Turista ficou preso num supermercado em Braga porque funcionários foram almoçar

“É uma vergonha e uma falta de responsabilidade.” É assim que um turista brasileiro se queixa, num vídeo que divulgou no Youtube, depois de ter ficado preso dentro de um supermercado de Braga, durante a pausa para almoço dos funcionários.

Ademar Lima, de 62 anos, garante que ficou encerrado durante duas horas no interior do Minipreço localizado em S. Victor, em Braga, na passada sexta-feira, 24 de Março.

O turista brasileiro filmou-se no interior da loja, enquanto vai lamentando que “é uma vergonha e uma falta de responsabilidade” o facto de os funcionários terem saído para almoçar, sem se aperceberem da sua presença no interior do supermercado.

A dada altura, começam a soar alarmes que se presume que sejam do espaço comercial e Ademar Lima queixa-se de se sentir como “um bandido”.

Em declarações ao Jornal de Notícias, Ademar Lima garante que não pretende “apontar culpados”, nem “puni-los por este lamentável episódio”, alegando que o seu vídeo visa apenas “alertar as pessoas, principalmente turistas”, para que “tenham atenção para o facto de haver esse período de duas horas para o almoço” e porque “pode não haver qualquer aviso de voz ou alguém verificando a existência de clientes ainda presentes”.

O Minipreço já veio pedir desculpas pelo sucedido, assumindo “total responsabilidade” pelo insólito caso e “lamentando profundamente os transtornos causados”, conforme nota enviada ao Correio da Manhã.

“Todos os procedimentos internos, que vigoram no nosso perímetro de mais de 620 lojas no território nacional, são rigorosos e abrangem um alargado conjunto de normas e regulamentos que privilegiam a segurança e o conforto de todos os nossos clientes e funcionários”, garante também fonte da cadeia de supermercados.

“Qualquer incidente que viole estes princípios é alvo de um rigoroso inquérito interno para que se corrijam e melhorem estes procedimentos, numa óptica de aperfeiçoamento contínuo do serviço que prestamos às famílias que diariamente depositam a sua confiança nas nossas lojas”, conclui o Minipreço, dando a ideia de que vai investigar o caso.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Talvez se tenha escondido para poder levar umas coisinhas depois dos funcionários saírem. Teve azar, o ferrolho era forte.

  2. Não conheço nenhum minipreço que feche para almoço e muito menos 2h.. engraçado também foi lá estar 2h e não ligar para a Polícia.. oh “jovem” essa história está mal contada…

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …