Ucrânia vence Festival Eurovisão com crítica política à Rússia

Maja Suslin / EPA

A ucraniana Jamala venceu a 61ª edição do Festival Eurovisão com a canção "1944"

A ucraniana Jamala venceu a 61ª edição do Festival Eurovisão com a canção “1944”

A Ucrânia venceu este sábado a 61.ª edição do Festival Eurovisão com a canção “1944”, interpretada em inglês por Jamala.

De conteúdo marcadamente político, e vista como uma provocação a Moscovo, ao evocar a deportação dos Tártaros da Crimeia por Josef Estaline, “1944” levou a melhor sobre a Austrália, convidada para esta edição do festival e apontada como favorita, que ficou na segunda posição.

Foi a segunda vitória da Ucrânia no Festival Eurovisão, depois de Ruslana ter vencido na Turquia a edição de 2004 com “Wild Dances”.

A Rússia, também considerada uma das grandes favoritas à vitória nesta edição do Festival, ficou em terceiro lugar com a canção “You Are The Only One”, interpretada por Sergey Lazarev.

“Para a Rússia, isto é muito importante, é como os Jogos Olímpicos da música. O público russo adora a Eurovisão. Todos os anos, as audiências sobem”, disse o cantor em entrevista à BBC.

O resultado final foi decidido em partes iguais pelo voto de júris profissionais e pelo televoto dos 42 países participantes. A Ucrânia obteve 534 votos, contra 511 da Austrália e 491 da Rússia.

A edição deste ano do festival, que se realizou na Ericsson Globe Arena, em Estocolmo, na Suécia, não contou com a presença de Portugal.

A última participação portuguesa teve lugar em 2015, ano em que Leonor Andrade não foi além do 14º lugar na semi-final.

Os 26 finalistas deste ano foram compostos pelos 20 qualificados na primeira e segunda semifinal, realizada nos dias 10 e 12 de maio, e pelos seis países apurados automaticamente: os chamados “grandes 5” (França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido) e o país anfitrião, Suécia.

A final do Festival foi pela primeira vez transmitida em directo no YouTube, no canal da Eurovisão.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Sánchez desloca-se a Barcelona para “visitar agentes feridos” e lembra obrigações de Torra

O presidente do governo espanhol, em funções, Pedro Sánchez, desloca-se esta segunda-feira a Barcelona, após ter criticado o presidente do governo regional da Catalunha por não ter condenado com firmeza os atos de violência dos …

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …

Telemóveis e computadores podem acelerar o envelhecimento

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluiu que a exposição diária à luz azul, como aquela que é emitida por telemóveis e computadores, pode afetar a …

Quatro espeleólogos portugueses desaparecem em gruta espanhola

Uma equipa de resgate foi acionada para localizar quatro espeleólogos portugueses que estão desde sábado na gruta de Cueto-Coventosa, em Espanha, com os trabalhos de socorro a serem dificultados pelo aumento do nível da água Quatro …

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …