Vacinação. Doentes de maior risco podem ficar atrás de idosos saudáveis

A vacinação dos doentes de risco e a vacinação por faixas etárias decrescentes vai decorrer em simultâneo, em dois ramos paralelos.

O Público avança, esta segunda-feira, que as pessoas com doenças de maior risco – cancro, VIH/sida, esquizofrenia, paralisia cerebral, transplantadas – vão ser vacinadas nesta segunda-fase da campanha de vacinação, ao mesmo tempo que os cidadãos a partir dos 65 anos. No entanto, correm o risco de ficar para trás.

O matutino explica que, enquanto a vacinação das pessoas mais velhas já arrancou, tendo sido criada uma plataforma que permite o auto-agendamento, a convocatória de doentes de maior risco é um processo mais complexo e demorado, uma vez que tem que ser feito pelos centros de saúde.

Apesar de a maior parte destas doenças estar codificada pelos médicos de família, há também doentes que são seguidos nos hospitais ou fora do Serviço Nacional de Saúde (SNS), por médicos privados, que terão que os inscrever através da PEM (Prescrição Eletrónica de Medicamentos).

No plano de vacinação consta que a vacinação dos doentes de risco e a vacinação por faixas etárias decrescentes vai decorrer em simultâneo. No entanto, a task force teme que seja arriscado misturar os doentes com os idosos saudáveis nos centros de vacinação em massa.

Por isso, está a ser equacionada a hipótese de vacinar nos hospitais o grupo dos doentes de maior risco associado a covid-19.

SMS à população

O Expresso avança que vão arrancar com dois estudos de monitorização em parceria com outras entidades, como a Direção-Geral da Saúde, serviços partilhados do Ministério da Saúde e a task force da vacinação para a covid-19.

“Um desses estudos tem a ver com o tipo de SMS que mais ajuda as pessoas a decidirem ir vacinar-se. O objetivo é saber o que dá mais confiança às pessoas e transmite mais clareza”, revela Margarida Gaspar de Matos, coordenadora da task force de cientistas comportamentais, ao matutino.

O outro estudo, que deverá começar na próxima semana, consiste na realização de entrevistas telefónicas quinzenais a cerca de mil pessoas para “entender a sua perceção de risco e adesão face à proteção da infeção”.

O grupo de trabalho – composto por seis psicólogos, um médico e um antropólogo – tem enviado semanalmente sugestões ao primeiro-ministro. “Esta task force não tem funções executivas nem deliberativas, tem independência política e baseia-se unicamente na ciência disponível na nossa área”, explicou a responsável.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Gonçalo Esteves, Sporting

"Gonçalo Esteves é o futuro do Sporting". Adeptos rendidos ao ex-portista de 17 anos

O lateral-direito Gonçalo Esteves, de apenas 17 anos, estreou-se na equipa principal do Sporting, no jogo da Taça de Portugal contra o Belenenses, e o treinador Ruben Amorim diz que é "o futuro" do clube. …

Portugal regista mais 10 mortes e 612 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 10 mortes e 612 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 612 novos …

Toda a herança de Rendeiro foi para o "rei dos táxis". MP investiga presidente da ANTRAL e o filho motorista

O Ministério Público está a investigar o ex-motorista de João Rendeiro e o seu pai, o presidente da ANTRAL, a maior associação de táxis portuguesa. Em causa estão suspeitas de lavagem de dinheiro quando se …

Depois do polémico golo de Mbappé, UEFA pondera mudar regra do fora de jogo

A UEFA defendeu uma reformulação da regra do fora de jogo, depois do polémico golo de Kylian Mbappé que, no último domingo, deu a vitória a França na final da Liga das Nações. Apesar da polémica, …

Nova deputada do PSD condenada por falsificação de documento

A nova deputada do PSD, que toma posse na Assembleia da República na próxima terça-feira, já foi condenada por falsificação de documento há dois anos. Segundo avança o Jornal de Notícias, Eugénia Duarte vai substituir Carla …

Presidente avisou partidos sobre cenário de eleições antecipadas: "Se tiver de ser, é"

Em caso de chumbo do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), o Presidente da República prefere não perder tempo e "matar o mal pela raiz". Findas as audiências com os partidos no Palácio de Belém, a …

"A maior descida de sempre". Galamba sublinha redução dos preços da luz para empresas e famílias

As tarifas de electricidade propostas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) para 2022 representam uma descida nos preços da ordem dos 3,4%. O Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, fala de …

Administração Biden vai reativar programa anti-imigração de Trump

A Administração Biden anunciou, esta sexta-feira, que vai reativar a política anti-imigração nas fronteiras da era Trump, que forçou milhares de requerentes de asilo a aguardarem a conclusão dos seus processos no México, muitas vezes …

José Sena Goulão / Lusa

"Rangel fez o roteiro da carne assada" (e Rio pode não sobreviver à "golpada")

Rui Rio ainda não desfez o tabu sobre a sua recandidatura, ou não, à presidência do PSD, mas está pressionado a tomar uma decisão. No seio do partido, e mesmo entre os seus apoiantes, só …

Bolsonaro será acusado de 11 crimes na gestão da pandemia, entre os quais homicídio

O senador Renan Calheiros, relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a gestão da pandemia, anunciou que Jair Bolsonaro deverá ser indiciado de 11 crimes, entre os quais o de homicídio. O relator da …