Temível navio de guerra alemão foi encontrado ao largo da Noruega 80 anos após afundar

Stattnett

Um navio de guerra alemão afundado por um torpedo durante a II Guerra Mundial foi encontrado no fundo do mar ao largo da Noruega mais de 80 anos depois de ter sido atacado.

A descoberta foi feita pela Statnett, a operadora de rede elétrica estatal da Noruega, que encontrou o cruzador Karlsruhe, perdido há oito décadas, a cerca de 488 metros abaixo do nível do mar.

O navio, que mede 174 metros de comprimento e ainda tem a cruz suástica nazi, liderou um ataque à cidade de Kristiansand, no sul da Noruega, na invasão de abril de 1940. Durante a operação, foi atacado pela artilharia norueguesa, torpedeado por um submarino britânico e submerso pelos próprios alemães.



Segundo um livro publicado no mesmo ano da invasão nazi, o contra-almirante alemão Otto Schenk descreveu a forma como o barco foi atacado ao entrar num fiorde perto de Kristiansand antes de ser atingido por um torpedo britânico. Depois, foi afundado por ordem do capitão alemão.

Quando a II Guerra Mundial estourou sete meses antes, em setembro de 1939, a Noruega declarou-se neutra. Hitler ordenou a sua invasão em 9 de abril de 1940 e as tropas alemãs rapidamente ocuparam Oslo, Bergen, Trondheim e Narvik.

Apoiado pelas forças aliadas, o Exército norueguês montou um esforço de resistência, mas os nazis assumiram o controlo em junho de 1940 até à libertação em abril de 1945.

“É possível encontrar o destino de Karlsruhe nos livros de História, mas ninguém sabia exatamente onde o navio afundou”, disse Frode Kvalø, arqueólogo e investigador do Museu Marítimo Norueguês. “Além disso, foi o único grande navio de guerra alemão que se perdeu durante o ataque à Noruega com uma posição desconhecida. Depois de todos estes anos, finalmente sabemos onde se localiza o cemitério deste importante navio de guerra”.

“Com a bateria principal de nove canhões em três torres triplas, este era o maior e mais temível navio do grupo de ataque contra Kristiansand”, acrescentou Kvalø.

Stattnett

Sinais de destroços foram detetados pela primeira vez há três anos durante o trabalho de inspeção, quando o sonar detetou um naufrágio a 15 metros de um cabo de energia submarino entre a Noruega e a Dinamarca.

Este verão, o engenheiro de projeto sénior da empresa, Ole Petter Hobberstad, realizou novas investigações num navio chamado Olympic Taurus. Juntamente com a sua equipa, usou ecobatímetros de múltiplos feixes e um veículo operado remotamente para examinar a cena.

“Quando os resultados do ROV nos mostraram um navio que foi torpedeado, percebemos que era da guerra. Conforme os canhões se tornaram visíveis na tela, entendemos que era um enorme navio de guerra. Ficámos muito entusiasmados e surpreendidos com o tamanho dos destroços”, contou Hobberstad.

“Encontrar um naufrágio de guerra tão especial é raro e divertido para nós que trabalhamos com investigações subaquáticas”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …

Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas

Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, …

Rui Costa, Benfica

Acções do Benfica com comissão milionária a Carlos Janela. Em AG muito quente, sócios gritaram, mas não puderam votar

A Assembleia-Geral (AG) Extraordinária do Benfica de sexta-feira à noite foi muito quente, com cânticos, protestos e pedidos de demissão dos sócios. Enquanto isso há novos dados sobre o negócio de venda das acções do …

"Não tem passado de figurante". Fenprof diz que sistema educativo bloqueava se dependesse do ministro

O secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, considerou, esta sexta-feira, que sistema educativo em Portugal já tinha bloqueado se dependesse do trabalho do ministro da Educação e do Governo, realçando que o …

País "esqueceu-se de que existe engenharia". Especialistas criticam recomendação da DGS para ventilação nas escolas

Recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a ventilação nas escolas ficam aquém do que seria necessário, dizem especialistas. Tendo em conta que a covid-19 se transmite por aerossóis, é importante que exista uma boa ventilação …

O "ar salazarento" dos ministros na campanha do PS. Temido usou carro do Governo e pode ter cometido crime

A presença de ministros na campanha dos candidatos socialistas às autárquicas está a causar polémica, sobretudo no Porto, com Rui Moreira a criticar "o ar salazarento de chapelada" do PS. Marta Temido, ministra da Saúde, …

Ataques aéreos dos EUA mataram até 48 mil civis em 20 anos. Pentágono admite morte de civis em Cabul

Uma investigação independente concluiu que entre 22 mil e 48 mil civis morreram vítimas de ataques aéreos das forças dos EUA desde o 11 de Setembro. O Pentágono admitiu também que o ataque a um …