Vanessa Guillen foi espancada até à morte. Jovem soldado tinha dito à mãe que era vítima de assédio

US Army

Vanessa Guillen

Vanessa Guillen foi vista pela última vez a 22 de abril, pouco tempo depois de confessar à mãe que estava a ser assediada por um sargento. O principal suspeito da morte da jovem suicidou-se e a namorada do homem foi detida.

Vanessa Guillen foi vista pela última vez no dia 22 de abril, num parque de estacionamento na base militar de Fort Hood, no Texas, onde prestava serviço. Os pertences da jovem soldado, de apenas 20 anos, foram encontrados em instalações da base, mas sem sinais de Guillen.

O exército norte-americano decidiu oferecer uma recompensa de 15 mil dólares (cerca de 13 mil euros), que entretanto subiu para 25 mil dólares (cerca de 22 mil euros), a quem encontrasse a jovem de origem latina, perante a falta de pistas para investigar o sequestro.

A Liga dos Cidadãos Latino-Americanos acrescentou mais 25 mil dólares ao valor da recompensa e várias celebridades juntaram-se aos apelos para encontrar Vanessa Guillen. “Esta jovem vestiu um uniforme para servir o país. O mínimo que podemos fazer é descobrir onde ela está agora e o que podemos fazer para a ajudar”, disse o presidente da Liga dos Cidadãos Latino-Americanos, Domingo Garcia, em conferência de imprensa.

A família fez um website sobre a jovem, dando pormenores sobre o seu desaparecimento, e revelando que a soldado disse à mãe, poucos dias antes de desaparecer, que estava a sofrer assédio sexual de um sargento. Vanessa Guillen não quis revelar o nome do abusador e disse à mãe que iria resolver o assunto sozinha.

This is Soldier Vanessa Guillen …She enter the military right after graduating from high school for better…

Publicado por Find Vanessa Guillen em Domingo, 7 de junho de 2020

Numa entrevista recente, a representante do Texas, Sylvia Garcia, relembrou que não era a primeira vez que eram conhecidas acusações de agressões sexuais nas Forças Armadas norte-americanas.

No entanto, segundo o a TVI24, o exército norte-americano garantiu que não foi encontrada informação “credível” de que a jovem estivesse a ser assediada, assegurando que não há ligação entre o caso de Vanessa e o do Gregory Wedel-Morales, um soldado que desapareceu no ano passado, no Texas.

Na terça-feira passada, foram encontrados restos mortais perto do rio Leon, durante as buscas por Vanessa Guillen, e a família de jovem disse através da advogada que tudo indica que pertencem à soldado.

De acordo com o The Independent, Vanessa Guillen ia apresentar queixa de assédio sexual contra Aaron David Robinson, de 20 anos, que se tornou o principal suspeito da morte da jovem. Quando as autoridades o contactaram, na quarta-feira, suicidou-se. A namorada de Aaron, Cecily Aguilar, foi detida na quarta-feira por ter ajudado o companheiro a desmembrar e a esconder o corpo de Vanessa.

A acusação do Departamento de Justiça dos EUA indica que Vanessa foi morta por Robinson com várias marteladas na cabeça, levada dentro de uma caixa para um local perto do rio Leon, desmembrada pelo casal, e enterrada em três buracos diferentes que foram cobertos com cimento.

Este fim de semana, nas principais cidades do Texas, vários manifestantes saíram à rua com bandeiras dos Estados Unidos e do México, assim como cartazes onde se lia “Justiça para Vanessa”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …