Última oportunidade para consumar o Brexit: “O comboio já passou duas vezes”

European Parliament / Flickr

Pierre Moscovici, comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros

O comissário europeu Pierre Moscovici entende que o Parlamento britânico tem esta quarta-feira a última oportunidade para conseguir um acordo que garante uma “saída suave” do Reino Unido da União Europeia.

Moscovici disse à estação de televisão francesa France-2 que a UE “fez tudo” o que podia fazer para garantir a retirada do país do bloco europeu. “O comboio já passou duas vezes”, disse o comissário europeu, sublinhando que a União não vai renegociar o acordo antes do dia 29 de março, a data fixada para a saída do Reino Unido.

A Câmara dos Comuns vota às 19h a opção de saída do bloco europeu sem qualquer tipo de pacto, depois de os deputados terem rejeitado na terça-feira, pela segunda vez, o acordo do Brexit negociado durante quase dois anos pelo Governo britânico de Theresa May e Bruxelas.

Moscovici sublinha que a votação aumenta as hipóteses de uma saída “desordenada e brutal” e compara a situação a “um penhasco”, mas admite um eventual adiamento caso o Reino Unido apresente uma justificação.

Também esta quarta-feira, o primeiro vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, sublinhou perante o Parlamento Europeu, em Estrasburgo, que a solução para o ‘Brexit’ “tem de vir de Londres”.

“Hoje estamos nas mãos do sistema político britânico. Eles devem dizer-nos que direção querem seguir a partir de agora”, declarou Timmermans, num debate sobre o processo. O holandês lamentou que, “apesar das clarificações suplementares que foram dadas e apesar dos esforços tremendos de Michel Barnier (negociador-chefe da UE) e de Jean-Claude Juncker (presidente da Comissão) para ajudar Theresa May a clarificar as questões”, o acordo tenha voltado a ser rejeitado.

No caso do país vir a sair da União sem acordo, a 29 de março, o Reino Unido afasta a aplicação de taxas sobre a maioria das importações, assim como tributações sobre produtos irlandeses que entrem na Irlanda do Norte.

Perante a incerteza sobre a forma como se poderá concretizar a saída do Reino Unido, o executivo deu a conhecer esta quarta-feira “medidas temporárias” que implicam “uma modesta liberalização” do regime de tarifas, sendo que 87% das importações não vão ficar sujeitas a taxas.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Maioria dos cuidadores informais desconhecem que podem aceder a um estatuto

A maioria dos cuidadores informais inquiridos num estudo do movimento que lhes quer "dar voz" revela desconhecer o estatuto em vigor há um ano e queixa-se da falta de apoios para prestar cuidados, mas também …

Novo Banco avança com ação contra empresas de Berardo para cobrar 3,5 milhões de euros

O Novo Banco avançou com uma nova ação de execução contra duas empresas de José Berardo, no valor de 3,5 milhões de euros. O Novo Banco interpôs uma ação de execução ordinária contra a Metalgest e …

Fauci prevê que seja retomado o uso da vacina da Johnson & Johnson nos EUA

Anthony Fauci prevê que o regulador norte-americano ponha fim à pausa temporária do uso da vacina da Johnson & Johnson (J&J) contra a covid-19. Acrescentou ainda que acredita que a decisão será tomada até sexta-feira. "A …

Relatório secreto aponta o dedo à CMVM, auditoras e Angola na queda do BES

O Banco de Portugal não será o único culpado pela queda do BES. O Relatório Costa Pinto aponta o dedo à CMVM, à KPMG e PwC, e ao Banco Nacional de Angola. O Relatório Costa Pinto …

Avança 3.ª fase do desconfinamento. Shoppings, lojas, restaurantes e espetáculos de volta

Esta segunda-feira, a generalidade do país avança para a terceira fase do processo de desconfinamento. A última fase acontece daqui a duas semanas, a 3 de maio. Na generalidade do território nacional vai ser possível, a …

José Mourinho despedido do Tottenham

José Mourinho foi despedido do comando técnico do Tottenham. Os maus resultados da equipa ditaram a saída do treinador. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo portal britânico The Athletic. O lugar do português já há …

Ventura vai "atrás" de Costa (e espera um milhão de votos nas legislativas)

O Chega organizou, este domingo, uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura sublinhou que o partido não tem medo e que "só o povo" pode fazê-lo. O presidente do Chega afirmou, este domingo, que …

Juiz-Anti-Confinamento

"Pelos castelos de Portugal" em protestos ilegais, juiz anti-confinamento não pode ser detido

O juiz Rui Fonseca e Castro, que se tornou conhecido pela postura anti-confinamento tem reunido vários apoiantes em protestos sem máscaras e sem distanciamento social. Mas, apesar da detenção de alguns desses apoiantes, o magistrado …

Navalny. Ministros europeus analisam situação de opositor russo

Os ministros dos Negócios Estrangeiros europeus vão analisar a situação de Alexei Navalny, opositor à Presidência russa cujo estado de saúde se agravou devido à greve de fome que iniciou na prisão, anunciou este domingo …

Espanha aprova lei para proteger as crianças contra a violência. Decisão é pioneira a nível mundial

Espanha está a pouco mais de um mês de dar um passo importante em prol da defesa dos direitos sociais dos cidadãos. O Congresso dos Deputados aprovou na passada quinta-feira o projeto de lei de …