Um Universo de Lego para ver na Exponor

O recinto da Exponor, em Leça da Palmeira, está repleto de famílias que se debruçam sobre cidades, invasões de castelos medievais ou planetas distantes, todos edificados a partir de pequenas peças de Lego.

Em exposição até 8 de Dezembro, a mostra conta com vários recintos em que monumentos, como o Taj Mahal, são replicados em Lego, mas em que também esculturas de personagens de ficção científica ou tradicionais cenas quotidianas e citadinas ganham vida com recurso a Legos conjugados em circuitos electrónicos ou com programação digital.

Perante uma cidade com perto de cinco metros quadrados, em que não faltam comboios, feira popular ou carros eléctricos, Nuno Carvaca, professor de educação física, explicou à Lusa que cada um dos cerca de 20 edifícios do pequeno mundo que ajudou a edificar pode ter “mais de duas mil peças”.

Com uma etiqueta de identificação em que se pode ler “Dark Age 1982-2009”, o docente de educação física pretende aludir à idade das trevas por que qualquer aficionado adulto do brinquedo Lego teve que passar e que começa normalmente na adolescência.

“É o período em que não brinquei com Lego”, recordou Nuno Carvaca, “com a chegada da adolescência e outros interesses. Em 2009, já adulto, tive contacto com outros que tinham esta paixão e a partir daí tenho tido actividade contínua dentro deste ‘hobby’ da construção”, explicou.

Nuno Carvaca tem uma filha de dez anos e, enquanto admite que está a reviver a infância através dela, frisa que “o Lego dela é separado.”

“Ela diz que eu não brinco com o Lego, mas eu acho que sim”, disse à Lusa, salientando o cariz didáctico do brinquedo que atravessa várias gerações pela capacidade de desenvolver “questões como a orientação espacial, a capacidade de abstracção, a parte da geometria e até a parte da matemática, que obriga a contar peças para as construções”, para além da “parte lúdica que estimula a imaginação”.

Também para António Couto, acompanhado pelo filho Pedro, com 11 anos, é o estímulo à “imaginação, à criatividade”, mas também “a liberdade que os miúdos têm para construir e voltar a fazer e alterar” que o leva a juntar-se ao filho enquanto adepto das criações pessoais e minuciosas que o brinquedo permite.

Também com 11 anos de idade, Sérgio resumiu à Lusa o que o levou a ser fã de Lego: “O que penso é o que construo”, sentenciou, perante um visível orgulho do pai.

Estas arquitecturas de milhões de blocos podem ser visitadas no recinto da Exponor, em Leça da Palmeira, entre as 10h00 e 19h00.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: pouco Festival no FC Porto-Sporting

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-0-0-sporting-o-musical Está bem: Futebol Clube do Porto contra Sporting Clube de Portugal. Segundo classificado recebe o líder. Jogo que pode praticamente definir o novo campeão nacional de futebol. O encontro é naquele estádio junto ao centro …

Índia e Paquistão comprometem-se a respeitar cessar-fogo em Caxemira

Na quinta-feira, o Paquistão e a Índia alcançaram um acordo para fazer cumprir o cessar-fogo na região de Caxemira, reivindicada pelos dois países. A fronteira entre ambos é palco frequente de ataques que deixam soldados …

Governo quer rever norma da dádiva de sangue que exclui homossexuais

O Governo determinou, esta segunda-feira, a constituição de um grupo de trabalho para rever a norma que exclui dadores "por comportamento sexual". De acordo com o SAPO24, o Ministério da Saúde determinou a constituição de um …

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …