Universidade das Nações Unidas vai instalar polo em Guimarães

a m / Flickr

-

O Estado português e a Universidade das Nações Unidas assinaram hoje dois acordos para a instalação na Universidade do Minho de uma “unidade operacional” na área da governação eletrónica, um projeto que contribuirá para “valorizar a administração pública”.

“Tenho a certeza que este projeto irá contribuir para reforçar ainda mais, por um lado, a capacidade de inovação, de conhecimento e de internacionalização da Universidade do Minho e, ao mesmo tempo, contribuir também para valorizar a nossa administração pública”, afirmou o ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, no final da assinatura dos acordos.

Segundo uma nota distribuída pelo gabinete do primeiro-ministro, o objetivo da Unidade, que funcionará no polo de Guimarães da Universidade do Minho, será o apoio ao sistema das Nações Unidas e aos estados membros da organização “na transformação dos mecanismos de governação através de aplicações estratégicas de tecnologias de informação e comunicação, para contribuir para o desenvolvimento social económico inclusivo, para a sustentabilidade ambiental, para a paz e segurança”.

Sublinhando que se trata de uma “ótima oportunidade para Portugal”, Poiares Maduro notou que a criação do novo polo da Universidade das Nações Unidas contribui para o reforço da “massa crítica” portuguesa e do conhecimento numa área fundamental da administração pública.

Além disso, acrescentou, representa uma oportunidade para reforçar a internacionalização do sistema universitário português e da administração pública.

“É um projeto que pode também ter um papel muito importante em termos de potencial e da capacidade da nossa administração pública, conhecer e ao mesmo tempo também promover e divulgar melhores práticas em termos de modernização da administração e, sobretudo, da governação eletrónica do Estado”, frisou.

O reitor da Universidade das Nações Unidas, David Malone, adiantou ainda que o programa que vai ser desenvolvido em Portugal começou em Macau.

“É muito bom que parte do trabalho desenvolvido em Macau venha agora para Portugal, é o regresso a casa”, referiu.

A Universidade das Nações Unidas foi criada a 6 de dezembro de 1973, por resolução da Assembleia Geral daquela instituição. Com sede em Tóquio, no Japão, a Universidade das Nações Unidas tem em funcionamento 13 institutos espalhados pelo mundo, nomeadamente na Bélgica, Alemanha, Japão, Malásia, Holanda, Finlândia, Islândia e Venezuela.

Além do ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, também o primeiro-ministro e o ministro da Educação estiveram presentes na assinatura dos acordos com a Universidade das Nações Unidas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Áustria corrige Trump. Os seus cidadãos não vivem em florestas

O Governo austríaco decidiu corrigir a afirmação do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que afirmou que as pessoas naquele país europeu vivem em "cidades da floresta". Trump referiu recentemente a Áustria e outros países europeu …

UE em rota de colisão com a Polónia. Em causa estão os crimes de ódio

A relação entre a União Europeia e a Polónia está cada vez mais comprometida. As duas partes têm chocado no que toca à discussão dos crimes de ódio. No seu primeiro discurso sobre o estado de …

Leixões nega ter colocado adeptos na bancada a ver um jogo

Episódio aconteceu numa partida de voleibol em Gondomar. Presidente garante que jovens pertencem aos órgãos sociais do clube, Federação não confirma a identidade à entrada. A Supertaça de voleibol começou, no Grupo B, com o duelo …

Ventura quer ser Sá Carneiro do século XXI e ter juventude partidária

O presidente do Chega vai apresentar-se este fim de semana em Évora para a II Convenção Nacional do partido populista de direita como “o principal continuador em Portugal” de Sá Carneiro, o falecido líder fundador …

Alemanha tem provas materiais de que Maddie está morta

As autoridades alemãs têm provas materiais de que Madeleine McCann está morta, garante o porta-voz da Procuradoria de Braunschweig, Hans Christian Wolters, à RTP. Apenas está por provar o envolvimento de Christian Brueckner no homicídio …

BE quer que direito das grávidas a acompanhante seja respeitado

O Bloco de Esquerda (BE) quer que as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre gravidez e parto no âmbito da covid-19 sejam revistas para que o direito das mulheres grávidas a estarem acompanhadas seja …

Proposta do PCP para passar Novo Banco para esfera pública foi chumbada

A recomendação ao Governo proposta pelo PCP para reverter da venda do Novo Banco, transferindo-o para a esfera pública, foi hoje chumbada no parlamento com os votos contra de PS, PSD, CDS-PP, PAN, Iniciativa Liberal …

Trump ataca voto por correspondência. Resultados podem não ser "determinados de forma precisa"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, reforçou na quinta-feira no Twitter os ataques ao voto por correspondência nas eleições de novembro, ao que a rede social reagiu ligando duas das suas mensagens a informação verificada …

Quatro candidatos disputarão sucessão de Santana no Aliança

O novo líder do Aliança, que sucederá ao fundador do partido, Pedro Santana Lopes, vai ser escolhido entre quatro candidatos no próximo congresso nacional, agendado para 26 e 27 de setembro em Torres Vedras. Segundo noticiou esta …

Recomendação do PS para tarifa social de Internet sem oposição (mas partidos querem mais)

A recomendação do PS ao Governo para que crie uma tarifa social de acesso à Internet não mereceu esta quinta-feira oposição de nenhuma bancada, mas foram vários os partidos que defenderam a necessidade de “ir …