Velório de Freitas do Amaral. Marcelo e várias figuras da política estiveram presentes

Miguel A. Lopes / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, foi dos primeiros a chegar ao velório de Freitas do Amaral, regressando mais tarde, e dos últimos a sair dos Jerónimos, por onde passaram hoje várias figuras da política.

O antigo chefe de Estado Jorge Sampaio, os líderes do PSD, Rui Rio, e do CDS-PP, Assunção Cristas, e nomes ligados à história dos democratas-cristãos como Manuel Monteiro, Paulo Portas, Basílio Horta, Ribeiro e Castro e Adriano Moreira passaram pela Igreja de Santa Maria de Belém, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

À saída do velório, perto das 22:00, Marcelo Rebelo de Sousa falou aos jornalistas, referindo que fez questão de estar “à chegada do corpo e agora no encerramento do Mosteiro”, também “a título pessoal, como amigo de mais de 50 anos do professor Freitas do Amaral”, de quem foi colega de faculdade.

“Fico feliz só porque Portugal reconhece o papel de Diogo Freitas do Amaral e todos os quadrantes reconhecem, mas isso não apaga o vazio que deixa a um amigo daqueles que privaram muito, muito intensamente com ele, até aos últimos dias da vida”, declarou.

O Presidente da República elogiou “a coragem” de Freitas do Amaral ao longo da sua vida nos “desafios políticos e universitários” e na forma como enfrentou os últimos tempos, “sobretudo estes últimos meses e estas ultimas semanas de provação física”, que disse ter acompanhado de perto.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, das Finanças, Mário Centeno, e Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, o vice-presidente da Assembleia da República Jorge Lacão, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ex-coordenador do Bloco de Esquerda Francisco Louçã também compareceram no velório de Freitas do Amaral.

O constitucionalista Jorge Miranda, o ex-banqueiro Ricardo Salgado, o advogado e ex-dirigente do PCTP/MRPP Garcia Pereira, a antiga presidente do PSD Manuela Ferreira Leite, o ex-presidente do Tribunal de Contas Guilherme d’Oliveira Martins, o diplomata e antigo ministro dos Negócios Estrangeiros António Monteiro e a antiga ministra da Saúde Maria de Belém Roseira foram outras personalidades que passaram pelo Mosteiro dos Jerónimos.

Diogo Pinto Freitas do Amaral, professor universitário, nascido na Póvoa de Varzim, no distrito de Porto, em 21 de julho de 1941, morreu na quinta-feira, aos 78 anos.

Foi presidente do Centro Democrático Social (CDS), partido que ajudou a fundar em 19 de julho de 1974, e fez parte de governos da AD, entre 1979 e 1983, e mais da tarde do PS, entre 2005 e 2006, após ter saído do CDS em 1992, tendo exercido as funções de vice-primeiro-ministro, ministro da Defesa e dos Negócios Estrangeiros.

O corpo de Freitas do Amaral encontra-se em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos desde as 17:00 de hoje. A Igreja de Santa Maria de Belém fechou às 22:00 e irá reabrir no sábado às 09:00. Pelas 12:00 haverá uma missa celebrada pelo bispo auxiliar de Lisboa, seguindo o cortejo fúnebre, às 13:00, para o cemitério da Guia, em Cascais.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …