Turquia será o primeiro país a ter drones militares equipados com metralhadoras

ASİSGUARD

A Turquia pode tornar-se o primeiro país do mundo a receber um drone com uma metralhadora acoplada, capaz de atingir alvos com alta precisão. O país espera que estes equipamentos sejam entregues até ao fim do ano.

De acordo com o New Scientist, o drone de 25 quilos tem oito lâminas rotativas que o colocam no ar. A metralhadora que vem acoplada carrega 200 cartuchos de munição e pode disparar tiros únicos ou rajadas de 15 cartuchos.

Muitos países e grupos já usam pequenos drones militares capazes de lançar granadas ou atingir alvos, nos quais detonam explosivos. O novo drone, denominado Songar e fabricado pela empresa Asisguard, com sede em Ancara, é o primeiro drone equipado com uma arma de fogo, pronta a ser utilizada.

Segundo o artigo, é difícil para um drone atirar com precisão, por um lado devido à dificuldade de avaliar o alcance e o ângulo e, por outro, porque o recolhimento de cada tiro move significativamente o equipamento, afetando o objetivo da próxima rodada.

Para superar esses desafios, o Songar dispõe de dois sistemas: um desses usa sensores – câmaras e um telémetro a laser -, para calcular a distância, o ângulo e a velocidade do vento, determinando assim o local para onde apontar; o segundo é um conjunto de braços robóticos que movem a metralhadora para compensar os efeitos do recuo.

A Asisguard afirma que este drone tem uma precisão tal que permite atingir uma área de 15 centímetros a 200 metros de distância. Isso é preciso o suficiente para que cada bala atinja um alvo do tamanho humano. O piloto do drone escolhe o alvo colocando mira sobre o mesmo, com recurso a uma tela inserida no controle remoto.

A empresa acredita que, com melhorias na precisão, o Songar seja capaz de atingir, em breve, alvos a mais de 400 metros de distância.

O drone possui ainda sensores noturnos para operar no escuro e tem um alcance de 10 quilómetros, podendo também operar em grupos. Para Ayhan Sunar, da Asisguard, um grupo composto por três desses drones pode ser pilotado com um único controle remoto, com o grupo a disparar ao mesmo tempo sob um determinado alvo.

Segundo Robert Bunker, do Instituto de Estudos Estratégicos do Exército dos Estados Unidos, na Pensilvânia, a preocupação é que grupos armados possam copiar a tecnologia e produzir as suas próprias versões improvisadas.

O Songar pode igualmente estabelecer novos usos para estes equipamentos, acrescentou.  Os drones com metralhadoras, por exemplo, poderiam lançar fogo supressor, enquanto outros realizavam ataques a alvos mais substanciais, como infraestruturas ou veículos.

As forças armadas turcas estão envolvidas no patrulhamento da fronteira do país com a Síria. Em outubro, a Turquia lançou ataques aéreos em cidades fronteiriças, resultando no deslocamento de centenas de milhares de pessoas, além de vários relatos de violações dos direitos humanos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …