Universidade americana paga indemnização a ex-aluno português ilibado de abuso sexual

O jovem do Porto vai receber nove mil euros de indemnização. A instituição norte-americana divulgou o seu nome num email enviado a todos os alunos quando foi acusado.

Francisco Sousa é um jovem natural do Porto que foi estudar para os Estados Unidos, na Universidade Estadual de San Diego. Em dezembro de 2014, o jovem foi a uma festa numa residência perto do campus universitário e acabou a ser acusado de abuso sexual.

Uma estudante universitária alegou que, durante a festa, Francisco a tinha prendido na casa-de-banho e forçado a fazer sexo oral.

O aluno negou diversas vezes, mas acabou identificado e detido pela polícia da universidade, tendo inclusive sido filmado por uma televisão à saída da cadeia, no dia seguinte.

Francisco Sousa foi imediatamente suspenso da faculdade que frequentava, que deu a conhecer o caso, revelando o seu nome num email enviado a todos os os alunos da instituição. Em 2015, o jovem foi ilibado, com a justiça americana a entender não haver fundamentos para o acusar.

Hoje, dois anos depois da decisão, o ex-estudante recebeu uma indemnização no valor de dez mil dólares, cerca de nove mil euros, pela Universidade de San Diego, segundo o Público.

O jovem tem agora 23 anos e é licenciado em Gestão e Economia por outra faculdade da Califórnia. Francisco sente que chegou ao fim um pesadelo. O recém-licenciado diz que o valor acordado entre as partes é mais simbólico que outra coisa.

Não havia montante justo para o que eu passei nem há dinheiro que possa fazer voltar o tempo atrás e corrigir os males e as injustiças que me aconteceram”, garantiu, mas está satisfeito com o desfecho porque, ao pagar, a universidade manda a mensagem de que o aluno estava “inocente”.

Lembra ainda Francisco Sousa que a Procuradoria de San Diego concluiu que não havia motivos para o acusar: “só podemos deduzir acusações quando acreditamos que as podemos provar sem margem para qualquer dúvida“, lê-se no comunicado da procuradoria – e que a própria universidade, que conduziu uma investigação paralela “que demorou muito mais do que devia”, sublinhou o jovem licenciado, também se decidiu pela sua inocência.

Para este desfecho terão contribuído os elementos apresentados pela defesa: mensagens de telemóvel trocadas entre a estudante e o acusado antes e depois do sucedido, bem como fotografias de ambos que revelam uma relação íntima e consensual.

Talvez por em 2014 a Universidade de San Diego, com 35 mil alunos, lidar com uma série de queixas de “ataques sexuais“, o caso que envolveu Francisco foi altamente mediatizado, merecendo cobertura dos canais CBS, NBC e Fox News.

Durante todo o processo que o levou a entrepor uma ação contra a antiga faculdade, Francisco Sousa chegou a dizer à Fox que não queria apenas limpar o seu nome mas também um pedido de desculpas público e que a universidade mudasse a forma como investiga acusações de abuso sexual e outros crimes.

“Eles enviaram o email para toda a gente sem sequer me perguntarem o que quer que fosse”, disse ao canal televisivo americano. “Antes que houvesse uma investigação cuidada eles puseram-me um rótulo de criminoso“.

O jovem português tenciona agora procurar emprego nos Estados Unidos.

ZAP //

RESPONDER

Adeus, Mr. Charles Bradley

Foi através das redes sociais de Charles Bradley que o mundo ficou a saber da morte do músico norte-americano, aos 68 anos. O dono da marcante voz do soul morreu, vítima de cancro no estômago. Há …

Relatório sobre Tancos é tão secreto que ninguém sabe quem o fez

O primeiro-ministro, António Costa, reiterou esta noite desconhecer o relatório noticiado pelo Expresso sobre o furto de armas em Tancos, sublinhando que o documento não pertence a "nenhum organismo oficial" do Estado. “Não sei a que …

Benfica vs P. Ferreira | Artilharia com excesso de pontaria

O Benfica regressou às vitórias, após três jogos sem vencer. A vítima foi o Paços de Ferreira, que perdeu por 2-0 no Estádio da Luz, perante uma “águia” a querer responder à “crise” com muito …

Moreirense vs Sporting | Machadada na série leonina

O Sporting perdeu os primeiros pontos no campeonato ao empatar, por 1-1, na deslocação ao terreno do Moreirense. Sem Acuña, a equipa “leonina” revelou grandes dificuldades durante toda a partida, acabando por marcar apenas num autogolo, …

México registou 4287 réplicas do sismo de dia 7

O Serviço Sismológico Nacional (SSN) do México registou 4.287 réplicas do terramoto de dia 07, que abanou o centro e sul do país, informou hoje a diretora do centro, Xyoli Pérez Campos. Em conferência de imprensa, …

Autocarro eléctrico fez 1772km com uma só carga

Para que a transição para os veículos eléctricos seja total é necessário demonstrar a sua viabilidade como alternativa para todo o tipo de veículos, e a Proterra acaba de demonstrar que a autonomia não é …

TAP cancela Londres/Porto por falta de tripulação

A TAP cancelou hoje um voo entre Londres e o Porto, por não ter tripulação suficiente, confirmou à Lusa fonte oficial da companhia aérea, após relatos de passageiros que não puderam voar. A empresa explicou que …

Vice-presidente angolano arrasa Portugal e deixa relações por um fio

A defesa de Manuel Vicente, vice-presidente cessante de Angola, atira-se ao Ministério Público português, acusando-o de mentir e de violar a Lei Internacional, no âmbito do processo em que o governante é acusado de corrupção. O …

Ministério Público abre inquérito ao “apagão” dos 10 mil milhões para offshores

O Ministério Público decidiu abrir um inquérito ao 'apagão' informático que entre 2011 e 2014 permitiu que quase 10.000 milhões de euros fossem transferidos para offshores sem passar pela Autoridade Tributária, embora os bancos tenham …

Exército cercou favela da Rocinha (e nem assim acaba a "guerra do Rio")

As Forças Armadas do Brasil cercaram a comunidade da Rocinha, uma grande favela do Rio de Janeiro onde vivem pelo menos 70 mil pessoas. A decisão foi tomada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, com …