“Vacina deve ser um bem global de saúde pública”. OMS critica “nacionalismo de vacinas”

unisgeneva / Flickr

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS)

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o “nacionalismo de vacinas” para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia.

“O nacionalismo em relação às vacinas não presta. Não nos ajudará. Quando dizemos que uma vacina deve ser um bem global de saúde pública, não se trata de partilhar por partilhar. Para o mundo poder recuperar mais depressa, tem de recuperar em conjunto”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus.

As declarações do responsável foram feitas durante uma conferência de imprensa virtual integrada no Fórum de Segurança de Aspen, um encontro global organizado a partir dos Estados Unidos.

Os países que cheguem primeiro a uma vacina e que se comprometam a contribuir para que seja distribuída equitativamente por todo o mundo “não estão a fazer caridade aos outros, estão a fazê-lo por si próprios, porque quando o resto do mundo recuperar e as economias reabrirem, também beneficiam”, declarou.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este “Artista” que declara (poder a nunca vir existir uma panaceia contra o covid 19) reconhece, Dias depois que Vacinas deveriam estar disponíveis a Nível Mundial e não só para a o país que as fabrica. É um fartote de incoerências !

RESPONDER

Governo espanhol avança com "plano de choque" para reduzir tarifas de eletricidade

Ministros do Governo de Sanchéz (PSOE) afirmam que o conjunto de medidas apresentadas conseguirão reduzir a fatura da eletricidade para os consumidores em 12% e reiteram a promessa feita de que o ano de 2021 …

Textor suspende compra de acções da Benfica SAD após dúvidas do clube (e Vieira diz que não recebeu a carta)

O empresário norte-americano John Textor anunciou que suspendeu o acordo com José António dos Santos, o "Rei dos Frangos", para a compra de 25% das acções da SAD do Benfica, até à realização das eleições …

Governo trava duplo combate à esquerda (e em ano de eleições, há muitos "nós" para desatar)

Em ano de eleições autárquicas, com o PS a visar a manutenção da maioria das Câmaras do país, o Governo socialista enfrenta um duplo combate com os parceiros de esquerda, com a revisão da lei …

Porto quer nova companhia para substituir a TAP — e já enviou proposta para Bruxelas

A Associação Comercial do Porto (ACP) enviou uma proposta para Bruxelas a defender a "criação de uma nova companhia aérea para voos intercontinentais a partir de Lisboa e o apoio à captação de rotas para …

Mais de 84% dos jovens dos 12 aos 17 anos com pelo menos uma dose da vacina

Mais de 84% dos jovens entre os 12 aos 17 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, segundo dados da task force que coordena o processo de vacinação. Na segunda-feira, "cerca …

Seguido pelo Benfica, David Luiz explica porque assinou pelo Flamengo

David Luiz deu uma nega ao SL Benfica e optou pelo Flamengo. O defesa-central de 34 anos explicou a decisão que tomou de regressar ao Brasil. O Flamengo oficializou a contratação de David Luiz no sábado, …

Estatísticas apontam as duas melhores cidades para viver e fazer negócios (e a pior na gestão da pandemia)

Segundo a sétima edição do ranking elaborado pela Bloom Consulting, Porto e Lisboa são os melhores municípios para viver, para visitar e para fazer negócios. Já Albufeira é o concelho pior no que diz respeito …

O euro "decidiu" a transferência de Di María para o Benfica

A transferência de Di María para o SL Benfica apenas foi consumada devido à moeda de pagamento. O Rosario Central preferiu receber em euros do que em dólares. Não é novidade que quando Ángel Di María …

Há ambulâncias ilegais a fazer transporte de doentes

Há centenas de ambulâncias e veículos dedicados ao transporte de doentes que circulam ilegalmente sem vistoria. Em 24 operações de fiscalização levadas a cabo pelo INEM, foram instaurados 101 processos por infrações ao Regulamento do Transporte …

Caso EDP: Ex-gestor suspeito de corrupção pede prescrição

A defesa de Miguel Barreto, ex-diretor-geral da Energia, entregou um requerimento a pedir a extinção do procedimento criminal pelo crime de corrupção passiva. O antigo gestor é acusado de ter recebido cerca de 1,4 milhões de …