivo para a Virgin Galactic que assume a dianteira na corrida espacial para fins comerciais. A empresa fundada por Richard Branson está agora mais perto do objectivo de levar turistas a voar pelo espaço.

Não admira assim que o momento tenha sido celebrado com muito entusiasmo pela Virgin Galactic, nomeadamente com uma publicação no Twitter que destaca “SpaceShipTwo, benvinda ao espaço”.

“Hoje mostramos que a Virgin Galactic pode mesmo abrir o espaço para mudar o mundo de vez”, aponta Richard Branson no comunicado da empresa.

O multimilionário foi um dos muitos entusiastas que assistiu ao teste de voo no deserto de Mojave, na Califórnia. “Foram 14 longos anos até chegar aqui“, disse aos jornalistas um Branson emocionado.

“Tivemos lágrimas, lágrimas reais, e momentos de alegria”, acrescentou, reconhecendo que “as lágrimas de hoje são lágrimas de alegria” e “talvez também, sejam lágrimas de alívio”. “Quando se está no programa de testes de voo de uma companhia espacial, nunca se pode ter completamente 100 por cento de certeza”, constata Branson.

Na memória do empreendedor está certamente ainda o acidente de 2014, durante um outro teste de voo que terminou com a nave a partir-se ao meio, matando o piloto Michael Alsbury.

“Uma conquista extraordinária”

O sucesso deste novo teste é “uma conquista extraordinária”, como atesta o CEO da Virgin Galactic, George Whitesides, frisando que é a prova de que os voos espaciais comerciais vão ser “uma das indústrias definidoras do Século XXI”, com potencial para “transformar os negócios e as vidas pessoais de formas que são ainda difíceis de imaginar”.

Certo é que a Virgin Galactic se coloca na frente de empresas como a SpaceX de Elon Musk e a Blue Origin de Jeffrey Bezos. A empresa de Bezos espera fazer os primeiros testes de voo com humanos em 2019, enquanto que a companhia de Musk pretende começar a levar astronautas da NASA até à Estação Espacial Internacional também no próximo ano.

A entrada em força de empresas privadas na corrida espacial, que tem sido até agora monopolizada por Governos de países como EUA, Rússia e China, pode assinalar uma viragem decisiva nos avanços nesta área. Até porque são movidas por jovens multimilionários cheios de entusiasmo e de dinheiro.

Branson investiu quase mil milhões de dólares da sua fortuna pessoal no projecto espacial da Virgin Galactic que já está a vender bilhetes para as futuras viagens turísticas no espaço.

Entretanto, vai também construir mais naves e planeia edificar vários aeroportos espaciais pelo mundo, para permitir que milhares de pessoas possam viver a experiência. Branson já disse que quer seguir a bordo do primeiro voo espacial comercial.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vai ser possível ver auroras boreais a partir de um balão de ar quente

A agência Off The Map Travel vai lançar em dezembro de 2020 o primeiro balão de ar quente. O objetivo é levá-lo a ver auroras boreais do céu. As auroras boreais são já um verdadeiro espetáculo …

Nova tecnologia militar aquece as mãos em temperaturas negativas sem luvas

Cientistas do exército norte-americano criaram uma tecnologia capaz de aquecer as mãos dos soldados em baixas temperaturas sem serem necessárias luvas. Se completar uma tarefa do dia-a-dia com luvas pode revelar-se complicado, imagine-se tentar recarregar uma …

Os animais começaram a fazer sons para poderem conversar no escuro

O reino animal está cheio de diferentes vocalizações. A produção sonora apareceu há entre 100 milhões e 200 milhões de anos e a sua origem está fortemente ligada à vida no escuro. Os vertebrados são animais …

O novo líder do CDS reclama uma nova direita (e quer um partido "sexy")

Francisco Rodrigues dos Santos sagrou-se este domingo o 10º presidente do CDS, reclamando no seu discurso de vitória a herança de todos os seus antecessores, desde o fundador, Freitas do Amaral, a Assunção Cristas. O tom …

Paços 0 - 2 Benfica | “Águia” não vacila e passa pressão

O Benfica foi a Paços de Ferreira vencer por 2-0, colocando pressão sobre o FC Porto, segundo classificado, que na próxima terça-feira recebe o Gil Vicente. A formação “encarnada” foi superior na maioria dos principais momentos …

Governo reabre processo para corrigir mapa das freguesias

O Governo reabriu o processo para a correção ao mapa de freguesias, num compromisso com as associações de municípios e de freguesias, anunciou o secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho. “Iremos retomar …

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …