“Agregar, agregar, agregar”. Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montenegro

José Sena Goulão / Lusa

Miguel Pinto Luz apresenta campanha à liderança do PSD

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida – o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o atual líder do PSD Rui Rio. Para o candidato “todos os rostos e todas as caras são fundamentais”.

“Esse é o primeiro ato simbólico do eixo estratégico da agregação. É fundamental. Somar, somar, somar para multiplicar”, concluiu. Pinto Luz esteve esta quinta-feira no Porto num almoço com apoiantes onde marcaram presença o presidente da Concelhia do PSD Porto, Hugo Neto, e o antigo presidente da Distrital Virgílio Macedo.

Miguel Pinto Luz que a recandidatura autárquica do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, “influencia zero” a estratégia do partido para as autarquias de 2021 naquela cidade. “A candidatura ou a recandidatura de Rui Moreira influencia zero a estratégia do PSD. O PSD tem de ser ambicioso o suficiente”, afirmou o candidato em conversa com os jornalistas durante um almoço de apoiantes no Porto.

Para o candidato e vice-presidente da Câmara de Cascais, o PSD “é não condicionável às decisões individuais de ninguém”, tem a sua agenda, a sua estratégia e o seu rumo, como cabe ao maior partido da democracia portuguesa.

“Para mim o PSD é não condicionável às decisões individuais de ninguém. Repare o que era um partido tão grande como o PSD ficasse condicionado por uma decisão individual de alguém. Não faz sentido. A nossa ambição é a mesma com o candidato A ou o candidato B a decidir ser candidato em Lisboa, no Porto, em Coimbra, em Condeixa, seja onde for. A nossa ambição é ganhar”, afirmou, salientando que o PSD não se sente condicionado “por nada, nem ninguém a não ser os portugueses”.

“Agregar, agregar, agregar”

Questionado pelos jornalistas sobre quem seria o candidato à Câmara do Porto, caso vencesse as eleições, Pinto Luz frisou que o PSD sob a sua liderança “não vai discutir nomes na praça pública”. Esse trabalho, sustentou, será feito dentro de casa.

“Eu não me considero um homem providencial, portanto eu não trago as soluções todas para o país, tenho uma equipa. Segundo, quero trabalhar com as distritais, terceiro, quero trabalhar com as concelhias“, disse, salientando que respeita profundamente as estruturas locais, mas não fugirá às suas responsabilidades.

“O que eu quero dizer com isto é que nas autarquias o papel do presidente do partido é absolutamente fundamental para conseguir atrair rostos importantes para darem a cara pelo PSD em alturas chave e desse papel não me demitirei, naturalmente”, concretizou.

Para o candidato há dois pilares fundamentais: o primeiro – “agregar, agregar, agregar”; e um segundo – regenerar. “Há rostos novos que já estão cá no PSD há muito tempo, a quem nunca lhes foi dada uma oportunidade. Esses rostos tem de aparecer, a qualidade existe, e têm sido tapados ano após ano, portanto essa é a minha primeira estratégia. A segunda linha estratégica é agregar, resolver os tais problemas, guerras de vice-presidentes que se zangaram com presidentes, e que avançam com listas, nós temos que, de alguma forma, resolver essas questiúnculas internas”, explicou afirmando que estes dois pilares são fundamentais para o início de uma estratégia autarquia ganhadora.

De acordo com o semanário Expresso, Miguel Pinto Luz disse ainda, tal como Rui Rio, que não gostou da primeira parte do debate esta quarta-feira, o primeiro frente-a-frente entre os três candidatos à cadeira de Rui Rio.

 

Miguel Pinto Luz é candidato às eleições diretas do PSD marcadas para 11 de janeiro – com uma eventual segunda volta uma semana depois -, que disputará com o atual presidente do PSD, Rui Rio, e com o antigo líder parlamentar Luís Montenegro.

Já com o presidente do partido escolhido em diretas, o congresso do PSD realiza-se entre 7 e 9 de fevereiro, em Viana do Castelo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

As ilhas havaianas atingem o jackpot da longevidade (e já se sabe porquê)

As ilhas vulcânicas não duram para sempre, mas há algumas que atingem o jackpot da longevidade. De acordo com uma nova investigação, a explicação prende-se com dois fatores: a velocidade da placa tectónica e o …

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …