Turista ficou preso num supermercado em Braga porque funcionários foram almoçar

“É uma vergonha e uma falta de responsabilidade.” É assim que um turista brasileiro se queixa, num vídeo que divulgou no Youtube, depois de ter ficado preso dentro de um supermercado de Braga, durante a pausa para almoço dos funcionários.

Ademar Lima, de 62 anos, garante que ficou encerrado durante duas horas no interior do Minipreço localizado em S. Victor, em Braga, na passada sexta-feira, 24 de Março.

O turista brasileiro filmou-se no interior da loja, enquanto vai lamentando que “é uma vergonha e uma falta de responsabilidade” o facto de os funcionários terem saído para almoçar, sem se aperceberem da sua presença no interior do supermercado.

A dada altura, começam a soar alarmes que se presume que sejam do espaço comercial e Ademar Lima queixa-se de se sentir como “um bandido”.

Em declarações ao Jornal de Notícias, Ademar Lima garante que não pretende “apontar culpados”, nem “puni-los por este lamentável episódio”, alegando que o seu vídeo visa apenas “alertar as pessoas, principalmente turistas”, para que “tenham atenção para o facto de haver esse período de duas horas para o almoço” e porque “pode não haver qualquer aviso de voz ou alguém verificando a existência de clientes ainda presentes”.

O Minipreço já veio pedir desculpas pelo sucedido, assumindo “total responsabilidade” pelo insólito caso e “lamentando profundamente os transtornos causados”, conforme nota enviada ao Correio da Manhã.

“Todos os procedimentos internos, que vigoram no nosso perímetro de mais de 620 lojas no território nacional, são rigorosos e abrangem um alargado conjunto de normas e regulamentos que privilegiam a segurança e o conforto de todos os nossos clientes e funcionários”, garante também fonte da cadeia de supermercados.

“Qualquer incidente que viole estes princípios é alvo de um rigoroso inquérito interno para que se corrijam e melhorem estes procedimentos, numa óptica de aperfeiçoamento contínuo do serviço que prestamos às famílias que diariamente depositam a sua confiança nas nossas lojas”, conclui o Minipreço, dando a ideia de que vai investigar o caso.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Talvez se tenha escondido para poder levar umas coisinhas depois dos funcionários saírem. Teve azar, o ferrolho era forte.

  2. Não conheço nenhum minipreço que feche para almoço e muito menos 2h.. engraçado também foi lá estar 2h e não ligar para a Polícia.. oh “jovem” essa história está mal contada…

RESPONDER

85% dos medicamentos estão em falta na Venezuela

A Federação Farmacêutica Venezuelana (Fefarven) informou hoje que estão em falta 85% dos medicamentos que se comercializam no país. A denúncia surgiu um dia depois de o Governo venezuelano estabelecer preços fixos para 56 medicamentos, durante …

Obrigar as crianças a beijar os avós é mesmo uma "violência"

O professor universitário Daniel Cardoso pôs o país a discutir se é ou não uma violência obrigar as crianças a beijar os avós. Uma posição que é defendida por inúmeros especialistas e que nem sequer …

Cidade da Maia testa passadeira 3D

O município da Maia está a testar a colocação de passadeiras 3D, cujo objetivo é criar uma ilusão de ótica que faz os condutores abrandar quando se aproximam, descreveu hoje a autarquia. Em causa está, de …

Portugal recebe em novembro cerca de 150 refugiados que estão no Egito

Portugal vai receber, em novembro, cerca de 150 refugiados que estão no Egito, primeiro grupo de mais de mil pessoas que vão ser reinstaladas em Portugal até 2019, disse hoje o ministro da Administração Interna. "Vamos …

Crianças até 2 anos são as que mais usam apps

Mais de metade das crianças com menos de 8 anos usa aplicações como entretenimento e as crianças que mais usam os dispositivos eletrónicos têm até 2 anos. Segundo o estudo "Happy Kids: Aplicações Seguras e Benéficas …

Abstenção galopante alastra-se à faixa dos 30-44 anos

A abstenção aumentou de forma galopante em Portugal, dos 8,1% em 1975 para os 44,2% nas legislativas de 2015, e a tendência está a alastrar das gerações mais jovens para a faixa dos 30 aos …

Descida da propina vai retirar bolsas a alunos carenciados. Medida "demagógica e perversa"

A descida do valor máximo da propina poderá significar o fim da bolsa para muitos alunos carenciados, alertou o reitor da Universidade Nova de Lisboa, que considera a medida ''demagógica e perversa''. Segundo a proposta de …

Hugo Abreu caiu da viatura e “não se mexeu mais”. Instrutor dos comandos viu e ignorou

Rodrigo Seco afirmou que, no decurso da Prova Zero, os dois instrutores desvalorizaram os sintomas de mal-estar, sinais de cansaço e ignoraram os vários pedidos dos instruendos para que pudessem beber água. Um dos instruendos do …

Nunes da Fonseca é o novo Chefe do Estado-Maior do Exército

O tenente-general José Nunes da Fonseca é o escolhido para suceder ao general Rovisco Duarte como Chefe do Estado-Maior do Exército. Rovisco Duarte demitiu-se no âmbito do caso do roubo de armas em Tancos. O nome …

Raspadinha rende mais de 100 milhões à Segurança Social

No próximo ano, a Segurança Social vai receber um montante na ordem dos 225 milhões provenientes dos jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A Segurança Social irá receber, no próximo ano, cerca de 225 …