Vem aí o pior El Niño jamais visto e dois anos super-quentes

El Nino de 2015 poderá ter uma intensidade nunca antes vista

Um estudo do Met Office, o serviço nacional de meteorologia do Reino Unido, sugere que o mundo está novamente a aquecer, e que o sistema climático da Terra está a atingir um ponto de viragem, com diversas mudanças globais a acontecer ao mesmo tempo.

Uma das alterações mais significativas apontadas pelo estudo é uma evolução do fenómeno climatérico El Niño, que os cientistas acreditam que já se encontra em curso.

“O El Nino de 2015 vai ter uma intensidade nunca antes vista, cujo pico é esperado para este Inverno”, diz Adam Scaife, investigador do Met Office.

“Muitos destes fenómenos são naturais, já tínhamos El Niños quando éramos homens das cavernas, há indícios de variações no Atlântico de há mil anos atrás”, diz Scaife, “mas estes fenómenos ocorrem agora principalmente por influência da actividade humana”.

” Os próximos dois anos poderão mesmo ser os mais quentes desde que há registo”, disse à BBC o professor Rowan Sutton, investigador da Universidade de Reading,

“A não ser que aconteça uma gigantesca erupção vulcânica algures no planeta, 2015 e 2016 serão os mais quentes da história registada, acrescenta Sutton.

El Niño pode afetar quatro milhões de pessoas nas Ilhas do Pacífico

As Nações Unidas exortaram esta segunda-feira as Ilhas do Pacífico e os respectivos governos a prepararem-se para a iminente ocorrência do El Niño, que se estima que tenha o potencial de afetar mais de quatro milhões de pessoas.

“Os climatologistas são unânimes em prever agora que estamos a caminhar para ocorrência de um forte e grave El Niño nos próximos meses”, diz a ONU.

“A ocorrência poderá ser tão grave” como o que aconteceu em 1997 e 1998, anos em que se assistiu ao pior registo deste fenómeno climático, que trouxe seca severa para as Ilhas Fiji, disse o coordenador residente das Nações Unidas no Pacífico, Osnat Lubrani.

A ONU alerta para as consequências das mudanças climáticas nos próximos meses nos países do Equador, com eventual ocorrência de mais chuva, inundações e aumento dos níveis do mar.

O chefe do Escritório Regional das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários no Pacífico, Sune Gudnitz, lembrou que o “El Niño tem o potencial de desencadear uma verdadeira emergência humanitária regional“.

A agência estima que, caso tal aconteça, pelo menos 4,1 milhões de pessoas em toda a região do Pacífico correm o risco de escassez de água, insegurança alimentar e de contrair doenças.

“Alguns países, incluindo a Papua Nova Guiné, Ilhas Fiji, Tonga e Salomão já estão a sentir o impacto do El Nino, com a precipitação reduzida a afectar as colheitas e o abastecimento de água potável”, lembrou Sune Gudnitz.

A região foi também atingida recentemente por um fenómeno inédito, quando, pela primeira vez na história, três furacões de grau 4 surgiram simultaneamente no Oceano Pacífico.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Não sejam ignorantes, pesquisem e não engulam esta farsa do aquecimento global feito exclusivamente pelo Homem!
      Sim, concordo que deveríamos mudar de paradigma e deixar de poluir a Mãe Terra, a poluição é TERRÍVEL para TODOS nós! Mas, nos demais planetas do sistema solar, inúmeros fenómenos climatéricos NUNCA ANTES OBSERVADOS estão a acontecer. E lá, supostamente, não existem fábricas nem carros a deitar fumaradas de veneno!
      Vamos, INVESTIGUEM!

  1. Acho que os comentários supra são brilhantes! O que me preocupa é que aquela gente tb vota, pelo menos tem esse direito!
    O assunto é sério , mas não me preocupa muito pois será apenas mais uma extinção da vida à face da terra, que continuará a sua rota independentemente das burrices que os humanos cometem
    Razão tinha o Albert E ao dizer que apenas duas coisas se lhe afiguravam infinitas: o Universo e a estupidez humana, mas quanto ao Universo nutria algumas dúvidas
    Passar bem

RESPONDER

Ministro da Economia admite nacionalizar empresas em caso de necessidade para combater surto

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, admitiu esta terça-feira a possibilidade do Estado vir a nacionalizar empresas, caso seja necessário para combater as consequências económicas do surto de Covid-19. "O Estado tem ferramentas …

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …