Regime de Nicolás Maduro tortura militares dissidentes

Miguel Gutierrez / EPA

“Ajude-me”. Foram estas as palavras do capitão da marinha aposentado Rafael Acosta para o advogado, no dia em que apareceu no tribunal militar de cadeira de rodas e com sinais de tortura. Tinha sido detido há uma semana pelas secretas venezuelanas e acabou por morrer no dia em que compareceu em tribunal.

A história é contada pelo New York Times, num texto que denuncia que Nicolás Maduro está a torturar membros dissidentes das suas próprias forças armadas para manter o poder, segundo noticiou o Observador esta quarta-feira.

De acordo com a Coligação pelos Direitos Humanos e pela Democracia – uma organização não governamental com sede em Caracas -, citada pelo jornal norte-americano, há 217 oficiais ativos e aposentados detidos em prisões venezuelanas, incluindo 12 generais.

Voltando ao caso de Rafael Acosta, a sua autópsia – que o regime de Nicolás Maduro não conseguiu manter oculta – confirmou que sofreu vários traumatismos e foi eletrocutado. Acabou por ser enterrado três semanas depois de ter aparecido em tribunal (a 10 de julho) e os cinco membros da sua família que foram autorizados a assistir ao enterro não puderam ver o corpo, coberto com um plástico castanho.

O próprio governo admitiu ter exagerado no uso da força neste caso. Na sequência do caso foram mesmo detidos dois militares de baixa patente, mas a oposição e a família de Rafael Acosta acreditam que as ordens foram de Nicolás Maduro.

Os militares continuam ao lado do líder venezuelano Nicólas Maduro, mas nos últimos dois anos já houve, contou também o New York Times, cinco tentativas para derrubar ou assassinar o presidente por parte de forças de segurança (incluindo as forças armadas).

O ex-chefe das secretas da Venezuela, que desertou em abril, Manuel Figueira afirmou que “os abusos contra oficiais militares cresceu porque eles representam uma ameaça real para o governo de Maduro”.

Em julho, a alta comissária para os Direitos Humanos das Nações Unidas, Michelle Bachelet, divulgou um relatório que acusava o governo venezuelano de sujeitar os presos políticos a “choques elétricos, sufoco com sacos de plástico, simulação de afogamento, espancamentos, violência sexual, privação de água e comida, e exposição a temperaturas extremas”.

Hugo Chávez, o pai político de Nicolás Maduro, afirmou em 2006 que o governo venezuelano tinha de ser “humanista” e recusar a tortura. Mas durante estes últimos anos de governação de Nicolás Maduro têm-se sucedido os abusos contra militares dissidentes.

TP, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É óbvio que quem tortura deve ser responsabilizado, mas, raios há sempre um mas, para que maduro seja responsabilizado por estas alegadas torturas, também outros o devem ser, os torturadores de Abu graihb por exemplo, e as ordens para essas torturas também devem ter vindo de cima, ou seja, do presidente dos EUA, e recorde-se que essas torturas eram: Walter boarding, choques eléctricos nos genitais, simular cópula entre dois homens, etc. Estes torturadores foram julgados??? Parece-me que não, então porque maduro o tem que ser??? Ou será que a tortura efectuada pelos EUA é legal e correcta, e a tortura feita por outros e ilegal???? Recordemos ainda que os EUA mantém aberto um campo de concentração em Guantánamo, que penso não será um hotel de 5 estrelas e de boa vida, e estão lá seres humanos presos sem que tenham sido acusados do que quer que seja, não será está situação um crime e um acto de terrorismo??? Claro que é e só não vê quem não quer.

  2. Claro que os americanos também fizeram, e ainda fazem muito provavelmente coisas parecidas, mas (lá vem o mas) duas coisas erradas não fazem uma certa. As barbaridades cometidas pelo regime do Maduro continuam a ser barbaridades.

RESPONDER

Infetados, mortes e internamentos. Portugal bate recordes diários de covid-19

Portugal bateu o recorde diário de infeções, mortes e internamentos de doentes com covid-19. Registam-se mais 4.656 casos positivos, 40 óbitos e 1.834 pacientes internados. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 4.656 casos positivos e …

CSD tem a "chave" da geringonça açoriana (mas ainda não sabe de que lado vai ficar)

Os Presidentes do PSD e do PS já se reuniram com o líder regional do CDS, Artur Lima. O dilema é entre suportar um executivo PS ou integrar uma coligação à direita. A decisão dos …

Professores "desenrolam" queixas em frente do parlamento (e pedem saída do ministro)

Dirigentes da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) colocaram esta quinta-feira grandes faixas com reivindicações junto da Assembleia da República e criticaram o ministro da Educação, que tem que “ir embora”. “Quem não sabe ter uma atitude …

Iniciativa Liberal quer retirar "carga ideológica" da Constituição

A Iniciativa Liberal vai apresentar um projeto de revisão constitucional com uma primeira parte dedicada a retirar "carga ideológica à Constituição", clarificando, por exemplo, que serviços públicos de saúde e educação podem ser prestados pelo …

Urgência do Hospital Santa Maria está a chegar ao limite

A urgência dedicada aos casos suspeitos de covid-19 do Hospital Santa Maria, em Lisboa, reflete a evolução da pandemia em Portugal com doentes a avolumarem-se à porta para realizar o teste e no interior a …

Novo Banco. BCP garante que não faz "favores a ninguém" ao emprestar dinheiro ao Fundo de Resolução

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, disse ontem que o banco não faz "favores a ninguém" ao entrar no empréstimo de 275 milhões de euros da banca ao Fundo de Resolução, que posteriormente financiará …

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …