Ventura quer um “candidato forte” para avançar para Belém: ele mesmo

No Conselho Nacional deste sábado, na Nazaré, André Ventura vai ouvir as opiniões a nível interno e abrir a porta à corrida a Belém. Em declarações ao Expresso, o líder do Chega admitiu que deve ser ele próprio a concorrer.

André Ventura nunca ponderou apoiar uma eventual recandidatura e Marcelo Rebelo de Sousa. Para o líder do Chega, a alternativa é escolher um “candidato forte” à direita capaz de disputar uma segunda volta com o atual chefe de Estado.

“Penso que, com esforço, uma campanha longa e dedicação, um bom candidato do Chega pode ir a uma segunda volta nas presidenciais. Será duro, mas vai ser possível”, disse André Ventura, em declarações ao Expresso.

Na mesma entrevista, Ventura manifestou-se incomodado com o alegado alerta do Presidente da República, durante uma audiência com o Chega, relativamente a uma eventual candidatura de André Ventura a Belém. “É óbvio que há uma intenção pedagógica de Marcelo em relação ao Chega e um certo paternalismo que não aceitaremos.”

Em relação a nomes, Ventura afirma que gostaria que o juiz Carlos Alexandre ou o analista político Jaime Nogueira Pinto entrassem na corrida a Belém pelo partido. No entanto, admite que “seria difícil” aceitarem o desafio.

Por exclusão de partes, resta ele mesmo. “Reconheço que é uma hipótese, este é o momento de reflexão para perceber se a minha candidatura é mais benéfica para o país e para o partido. E tenho de ponderar também se sou o melhor candidato da direita, porque Marcelo é um candidato do sistema.”

Caso avance para Belém, Ventura deixou claro ao Expresso que não deixará a liderança do partido. Além disso, só prevê abandonar a vida parlamentar mais próximo da campanha, sendo substituído por Diogo Pacheco de Amorim, número dois do Chega.

O anúncio oficial do candidato a Belém será feito entre finais de janeiro e o início de março, em Portalegre.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Fazes muito mal Ventura! Este ainda não é o tempo para te candidatares, estás a dar um passo maior que a perna e isso vai-te prejudicar. Aguarda e trabalha para teres muitos votos para as próximas legislativas

  2. André Ventura irá concorrer a todos os buraquinhos que houver e puder. O que o move são os seus interesses e ambições pessoais, a sua sede de protagonismo, fruto do seu narcisismo. Por isso é que saiu do PSD. Percebeu que ali nunca seria número um.

  3. é melhor aproveitar os 4 anos da legislatura para desgastar o sistema em vez de se sujeitar a uma derrota cedo de mais, mas seria bom apoiar um candidato anti sistema forte que retirasse a unanimidade a Marcelo. Em 2016 Marcelo teve 52% dos votos, mas havia pelo menos dois candidatos fortes à esquerda, se em 2021 o Loução entrar na corrida será possível o Marcelo ter de se sujeitar a uma 2ª volta, o que seria uma humilhação para ele, diria mesmo que é neste cenário que ele estará a ponderar se vai ou não a votos.

  4. Grande narcisismo, demonstra este artista. Não sabe que mais alto é o pedestal de mais alto se cai ???………. Entre slogans e anátemas, que muitos Portugueses engolem com satisfação, que se por Ventura chegar ao cargo de P.R, irá mostrar o reverso da medalha, exemplos não faltam no passado como no presente ! Lá se ira a liberdade de expressão e a censura do Estado restabelecida…..é a isso que me cheira !

RESPONDER

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. Um tiroteio, cujo presumível autor foi detido, fez hoje seis mortos e dois feridos graves em …

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …