Uber quer investir 500 milhões para criar os seus próprios mapas

A dependência face ao Google Maps levou a empresa a querer investir cerca de 500 milhões para fazer os seus próprios mapas.

A Uber planeia investir 500 milhões de dólares num ambicioso projeto global de mapas, uma medida que pode ser explicada essencialmente por dois motivos.

Por um lado, essa será uma forma de acabar com a dependência face ao Google Maps e, por outro, permitirá avançar com os planos para os carros autónomos.

Esta nova “aventura” da aplicação não pode ser considerada uma surpresa, já que, no ano passado, a empresa contratou Brian McClendon.

Antes de chegar à aplicação, McClendon era um executivo proeminente da Google, que liderava precisamente a unidade Google Maps.

“O Uber não existiria se não tivessem sido criados primeiro mapas digitais interativos. Durante mais de uma década, ajudei a liderar esse esforço à frente do Google Maps. Hoje, lidero os projetos de mapeamento da Uber para assegurar que oferecemos viagens seguras e fiáveis – onde quer que você esteja”, escreveu o responsável no blogue da aplicação.

Os mapas existentes são um bom ponto de partida, continuou, mas contêm informações que não são relevantes para a Uber – por exemplo, a topografia dos oceanos.

E há outras informações que, pelo contrário, ainda são escassas, como padrões de trânsito e a localização precisa dos pontos de partida e de chegada dos clientes.

Mais importante ainda: a empresa quer garantir boas experiências em qualquer parte do mundo, mesmo onde não existem mapas detalhados ou até mesmo sinais de trânsito.

“A necessidade de mapas personalizados para a experiência Uber é o motivo pelo qual estamos a duplicar o nosso investimento nos mapas”, referiu.

Depois de terem posto carros com tecnologia na estrada para melhorar os mapas nos Estados Unidos, a Uber está agora a fazer o mesmo no México.

McClendon refere que os esforços da empresa são semelhantes aos de outras companhias, como a Apple e a TomTom.

As imagens captadas por estes carros vão ajudar nessa melhoria da localização dos pontos onde os condutores apanham os clientes e onde os deixam, além de rotas alternativas e ideais. Assim que terminarem o projeto no México, vão começar a fazer o mesmo teste noutros países.

“Na última década, a inovação nos mapas provocou disrupção em indústrias e mudou a vida quotidiana de formas que eu não poderia ter imaginado quando comecei”, admite o executivo.

“Esse progresso só vai acelerar nos próximos anos, em especial com tecnologias como os carros autónomos“, vaticinou.

ZAP / B!T

PARTILHAR

RESPONDER

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …