Um Universo de Lego para ver na Exponor

O recinto da Exponor, em Leça da Palmeira, está repleto de famílias que se debruçam sobre cidades, invasões de castelos medievais ou planetas distantes, todos edificados a partir de pequenas peças de Lego.

Em exposição até 8 de Dezembro, a mostra conta com vários recintos em que monumentos, como o Taj Mahal, são replicados em Lego, mas em que também esculturas de personagens de ficção científica ou tradicionais cenas quotidianas e citadinas ganham vida com recurso a Legos conjugados em circuitos electrónicos ou com programação digital.

Perante uma cidade com perto de cinco metros quadrados, em que não faltam comboios, feira popular ou carros eléctricos, Nuno Carvaca, professor de educação física, explicou à Lusa que cada um dos cerca de 20 edifícios do pequeno mundo que ajudou a edificar pode ter “mais de duas mil peças”.

Com uma etiqueta de identificação em que se pode ler “Dark Age 1982-2009”, o docente de educação física pretende aludir à idade das trevas por que qualquer aficionado adulto do brinquedo Lego teve que passar e que começa normalmente na adolescência.

“É o período em que não brinquei com Lego”, recordou Nuno Carvaca, “com a chegada da adolescência e outros interesses. Em 2009, já adulto, tive contacto com outros que tinham esta paixão e a partir daí tenho tido actividade contínua dentro deste ‘hobby’ da construção”, explicou.

Nuno Carvaca tem uma filha de dez anos e, enquanto admite que está a reviver a infância através dela, frisa que “o Lego dela é separado.”

“Ela diz que eu não brinco com o Lego, mas eu acho que sim”, disse à Lusa, salientando o cariz didáctico do brinquedo que atravessa várias gerações pela capacidade de desenvolver “questões como a orientação espacial, a capacidade de abstracção, a parte da geometria e até a parte da matemática, que obriga a contar peças para as construções”, para além da “parte lúdica que estimula a imaginação”.

Também para António Couto, acompanhado pelo filho Pedro, com 11 anos, é o estímulo à “imaginação, à criatividade”, mas também “a liberdade que os miúdos têm para construir e voltar a fazer e alterar” que o leva a juntar-se ao filho enquanto adepto das criações pessoais e minuciosas que o brinquedo permite.

Também com 11 anos de idade, Sérgio resumiu à Lusa o que o levou a ser fã de Lego: “O que penso é o que construo”, sentenciou, perante um visível orgulho do pai.

Estas arquitecturas de milhões de blocos podem ser visitadas no recinto da Exponor, em Leça da Palmeira, entre as 10h00 e 19h00.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …

Russos atormentam Estados Unidos outra vez. Presidenciais são o alvo

Os serviços secretos norte-americanos estão convencidos de que os russos estão, novamente, a tentar influenciar as presidenciais daquele país. Faltam nove meses para as eleições presidenciais norte-americanas, mas já há suspeitas de que os russos estão …

Processo obscuro e pouco transparente. Expansão do Metro do Porto cria mal-estar

O alargamento do Metro do Porto está a criar mal-estar entre algumas autarquias da área Metropolitana do Porto. Os autarcas falam num processo obscuro e pouco transparente. O protocolo para consolidação da expansão da rede de …

Barcelona contrata jogador com o mercado fechado (mas Leganés não pôde fazer o mesmo)

O Barcelona foi autorizado a contratar um jogador com o mercado fechado, mas o pedido do Leganés foi rejeitado. O clube perdeu Braithwaite para o clube catalão. O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do …

Portugueses gastam 160 euros por ano na "epidemia das raspadinhas". 11 vezes mais do que os espanhóis

De acordo com um estudo recente, há cada vez mais pessoas a chegarem aos consultórios médicos com a doença do jogo patológico desencadeada pela raspadinha. Num artigo científico publicado na The Lancet, Pedro Morgado e Daniela …

Direita chega ao jogo das comissões no MB Way. PSD e Chega juntam-se ao PS

O PSD quer alargar serviços dentro das contas de baixo custo e incluir transferências via a aplicação da SIBS. O Chega quer eliminar custos nessas transações. Depois da esquerda, é a vez da direita marcar terreno …

Fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sepultura errada

Numa tentativa de prestar homenagem ao ex-basquetebolista, vários fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sua sepultura. O problema é que o têm na campa de outra pessoa. Quase um mês depois …

Precários das escolas ganham menos 170 euros por mês ao entrarem nos quadros

Nas escolas, os psicólogos que passem a efetivos através do PREVPAP passam a ganhar menos 170 euros por mês. Há outros trabalhadores na mesma situação. Os psicólogos precários que trabalham em escolas passam a ganhar menos …