Violação e assassinato brutal de adolescente gera revolta na Argentina

(dr)

Lucía Pérez, a jovem de 16 anos brutalmente assassinada na Argentina

Cerca de 300 organizações feministas e sindicais argentinas estão a convocar uma greve de uma hora esta quarta-feira contra os feminicídios, depois do assassinato brutal da adolescente Lucía Pérez, de apenas 16 anos, que foi violada e empalada.

As mulheres de todo o país deverão sair às ruas entre as 13h e as 14h (17h a 18h em Lisboa) vestidas de negro, aderindo à convocação feita através das hashtags #NosotrasParamos (“nós paramos”) e #MiercolesNegro (“quarta-feira negra”).

Inspiradas pelas experiências de paralisação das mulheres na Polónia e na Islândia, as argentinas reivindicam: “Si mi vida no vale produzcan sin mi” (“se a minha vida não vale, produzam sem mim”).

O movimento #NiUnaMenos (“nem uma menos”), que levou mulheres argentinas às ruas a 3 de junho de 2015 contra os feminicídios no país, “convoca as mulheres a se vestirem de negro e a saírem às ruas para dar visibilidade à violência e ao ajuste económico que atinge com mais força as mulheres”.

As mulheres querem chamar a atenção da sociedade em geral para os feminicídios brutais cometidos recentemente e para os efeitos na vida das mulheres do ajuste fiscal promovido pelo governo Macri, a partir das articulações feitas no Encontro Nacional de Mulheres, realizado em Rosario entre 8 e 11 de outubro.

“Com a raiva pelo feminicídio de Lucía em Mar del Plata, pelo ódio de uma mãe que mata sua filha lésbica, pelas adolescentes esfaqueadas em La Boca e com a repressão sofrida no Encontro Nacional de Mulheres em Rosário, chamamos a sair de nossos lugares de trabalho e das nossas casas na próxima quarta-feira, às 13h, para visibilizar os feminicídios e a precarização da vida das mulheres”, convocou Florencia Minici, do #NiUnaMenos.

O jornal El País relata que, desde o assassinato de Lucía Pérez, pelo menos outras três mulheres foram assassinadas na Argentina. O Supremo Tribunal de Justiça da Argentina registou 235 feminicídios em 2015, ou seja, uma média de um crime a cada 36 horas.

De acordo com a organização brasileira Universidade Livre Feminista, feministas chilenas e mexicanas também farão uma série de ações em solidariedade.

Assassinato brutal

O homicídio de Lucía Pérez, de apenas 16 anos, está a chocar a Argentina. A jovem estudante foi levada por um grupo de traficantes depois das aulas e morreu depois de ter sido drogada, violada e empalada com uma estaca de madeira.

O assassinato aconteceu na noite de 8 de outubro, em Mar del Plata, uma cidade de 600 mil habitantes situada 400 quilómetros a sul de Buenos Aires.

As autoridades acreditam que Lucía foi obrigada a consumir grandes quantidades de cocaína e canábis, sendo depois violada. A jovem sofreu ferimentos internos bastante graves acabando por não resistir à violência de que foi alvo pelo grupo de traficantes.

Lucía foi deixada já morta à porta de um hospital local, depois de os raptores lhe terem dado um banho para tentar esconder as lesões. Os médicos foram informados que a jovem tinha morrido de overdose, mas as análises ao corpo revelaram os horrores a que tinha sido submetida.

Nunca vi uma conjunção de factos tão aberrantes“, afirmou a procuradora María Isabel Sánchez ao falar à imprensa sobre o crime, citada pelo El País.

“Esta rapariga foi empalada e foi essa a causa da sua morte. Foi sujeita a abusos sexuais brutais e desumanos“, referiu a responsável pelo caso.

Foram encontrados preservativos usados, várias drogas, brinquedos sexuais, armas e munições na carrinha em que Lucía Pérez foi transportada. Matías Gabriel Farías, de 23 anos, e Juan Pablo Offidani, de 41, foram detidos e são até agora os principais suspeitos do crime, acusados de abuso sexual seguido de morte.

Esta terça-feira, a polícia deteve um terceiro suspeito, Alejandro Alberto Masiel, acusado de tentar encobrir o homicídio.

O pai da jovem apela para que os membros do gang sejam condenados a prisão perpétua.

“Não queremos 10 ou 15 anos para depois saírem da prisão e fazerem o mesmo. A minha filha foi drogada, violada e empalada. Que animal é capaz de fazer uma coisa destas?“, questiona Guillermo Perez.

AF, ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Sinceramente, que falta fazem ao mundo animais que fazem isto?
    Esta cambada devia levar naquele focinho forte e feio até ficarem desfigurados, depois, era empalá-los mas, pelo ku acima. Não sou apologista de violências mas com vermes destes não pode ser de outra forma. Coitadinha da moça e daqueles pais…. Deus os ajude.

  2. Pois não sei bem que dizer. Por norma sempre fui contra a pena de morte mas, perante monstros destes, fico a duvidar se não seria a medida certa após muitos anos na cadeia de segurança máxima. duvido que estas criaturas possam mesmo ser qualificadas de ser humanos!

  3. Que dizer acerca desta notícia? O machismo continua a imperar, tanto em homens quanto em mulheres (cúmplices). Veja-se aquela mãe que matou a filha por ser lésbica?? Que mulher é esta? Que mundo este. As mulheres, sobretudo as mais frágeis economicamente, ficam sujeitas a tanto tipo de violência..que tristeza sinto por ser mulher num mundo supostamente evoluído em que continuamos a ser vítimas tanto de homens quanto de outras mulheres…

  4. Complicado isso,
    Homens incapases de dar amor a qualquer ser vivo, e o interessante e que todas as mulhere mortas e violadas sao muito bonitas, estranho isso, cha a mulher de linda ao inves de agredi trate bem seja cavalheiro, quem sabe a mulher nao os trate como cavalheiros, nao consigo entender o porque disso parece ate que os humanos vao se destruir.

RESPONDER

Com um surto grave e hospitais em colapso, a Índia tem um novo problema: um fungo raro e mortal

Um raro fungo que invade o cérebro está a ser cada vez mais visto em pacientes vulneráveis na Índia, incluindo aqueles com covid-19. Este domingo, o ministério da saúde indiano divulgou um comunicado sobre como tratar …

Matos Fernandes reconhece que venda de barragens “é incomum” (e anuncia 30 milhões para casas eficientes)

O ministro do Ambiente e Ação Climática reconheceu que a transmissão de concessões de barragens no Douro “não é comum”, mas considerou que não prejudicarão os territórios que abrangem. Falando numa audição na Comissão Parlamentar de …

Quanto mais longo o bocejo, maior é o cérebro

De acordo com um estudo que analisou mais de cem espécies de mamíferos e pássaros, os vertebrados com cérebros maiores bocejam durante mais tempo. Bocejamos cerca de 5 a 10 vezes por dia e, de acordo …

Dona do Novo Banco não tem funcionários (e o presidente ajudou a vender o Banco ao actual "patrão")

O presidente da dona do Novo Banco, a Nani Holdings que é associada do fundo Lone Star, em Portugal, que detém 75% da instituição financeira, foi assessor do Fundo de Resolução na venda do Novo …

Jogador da NBA queimou um mandado de captura

Autoridades da Turquia não gostaram da análise ao presidente Recep Erdoğan. Enes Kanter foi avisado mas não quis saber. O basquetebolista turco Enes Kanter, que até nasceu na Suíça, volta a ser "alvo" das autoridades da …

No vazio do Espaço, a Voyager 1 detetou um "zumbido" de plasma

A Voyager 1 - uma de duas naves espaciais irmãs da NASA que foi lançada há 44 anos e agora é o objeto de fabricação humana mais distante no espaço - ainda funciona e aproxima-se …

Pela primeira vez, físicos mediram a "pele" de um átomo

Cientistas mediram, pela primeira vez, a "pele" de um átomo. A descoberta pode ser útil para perceber a dimensão de uma estrela de neutrões. Pela primeira vez, uma equipa de físicos mediu a "pele" de um …

Sporting 1-0 Boavista | “Leão” bate “Pantera” e é campeão!

O Sporting é campeão nacional. Dezanove anos depois e à boleia de um golo de Paulinho, os leões conquistaram o seu 19.º campeonato. O Sporting é o campeão nacional época 2020/21. A formação de Alvalade conquistou …

Nave da NASA começou a viagem de regresso à Terra (e vem com a barriga cheia de amostras do asteróide Bennu)

Osiris-Rex, a nave espacial da NASA que tem voado em redor do asteróide Bennu desde 2018, iniciou a sua viagem de regresso à Terra (e vem carregada de amostras espaciais). A nave espacial da NASA coletou …

Negacionistas ponderam vir a usar máscara (para se protegerem dos vacinados)

Uma nova teoria da conspiração argumenta que os vacinados vão "verter" certas proteínas prejudiciais para os não vacinados. A solução passa por usarem máscara e cumprirem o distanciamento social. Embora o uso de equipamento de proteção …