Twitter suspendeu em dois meses mais de 70 milhões de contas

Arjen Stilklik / Flickr

O Twitter está a livrar-se de contas falsas a uma velocidade recorde

A rede social Twitter suspendeu nos últimos dois meses mais de 70 milhões de contas, suspeitas de propagar informações falsas, no âmbito da luta contra atividades criminosas, divulgou o jornal Washington Post.

Segundo o jornal norte-americano Washington Post, que cita informações confirmadas pelo Twitter, a média de suspensões de contas supera o milhão por dia, mas teve um pico em meados de maio, quando mais de 13 milhões de contas suspeitas foram suspensas numa única semana. A tendência manteve-se em junho, segundo o jornal.

As principais redes sociais, Facebook e Twitter à frente, colocaram em prática regras mais rígidas para as publicações políticas, depois de fortes críticas a propósito da inércia das redes face à proliferação de informações falsas durante a campanha eleitoral dos Estados Unidos de 2016.

Em muitos casos as mensagens eram colocadas por “bots”, contas automáticas ou contas baseadas na Rússia.

Em maio, o Twitter anunciou a entrada em vigor de novas regras para os anunciantes políticos, que deverão fornecer documentos autenticados, provando que estão nos Estados Unidos. Para as eleições parlamentares de novembro os candidatos terão de ser claramente identificados.

Em fevereiro, a justiça americana acusou 13 cidadãos russos de terem participado “numa guerra de informação contra os Estados Unidos” nas redes sociais, exacerbando as tensões raciais e políticas durante a campanha eleitoral para favorecer o candidato republicano, Donald Trump, e denegrir a candidata democrata, Hillary Clinton.

O procurador especial Robert Mueller investigou a possível associação da equipa de campanha de Trump com responsáveis russos para favorecer a eleição do atual Presidente, algo que Donald Trump nega.

O Twitter está a livrar-se de contas falsas a uma velocidade recorde“, escreveu o Presidente dos Estados Unidos na rede social, que usa diariamente, perguntando-se se o New York Times e o Washington Post, dois jornais que critica com regularidade, também fariam parte do lote. Segundo vaticina o presidente norte-americano, ambos os jornais vão encerrar em menos de 7 anos.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Telma Monteiro sagra-se campeã europeia de judo

A judoca Telma Monteiro conquistou esta sexta-feira a medalha de ouro na categoria de -57 kg nos Europeus em Lisboa, ao vencer na final a eslovena Kaja Kajzer, por 'ippon'. Telma alcançou o seu sexto título …

PS já não está a uma só voz. José Sócrates, o ativo tóxico, fez mossa e dividiu o partido

Fernando Medina diz que não falou com António Costa, Vieira da Silva não esconde o desgosto e o PS já não está a uma só voz. O juiz Ivo Rosa arrasou o Ministério Público (MP) na …

A brilhar na Alemanha, André Silva pode sair por preço de saldo

Cada vez mais clubes estão interessados na contratação de André Silva. O internacional português tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros. André Silva tem passado por altos e baixos na sua ainda curta …

Possibilidade de melhoria de nota no secundário aprovada. Decisão do ano passado foi "injusta"

Foram, esta quinta-feira, aprovados projetos que permitem a realização de exames para melhoria de nota para os alunos do ensino secundário. O PS absteve-se da votação. De acordo com o Expresso, o Parlamento aprovou esta quinta-feira …

PRR. Governo admite pedir mais 2,3 mil milhões de euros para capitalizar empresas

Capitalização e inovação das empresas, e a possibilidade de pedir mais 2,3 mil milhões de euros (para um total de cinco mil milhões) na componente de empréstimos. António Costa fez, durante a tarde desta sexta-feira, …

OMS alerta para crescimento "preocupante" de casos no mundo

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira para o continuo crescimento de casos de covid-19 no mundo, referindo que o número de novos casos confirmados por semana quase duplicou nos últimos …

Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes "conscientes"

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos. No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso …

Governo acusado de financiar queima de resíduos recicláveis com 50 milhões de euros

A associação ambientalista Zero acusa o Ministério do Ambiente de utilizar 50 milhões de euros do Fundo Ambiental para financiar a queima de resíduos recicláveis em Lisboa e Porto, indo contra a nova legislação sobre …

Zimbabué. Sem nacionalidade reconhecida, milhares de pessoas lutam de forma desigual por educação e saúde

Centenas de milhares de pessoas no Zimbabué foram marginalizadas e forçadas a lutar de forma desigual pelo acesso à educação, saúde e habitação, porque não têm nacionalidade reconhecida pelo país, acusou um relatório da Amnistia …

Nova Entidade para a Transparência volta a derrapar. Só arranca em 2023

A nova Entidade para a Transparência, o organismo para fiscalizar políticos e altos cargos públicos aprovado em 2019, só deverá arrancar em 2023. A previsão foi avançada por João Caupers, presidente do Tribunal Constitucional (TC), numa …