Turquia será o primeiro país a ter drones militares equipados com metralhadoras

ASİSGUARD

A Turquia pode tornar-se o primeiro país do mundo a receber um drone com uma metralhadora acoplada, capaz de atingir alvos com alta precisão. O país espera que estes equipamentos sejam entregues até ao fim do ano.

De acordo com o New Scientist, o drone de 25 quilos tem oito lâminas rotativas que o colocam no ar. A metralhadora que vem acoplada carrega 200 cartuchos de munição e pode disparar tiros únicos ou rajadas de 15 cartuchos.

Muitos países e grupos já usam pequenos drones militares capazes de lançar granadas ou atingir alvos, nos quais detonam explosivos. O novo drone, denominado Songar e fabricado pela empresa Asisguard, com sede em Ancara, é o primeiro drone equipado com uma arma de fogo, pronta a ser utilizada.

Segundo o artigo, é difícil para um drone atirar com precisão, por um lado devido à dificuldade de avaliar o alcance e o ângulo e, por outro, porque o recolhimento de cada tiro move significativamente o equipamento, afetando o objetivo da próxima rodada.

Para superar esses desafios, o Songar dispõe de dois sistemas: um desses usa sensores – câmaras e um telémetro a laser -, para calcular a distância, o ângulo e a velocidade do vento, determinando assim o local para onde apontar; o segundo é um conjunto de braços robóticos que movem a metralhadora para compensar os efeitos do recuo.

A Asisguard afirma que este drone tem uma precisão tal que permite atingir uma área de 15 centímetros a 200 metros de distância. Isso é preciso o suficiente para que cada bala atinja um alvo do tamanho humano. O piloto do drone escolhe o alvo colocando mira sobre o mesmo, com recurso a uma tela inserida no controle remoto.

A empresa acredita que, com melhorias na precisão, o Songar seja capaz de atingir, em breve, alvos a mais de 400 metros de distância.

O drone possui ainda sensores noturnos para operar no escuro e tem um alcance de 10 quilómetros, podendo também operar em grupos. Para Ayhan Sunar, da Asisguard, um grupo composto por três desses drones pode ser pilotado com um único controle remoto, com o grupo a disparar ao mesmo tempo sob um determinado alvo.

Segundo Robert Bunker, do Instituto de Estudos Estratégicos do Exército dos Estados Unidos, na Pensilvânia, a preocupação é que grupos armados possam copiar a tecnologia e produzir as suas próprias versões improvisadas.

O Songar pode igualmente estabelecer novos usos para estes equipamentos, acrescentou.  Os drones com metralhadoras, por exemplo, poderiam lançar fogo supressor, enquanto outros realizavam ataques a alvos mais substanciais, como infraestruturas ou veículos.

As forças armadas turcas estão envolvidas no patrulhamento da fronteira do país com a Síria. Em outubro, a Turquia lançou ataques aéreos em cidades fronteiriças, resultando no deslocamento de centenas de milhares de pessoas, além de vários relatos de violações dos direitos humanos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Até as estrelas têm auroras (e já as podemos ver)

Uma equipa internacional de astrónomos observou sinais de rádio estranhos vindos de uma anã vermelha. Estas ondas bizarras estavam a ser produzidas pela interação com um exoplaneta que orbitava a estrela, criando uma aurora. Apesar de …

Tiroteios em dois bares fazem oito mortos na Alemanha

Pelo menos oito pessoas morreram hoje em dois tiroteios em dois bares na cidade alemã de Hanau, no centro do país, indicou a polícia local, sem precisar o número. O primeiro tiroteio ocorreu num bar de …

Descobertos sarcófago e altar dedicado ao fundador de Roma do século VI a.C.

Os dois objetos foram descobertos numa área subterrânea perto da Cúria, foi anunciado esta terça-feira. Um sarcófago considerado "excecional" e um altar do século VI a.C., que poderá ter sido dedicado a Rómulo, fundador de Roma, …

40 anos depois, cientistas identificam falha fundamental na eficiência dos painéis solares

Os painéis solares são uma das invenções mais impressionantes, mas é emergente descobrir como torná-los ainda mais eficientes. Recentemente, uma equipa de cientistas resolveu um mistério de 40 anos em torno de um dos principais …

SIC vai lançar serviço de streaming e canal de e-sports este ano

A SIC vai avançar para uma plataforma de streaming ainda em 2020. A "Netflix à portuguesa" ainda não tem nome, mas tem como objetivo "encontrar mais e novas audiências". Em entrevista ao jornal Público, o CEO …

Dagmar Turner tocou violino enquanto lhe era removido um tumor do cérebro

Uma paciente do King's College Hospital, no Reino Unido, tocou violino enquanto os médicos lhe removiam um tumor do cérebro. Desta forma, foi possível preservar a sua capacidade de tocar e a sua paixão de 40 …

"Não é aceitável". Tribunal de Contas refuta acusações de Manuel Heitor

O Tribunal de Contas (TdC) refutou as acusações do ministro do Ensino Superior sobre a auditoria ao modelo de financiamento do setor, considerando-as inaceitáveis e infundadas. "O tribunal tem o máximo respeito pela opinião dos auditados, …

"Lava que se farta". Isabel dos Santos recorre da absolvição de Ana Gomes

A empresária angolana recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa por causa das publicações no Twitter nas quais a antiga eurodeputada acusa a empresária, por exemplo, de "lavar que se farta". Em janeiro, o Tribunal …

Ministro considera "inaceitável" que TAP pague prémios em ano de prejuízos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação considerou "inaceitável" que a TAP, empresa que "tem 100 milhões de euros de prejuízos" em 2019, atribua prémios a uma minoria de trabalhadores. "É uma falta de respeito para …

Eventos climáticos extremos podem levar os EUA a uma crise económica, revela estudo

Um relatório recentemente divulgado revela que os eventos climáticos extremos podem levar os Estados Unidos (EUA) a uma crise económica sem precedentes, com uma maior incidência no mercado da energia. "Se o mercado não fizer um …