Vídeo raro mostra últimos índios isolados da Amazónia para evitar um genocídio

Imagens da tribo isolada Awá, que não mantém contacto com o exterior e que está ameaçada pelo avanço dos madeireiros, na Amazónia, foram divulgadas pela organização não-governamental (ONG) Survival International como uma forma de alerta para o perigo da sua extinção.

O vídeo foi gravado em 2018, na floresta da Amazónia, no Estado brasileiro do Maranhão, por membros de outra tribo, os Guajajara, que vivem numa zona próxima àquela que é ocupada pelos Awá.

A organização não-governamental (ONG) Survival International teve acesso às imagens e resolveu divulgá-las como forma de alerta para o risco de extinção dos Awá, face à ameaça dos madeireiros.

Com pouco mais de um minuto, o vídeo mostra um jovem indígena Awá com colares no pescoço, numa área densa da floresta amazónica. Em 2012, esta tribo foi considerada a mais ameaçada pela Survival International.

“Nós filmámos sem pedir permissão porque sabemos como é importante mostrá-los em fotografias, porque se o mundo não os vê, eles [Awá] serão assassinados pelos madeireiros”, explica Erisvan Guajajara que filmou a tribo.

Os Guajajara, que somam cerca de 14 mil indígenas, formaram um grupo chamado “Guardiões da Floresta” que tem por missão a defesa dos territórios e reservas indígenas ameaçados pela extracção ilegal de madeira e pela expansão agrícola.

O grupo transmite dados de GPS de áreas onde os troncos das árvores são cortados e ajuda os bombeiros durante incêndios florestais.

“Nós, guardiões, estamos a defender os direitos dos nossos povos, a defender os índios isolados e a defender a natureza para todos nós. Três dos nossos guardiões foram assassinados. Precisamos que a Terra seja protegida para sempre”, sublinha Erisvan.

O director da Survival International, Stephen Corry, acrescenta que “os madeireiros já mataram muitos dos seus parentes [da tribo Awá] e forçaram outros a sair da floresta”. “Apenas um clamor global está entre eles e o genocídio“, assegura.

A Constituição brasileira estabelece que os povos indígenas têm o direito a viver em terras reservadas para eles, onde qualquer exploração mineral ou agrícola não tradicional é proibida.

No entanto, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que chegou ao poder com o apoio do agronegócio e das empresas mineiras, já disse que não vai demarcar reservas indígenas e pode reverter a protecção de algumas áreas por acreditar que os povos tradicionais do país devem ser integrados na sociedade moderna.

Na última sexta-feira, durante uma reunião com jornalistas estrangeiros, Bolsonaro acusou os países e ONGs que apoiam a preservação da floresta amazónica “de querer que os nativos [brasileiros] permaneçam num estado pré-histórico, sem acesso às tecnologias e às maravilhas da modernidade”.

O chefe de Estado brasileiro também questionou dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, órgão público que reportou um aumento de 88% no desmatamento no Brasil, em Junho passado relativamente ao mesmo mês em 2018.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Minha nossa!.. Brasil né…Com tupiniquins no governo como não reclamar que muitos se vestem, agem e buscam a não comunicação com a população para que estas jamais venham aprender e compreender a lingua do ugui-ugui! Observem em pleno século XXI. Minha nossa!.. como salvar os animais da Amazônia, como salvar as benções desse reino coberto de verde oxigenando e renovando toda vida tal qual igual a um Paraíso, que infelizmente sem nenhum respeito e sem nenhum aplausos pelos homens da terra. Que pena!..

  2. Até onde ouvi do presidente, a posição é de respeitar o isolamento das tribos que assim o quiserem sem impor esse isolamento. Entretanto, indígenas que escolhem os benefícios e malefícios da vida fazem uma escolha. Xingar Bolsonaro é fácil e seguro, não requer análise. Mesmo se estiver certo em alguma coisa, a forma de falar sempre facilitará os opositores. Para ter uma fala mais equilibrada e insuspeita, recomendo o então deputado do PCdoB, Aldo Rebelo, em 2011. Acessem em https://www.youtube.com/watch?v=uqknSP0MU6A&fbclid=IwAR2c7i-MktJzaRJcHgA22qzGRVBYfiAgEa7EjjzHA-0mP0uIZwJcgpjO_C4

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …