Velório de Freitas do Amaral. Marcelo e várias figuras da política estiveram presentes

Miguel A. Lopes / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, foi dos primeiros a chegar ao velório de Freitas do Amaral, regressando mais tarde, e dos últimos a sair dos Jerónimos, por onde passaram hoje várias figuras da política.

O antigo chefe de Estado Jorge Sampaio, os líderes do PSD, Rui Rio, e do CDS-PP, Assunção Cristas, e nomes ligados à história dos democratas-cristãos como Manuel Monteiro, Paulo Portas, Basílio Horta, Ribeiro e Castro e Adriano Moreira passaram pela Igreja de Santa Maria de Belém, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

À saída do velório, perto das 22:00, Marcelo Rebelo de Sousa falou aos jornalistas, referindo que fez questão de estar “à chegada do corpo e agora no encerramento do Mosteiro”, também “a título pessoal, como amigo de mais de 50 anos do professor Freitas do Amaral”, de quem foi colega de faculdade.

“Fico feliz só porque Portugal reconhece o papel de Diogo Freitas do Amaral e todos os quadrantes reconhecem, mas isso não apaga o vazio que deixa a um amigo daqueles que privaram muito, muito intensamente com ele, até aos últimos dias da vida”, declarou.

O Presidente da República elogiou “a coragem” de Freitas do Amaral ao longo da sua vida nos “desafios políticos e universitários” e na forma como enfrentou os últimos tempos, “sobretudo estes últimos meses e estas ultimas semanas de provação física”, que disse ter acompanhado de perto.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, das Finanças, Mário Centeno, e Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, o vice-presidente da Assembleia da República Jorge Lacão, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ex-coordenador do Bloco de Esquerda Francisco Louçã também compareceram no velório de Freitas do Amaral.

O constitucionalista Jorge Miranda, o ex-banqueiro Ricardo Salgado, o advogado e ex-dirigente do PCTP/MRPP Garcia Pereira, a antiga presidente do PSD Manuela Ferreira Leite, o ex-presidente do Tribunal de Contas Guilherme d’Oliveira Martins, o diplomata e antigo ministro dos Negócios Estrangeiros António Monteiro e a antiga ministra da Saúde Maria de Belém Roseira foram outras personalidades que passaram pelo Mosteiro dos Jerónimos.

Diogo Pinto Freitas do Amaral, professor universitário, nascido na Póvoa de Varzim, no distrito de Porto, em 21 de julho de 1941, morreu na quinta-feira, aos 78 anos.

Foi presidente do Centro Democrático Social (CDS), partido que ajudou a fundar em 19 de julho de 1974, e fez parte de governos da AD, entre 1979 e 1983, e mais da tarde do PS, entre 2005 e 2006, após ter saído do CDS em 1992, tendo exercido as funções de vice-primeiro-ministro, ministro da Defesa e dos Negócios Estrangeiros.

O corpo de Freitas do Amaral encontra-se em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos desde as 17:00 de hoje. A Igreja de Santa Maria de Belém fechou às 22:00 e irá reabrir no sábado às 09:00. Pelas 12:00 haverá uma missa celebrada pelo bispo auxiliar de Lisboa, seguindo o cortejo fúnebre, às 13:00, para o cemitério da Guia, em Cascais.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …