Últimos moradores do prédio Coutinho ficam sem gás

Abel F.Dantas / ZAP

Os últimos 11 moradores do prédio Coutinho, no centro de Viana do Castelo, ficam esta terça-feira sem fornecimento de gás, afirmou Agostinho Correia, residente que admite ser “difícil” continuar a “fazer vida” no edifício já sem abastecimento de água.

“Não tenho água para fazer o pequeno-almoço e tomar banho. Assim é impossível. O meu filho trouxe-me um garrafão de água para lavar a cara, mas tomar banho é impossível. Hoje vão cortar o gás e depois a luz. Não posso fazer vida em casa, mas não entrego a chave”, afirmou esta manhã Agostinho Correia.

O empresário, de 88 anos, vive há 30 no edifício Jardim, localmente conhecido como prédio Coutinho, o nome do construtor que, na década de 70, ergueu os seus 13 andares.

Na segunda-feira, os últimos 11 moradores no edifício recusaram entregar a chave das habitações à VianaPolis, no prazo fixado pela sociedade que gere o programa Polis, para tomar posse administrativa das últimas frações do edifício.

Esta ação de despejo estava prevista cumprir-se às 09h00 de segunda-feira, na sequência de uma decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga, de abril, que declara improcedente a providência cautelar movida pelos moradores em março de 2018.

Durante a tarde de segunda-feira, a VianaPolis começou a avisar os últimos moradores da suspensão do abastecimento de água e começou a mudar as fechaduras das casas que já não se encontravam habitadas. Desde manhã cedo que a PSP de Viana do Castelo acompanhou todo o processo, “para garantir a ordem pública”.

A polícia permanece no pátio fronteiro ao edifício, mas com um dispositivo mais reduzido. Nas duas portas de acesso ao prédio, já com novas fechaduras para impedir que quem sai volte a entrar, estão dois seguranças de uma empresa privada, contratada pela VianaPolis.

O fornecimento de gás vai ser cortado esta terça-feira, tal como as telecomunicações. No jardim público, mesmo em frente ao prédio, junto ao rio Lima, as pessoas vão acompanhando e comentando a operação.

Esta manhã, Agostinho Correia saiu do edifício “à hora de sempre”. Eram 09h00 já abria a porta aos funcionários no negócio de têxteis instalado mesmo ao lado do prédio. Amparado pela bengala, o morador disse já ter começado a “tirar as miudezas” do interior do apartamento, no quinto andar, “mas as mobílias ficaram”.

“É horrível, querem-me tirar a casa que eu paguei. Ainda por cima com a minha mulher tão doente no hospital”, lamentou. Apesar de admitir a “falta de condições” para viver no apartamento garantiu que vai “resistir”.

“Vou continuar a resistir mas não posso fazer vida lá. Vou lá dormir e mais nada. Entregar as chaves não entrego. É um absurdo, querem pôr-me fora da minha casa, querem dar-me uma indemnização ridícula e não pode ser”, frisou. O empresário disse ter “uma segunda habitação, mas muito longe do negócio”.

“Há 18 anos que andamos nesta luta pelas nossas casas. E agora foi de qualquer maneira, com estas cenas aqui, polícia. Têm seguranças nas duas portas“, referiu.

Na segunda-feira, em declarações aos jornalistas, o presidente da Câmara de Viana do Castelo acusou os últimos 11 moradores do prédio Coutinho de “ocupação ilegal” de “propriedade do Estado”, garantindo que a VianaPolis “recorrerá a todos meios legais para tomar posse das habitações.

“As pessoas, neste momento, estão a desobedecer a uma decisão do tribunal, que é a de terem que abandonar as frações porque são propriedade da VianaPolis. O que estamos a fazer é a tomar posse efetiva das frações, porque a ocupação por parte das pessoas, neste momento, configura uma ocupação ilegal”, disse José Maria Costa.

A VianaPolis é detida em 60% pelo Estado e em 40% pela Câmara de Viana do Castelo.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Incêndios na Austrália permitiram descobrir canal mais antigo do que as Pirâmides do Egipto

Depois de a vegetação ter sido devastada pelos incêndios em Victoria, na Austrália, investigadores descobriram que este sistema de canais é significativamente maior do que se pensava. Desde setembro do ano passado que a Austrália enfrenta uma …

Sírios estão a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer

O coordenador do projeto Médicos Sem Fronteiras na Síria diz que muitas famílias estão a ser forçadas a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer. Bombardeamentos aéreos na Síria são uma constante. …

Casa Branca prepara medidas para travar "turismo de parto"

A Casa Branca prepara-se para endurecer as medidas que permitem a emissão de vistos para mulheres estrangeiras que vão aos Estados Unidos dar à luz para que os seus filhos recebem automaticamente cidadania norte-americana. A …

Eletrões e quarks podem experimentar consciência, defende professor

O filósofo Philip Goff defende, num livro que publicou recentemente, uma teoria milenar que sustenta que todas as formas de matéria - incluindo os eletrões e até os quarks - podem experimentar consciência. Tal como observa …

Lego lança réplica da Estação Espacial Internacional

A Lego anunciou um novo conjunto para todos os entusiastas de exploração espacial. A Estação Espacial Internacional está a muitos quilómetros de distância da Terra mas, agora, quem quiser pode ter uma reprodução nas sua …

HBO anuncia sátira de animação sobre família real britânica

A plataforma de streaming HBO encomendou uma série de comédia do género de "Family Guy" em versão realeza, inspirada nos membros mais famosos da família real britânica.  De acordo com a AFP, a série vai chamar-se …

Salário mínimo sobe para 950 euros em Espanha

O Governo de Espanha anunciou, esta quarta-feira, um aumento do salário mínimo nacional para 950 euros. A ministra do Trabalho e da Economia Social, Yolanda Díaz, anunciou, esta quarta-feira, a subida do salário mínimo para os …

O Relógio do Juízo Final avança 20 segundos. Faltam 100 para o Apocalipse

O Boletim de Cientistas Atómicos anunciou, esta quinta-feira, que o Relógio do Julízo Final está mais próximo do apocalipse. Especialistas avançaram o relógio 20 segundos para alertar líderes e cidadãos de todo o mundo que …

Juiz que pediu escusa por ser benfiquista continua com o caso dos emails

O presidente do Tribunal da Relação do Porto decidiu julgar improcedente o pedido de escusa do juiz. Em causa estava o facto de ser adepto do Benfica. Segundo o jornal Público, o juiz desembargador Eduardo Pires, …

Portugal piorou no Índice de Perceção de Corrupção

Mais de dois terços dos países, juntamente com muitas das economias mais avançadas do mundo, estão estagnados ou mostram sinais de retrocesso nos seus esforços de combate à corrupção. Segundo o Índice de Perceção de Corrupção …