Venezuela: Portuguesa ferida ao enfrentar veículo militar em manifestação

Miguel Gutierrez / EPA

Luso-venezuelana em Caracas durante protestos contra o governo de Nicolás Maduro

Uma portuguesa ficou ferida na sexta-feira, em Caracas, quando enfrentou um veículo militar durante uma manifestação contra a instalação da Assembleia Constituinte, eleita no domingo.

Maria José Castro, ou “senhora liberdade” como foi identificada pelos manifestantes, foi levada para uma clínica, onde foi submetida a uma intervenção cirúrgica para remover uma bala de borracha do braço direito, acrescentaram. “Está na clínica a ser operada, para extrair uma bala de borracha”, afirmaram.

Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas quando a Guarda Nacional Bolivariana – a polícia militar – dispersou um grupo de manifestantes, que se encontrava na autoestrada Prados del Este, com granadas de gás lacrimogéneo e balas de borracha, pelas 14:30 – 19:30 em Lisboa.

As forças de segurança também dispersaram manifestantes nas urbanizações de Las Mercedes, El Rosal e em Santa Rosa de Lima.

Em Chacaíto, também no leste de Caracas, pelo menos 11 pessoas ficaram feridas, na sequência da intervenção das forças de segurança venezuelanas contra manifestantes.
Alguns dos manifestantes tentaram refugiar-se no centro comercial Lido, mas a polícia entrou no edifício, disparando granadas de gás lacrimogéneo.

A oposição tinha convocado uma marcha para sexta-feira, até à sede do parlamento, no centro de Caracas, em protesto contra a instalação da Assembleia Constituinte, mas as forças de segurança dispersaram os manifestantes.

Pelo menos 120 pessoas morreram nos confrontos entre as forças de segurança e manifestantes desde abril passado na Venezuela.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente promulga lei que lança app Stayaway Covid

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma que estabelece o responsável pelo tratamento dos dados e regula a intervenção do médico no sistema 'Stayaway Covid'. À margem de uma visita a Lagoa, no Algarve, …

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …